BLOG

Lockdown em Xangai chega ao fim após dois meses

Lockdown em Xangai

Após dois meses de um intensivo lockdown em Xangai, a maior cosmopolita da China, governo começou a permitir a circulação de pessoas. A população local comemorou a liberação, mas cuidados ainda seguem em prática. Tudo começou quando casos de infecções de Covid-19 começaram a aumentar em cidades na China.

Atualmente, a cidade de Xangai conta com uma população maior de 25 milhões de pessoas. Portanto, as autoridades não descartam a possibilidade de novos casos na Cidade.

A liberação foi anunciada na quarta-feira (01). A partir disso, pessoas receberam permissão para sair de casa livremente. Antes disso, fotos registraram as ruas de Xangai completamente vazia, com ausência de carros nas vias e avenidas.

Agora, o governo busca restabelecer a credibilidade da gestão. Isso se deve pelo fato pela insustentabilidade da política de tolerância zero da China contra o vírus do covid. O maior objetivo da China era impedir a proliferação do vírus, independente da medida restritiva. O lockdown em Xangai foi um das “cidades pilotos” da restrição.

Xangai, junto de Shenzhen, é um dos polos principais de fornecedores para importadores. Operações ligadas ao comércio exterior continuam acontecendo, porém agora os atrasos deverão ser menos recorrentes.

 

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter

#MAIS ARTIGOS

cigarro eletrônico

Importação de cigarro eletrônico tem proibição mantida pela Anvisa

Importação empresarial a solução para o seu preço

Importação Empresarial: Como tornar meu negócio importador?

China investe em logística para destravar negócios pendentes