Logo Branca China Link

Importações brasileiras de fertilizantes seguem em operação

Apesar do clima de tensão dos agrônomos com a possível falta de importações de fertilizantes, o Brasil teve boas novidades. Na última sexta-feira (4), a empresa russa de fertilizante Acron embarcou carga com destino ao Brasil. A afirmação foi feita pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Apesar dos últimos anúncios, de acordo com a pasta o governo russo não proibiu a exportação de fertilizantes, apenas recomendou que empresas que atuam no setor não dessem continuidade nas atividades de exportação de fertilizantes.

Mas afinal, por que a importação de fertilizantes é importante para o Brasil?

Atualmente, o Brasil é o quarto país que mais importa a commodity, e a quarta que mais consome o fertilizante. As nações que mais consomem fertilizantes é a China, Índia e Estados Unidos.

No sentido de produção, o solo brasileiro é responsável por 15%, os demais 85% são originados da atividade de importação. A Rússia tem a maior parcela de importações ao Brasil, com um total de 23%. Somente em 2021 a Rússia vendeu US$3,5 bilhões em fertilizantes para o Brasil, em seguida está a China com US$2,1 bilhões.

Exigências para importar Fertilizantes

Para importar fertilizantes é necessário a empresa estar registrada no Ministério da Agricultura como produtor ou importador de fertilizantes, seguindo o art. 15 da Instrução Normativa Mapa 10/2004.

As embalagens onde serão armazenados os fertilizantes precisam seguir a legislação do MAPA, com o uso de rótulos etiquetas adequadas. No Artigo 12 da legislação, está descrito da seguinte forma:

“[…] deverão conter informações corretas, claras e precisas sobre suas características e qualidades, indicação e recomendação de uso, quantidade, garantia, origem e, quando for o caso, composição, cultura(s) a que se destina(m), dosagem, cuidados, restrições, precauções, contraindicações, incompatibilidades e riscos que apresentam à saúde humana, animal e ao meio ambiente.”, INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 53, DE 23 DE OUTUBRO DE 2013.

 

Por: Lucas Freire, Mamba Digital.

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a procura de fornecedores chinesescontrole de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.

Compartilhe:

#MAIS ARTIGOS