Três formas de encontrar fornecedores na China

Neste artigo vamos apresentar três formas para conseguir fornecedores da China para o seu negócio. 

Qual a melhor forma de conseguir comprar da China? Todos os meios são confiáveis? Existe uma maneira mais fácil?

Você vai descobrir aqui!

#3 Internet

Para começar, uma das maneiras de se encontrar fornecedores é pela internet.

Existem sites, como o Alibaba, que concentra fornecedores e aproxima empresas de compradores do Brasil.  

Entretanto, essa não é a opção mais recomendada para quem deseja encontrar novos fornecedores da China.

A explicação é simples: muitos suppliers podem não ser confiáveis.

Isso porque existem empresas que, para ludibriar os compradores, colocam fotos falsas para para enganar os compradores. 

Buscar fornecedores pela internet deve ser evitado para fugir de ciladas (Foto: Reprodução)

Além disso, há empresas que compram o selo de gold supplier, que são certificados que dão segurança para os clientes consumirem delas.

O gold supplier é dado pelo Alibaba para aquela empresa que possui certa credibilidade no e-commerce após receber boas avaliações dos compradores.

Entretanto, existe um esquema de venda de selos de gold suppliers para empresas que querem parecer confiáveis sem receber avaliações suficientes.

Em razão disso, os clientes podem ser enganados por estes fornecedores e fazê-los cair em um golpe.

#2 Feiras de Negócios no Brasil

A segunda opção viável para conseguir fornecedores diretamente da China é participar de feiras  de negócios que acontecem aqui no Brasil.

Nestes eventos, diversas empresas – inclusive chinesas-, vêm ao país para expor seus produtos.

Conhecer fornecedores chineses que vêm ao Brasil expor seus produtos no Brasil é um fator muito importante porque elas viajam a fim buscar novos clientes.

Paralelamente, a presença destas empresas está ligada com o apoio do Governo Federal, que busca atrair investidores estrangeiros no País.

Feiras nacionais pode ser boa chance de conseguir fornecedores chineses (Foto: Faz Comex)

Entretanto, evite fechar negócio nessas feiras aqui no Brasil.

O objetivo principal destas feiras é de criar vínculos e network para que você consiga novas negociações no futuro com esses fornecedores.

Além disso, aproveite para viabilizar uma visita presencial àquela fábrica na China, para conhecer melhor os produtos e evitar prejuízos.

#1 Ir à China

Finalmente, a melhor opção para conseguir fornecedores é ir à China. Ver com os próprios olhos é sempre o melhor remédio.

A vantagem de ir ao país asiático é poder negociar presencialmente com as empresas e fechar negócio lá mesmo.

A melhor maneira de encontrar esses fornecedores é ir em feiras especializadas do seu segmento de venda. 

Por exemplo, se sua empresa vende plástico, vá em feiras deste segmento para encontrar suppliers.

 Além disso, é uma oportunidade de conhecer, diretamente da fonte, quais são as novidades do mercado, com novas tendências que serão expostas nos eventos.

Ir à China é a melhor forma de conseguir fornecedores da China (Foto: Reprodução/ Cantor Fair)

Em razão disso, sua empresa pode ampliar as opções de vendas ao conhecer vários fornecedores e desenvolver sua rede de contatos.

A melhor exposição de negócios na China é a Feira de Cantão, que é a maior feira business do mundo.

Lá, clientes do mundo todo vão conhecer as novidades da segunda maior potência econômica do planeta.

A ida ao país destes fornecedores possibilita, também, conhecer pessoalmente a fábrica deste supplier e sua capacidade de produção.

Vale a pena, também para saber como funciona o controle de qualidade desta empresa e se isso é feito in loco.

Outra vantagem de ir à China é que você poderá ver o showroom do produto vendido, além de conhecer o departamento de desenvolvimento e pesquisa.

Da mesma forma, é legal conhecer toda a tecnologia daquela fábrica para entender como o produto que sua empresa irá vender é feito.

Isso fará com que a sua venda seja otimizada e feita com mais propriedade.

Por último, mas não menos importante, ir à China é fundamental para desenvolver o seu relacionamento empresarial com fornecedores chineses e fazem novos negócios.

Texto de Paulo Santos, de São Vicente/ SP


Veja Também


Deixe seu comentário