Para enganar polícia, chineses usam camiseta que imita cinto de segurança – China Link Blog de Impotação

Chinalink-blog-portugues-post888Em vez de pagar uma multa de cerca de 50 yuans (cerca de 16 reais) e perder dois pontos na carteira de motorista, diversos motoristas chineses estão pagando esse mesmo valor em uma camiseta “inovadora” que engana os policiais mais distraídos, segundo o site chinês especializado em veículos “Car News China”.

“Motoristas chineses que não gostam de usar o cinto de segurança podem agora comprar uma inovadora “camiseta cinto de segurança”, pagando entre 35 yuans e 50 yuans” (entre 11 e 16 reais), anuncia o site chinês.

Um chinês viajante teve a brilhante ideia porque “a polícia do país está mais alerta sobre o uso do cinto depois de alguns acidentes graves, onde os ocupantes foram lançados pela janela do carro e acabaram mortos”, explica o site, em um tom de “quem avisa amigo é”.

Os motoristas esperam que a invenção engane “os ocupados policias que olham rapidamente para dentro dos veículos”.

As camisetas atraíram a atenção da imprensa chinesa que perguntou à polícia o que eles pensavam sobre o assunto.

O porta-voz Xue Fengxian, da Polícia do Trânsito de Xangai, disse que “o motorista de um veículo é obrigado por lei a usar cintos de segurança” e que “a camiseta não é ilegal por si só”. Outro porta-voz, da província de Heilongjiang, afirmou que as camisetas são “auto enganosas”, mas que seu uso apenas para “fins de entretenimento” é permitido.

Que nenhum usuário da camiseta seja lançado para fora da janela de um carro.

Fonte: UOL NOTÍCIAS

Por Douglas Pazelli – Diretamente da China
www.chinalinktrading.com
Acompanhe novidades no: www.facebook.com/ChinaLinkTrading

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a procura de fornecedores chineses, controle de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.


Veja Também


Deixe seu comentário