BLOG

China quer ser o primeiro país a pousar uma espaçonave no ‘lado negro’ da Lua

Região que fica escondida quando vista da Terra só foi observada por sondas que orbitaram o satélite.

O “lado negro” da Lua, fotografado pela Apollo 16 – WIKIPEDIA

RIO — O programa espacial chinês começou atrasado em relação aos EUA e à ex-União Soviética, mas seu projeto de exploração lunar pretende um feito inédito: pousar uma espaçonave no “lado negro” da Lua. A sonda Chang’e-6, com lançamento previsto para 2020, vai orbitar o satélite antes de desembarcar um rover no seu lado mais distante.

— Provavelmente nós vamos escolher um local mais difícil para pousar e mais desafiador tecnicamente — disse Wu Weiren, engenheiro chefe do Programa de Exploração Lunar chinês, em entrevista à Chinese Central Television. — Nosso próximo passo provavelmente será pousar uma espaçonave no lado mais distante da Lua.

O “lado negro” da Lua não é verdadeiramente escuro, ele recebe a mesma quantidade de iluminação que seu outro hemisfério. O nome se refere à ocultação em relação à Terra. Por causa atração provocada pela gravidade, apenas um lado da Lua é visível ao nosso planeta.

A sonda russa Luna 3 foi a primeira a fotografar o “lado negro” em 1959, com a publicação do primeiro atlas um ano depois pela Academia Russa de Ciências. Em 1968, astronautas a bordo da missão Apollo 8, da Nasa, foram os primeiros humanos a observarem diretamente a região enquanto orbitavam o satélite. Desde então, a área foi fotografada por diversas sondas, mas nunca explorada em solo.

O programa chinês de exploração lunar, que recebeu o nome Chang’e em referência à deusa chinesa da Lua, é dividido em três estágios: orbitar, pousar e retornar. A primeira sonda, Chang’e-1, foi lançada em outubro de 2007 e encerrou sua missão em março de 2009, quando se chocou com a superfície do satélite. A segunda sonda, Chang’e-2, foi lançada no ano seguinte.

Em 2013, a Chang’e -3 completou a segunda fase do programa ao pousar na superfície lunar, sendo a primeira a realizar o feito desde a sonda soviética Luna 23, em 1976.

Fonte: O Globo

foto minha  3 x 4 nova

Por Romero Castro – Direto de Pelotas – RS, Brasil.

www.chinalinktrading.com

 Acompanhe novidades no: www.facebook.com/ChinaLinkTrading

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a  procura de fornecedores chinesescontrole de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter

#MAIS ARTIGOS

Elon Musk chines tiktok

Conheça Yilong Ma, o “Elon Musk” chinês que cresce nas redes sociais

Produtos de informática tem imposto zerado

Produtos de informática tem imposto de importação zerado

Produtos Importados da China seguem forte no Brasil

Produtos Importados da China: Ranking 2021