BLOG

Posicionamento chinês sobre corrupção

corrupcao-9

A campanha liderada pelo presidente da China, Xu Jinping, que prometeu punir todos os corruptos independente de seus cargos, mostrou vigência mais uma vez nesta segunda-feira, 30/06/2014. O acusado foi o ex-general Xu Caihou, ex vice-presidente da comissão militar central do partido comunista, foi um dos principais militares chinês e um dos lideres do Politburo. Xu aceitou dinheiro e propriedades em troca de promoções e outros favores. Inicialmente em prisão domiciliar, Xu também foi expulso do partido comunista chinês no qual fazia parte.

Muitas outras autoridades chinesas foram presas na campanha liderada pelo presidente, sendo eles, Jiang Jiemin, ex-presidente da estatal “China Petroleum” e o ex-vice-ministro das forças especiais da China, Li Dongsheng, segundo o jornal Estadão.

Em uma entrevista da BBC Brasil com Hum Phries, chefe da ChinaWhys, empresa chinesa que promove a transparência e ética entre negócios multinacionais, disse:

“Existem pessoas no governo que querem realmente acabar com os esquemas de corrupção e lutam por isso.” O que possivelmente possa atrapalhar e esconder parte da corrupção é a falta de liberdade da imprensa e o rígido controle político do país.

O mais curioso quando li sobre esta matéria foi que o partido comunista chinês assume o combate à corrupção como “uma questão de vida ou morte” para sua permanência no poder, e foi assim que expulsaram de sua fileira o poderoso ex-general, coisa que não vemos no Brasil. O que era de se esperar do mesmo, seria possíveis proteções para tentar salvar seus membros de acusações como essas. Mais uma vez a China mostra o por quê é a segunda maior potência do mundo e vem caminhando para conseguir posições ainda melhores no âmbito internacional.

Acompanhe nosso Blog de Importação e tire dúvidas conosco através do e-mail de contato: contato@chinalinktrading.com.

Nota do autor: Caso a leitura do artigo traga-lhe alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário abaixo. Estamos sempre disponíveis para atendê-los!

 

Foto Jefferson Oliveira

 

Este artigo foi escrito pelo graduando de Relações Internacionais, Jefferson Oliveira, Faculdades Metropolitanas Unidas, São Paulo – SP. 

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter

#MAIS ARTIGOS

Como brasileiros e chineses fazem negócios

Antes de mais nada: esqueça os processos organizacionais de uma grande indústria ocidental quando for a uma fábrica na China.

Velas ‘acendem’ parque em Hong Kong lembrando vítimas de massacre

Robô professora dá aulas e até atende pedidos de alunos na China