Obtendo o RADAR sem complicar

Você está interessado em entrar no ramo de Importação ou Exportação no Brasil? Então leia este texto até o final. Ele não será longo, chato e extenuante como o horário eleitoral gratuito e provavelmente irá lhe poupar muitas dores de cabeça e tempo no futuro para tirar a habilitação para sua empresa poder importar ou exportar.

Quantas vezes você já se deparou com uma enorme burocracia do nosso país, simplesmente para tirar uma licença ou segunda via de um documento? Pois é, essa é a nossa realidade, em que cada dia mais os processos burocráticos causam atrasos em coisas simples ou até mesmo impedem negócios. Se está pretendendo iniciar no Comércio Exterior, tanto com Importação como Exportação, o RADAR é obrigatório. Mas afinal de contas, o que é um RADAR?

 Se analisarmos a sigla, RADAR é a abreviação de Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros. Parece complexo, mas nada mais é que um registro perante a Receita Federal do Brasil (RFB) que permite à pessoa jurídica se habilitar para operar na Importação e Exportação no Brasil.

Você já sabe como fazer para obter o RADAR? Se sua resposta foi sim, eu pergunto, tem certeza? Ele é mais díficil de se obter do que aparenta o site da Receita Federal. Não devido a ser algo quase impossível, mas sim pela tamanha burocracia exigida. Outro ponto que gera dúvidas, às vezes, é saber exatamente qual o tipo de RADAR que sua empresa precisa ter. Exato, existe mais de um tipo e cada um tem funções e CNPJ’s específicos destinados.

 

Office_sourcing

Atualmente, os tipos de RADAR são: Simplificado, Ordinário, Especial e Restrito. Os mais utilizados no caso das pessoas jurídicas são: o Simplificado, modalidade na qual é concedido para importaões um limite de 150 mil dólares Norte-Americanos CIF e 300 mil dólares Norte-Americanos FOB para exportações. O Ordinário é aquele destinado para empresas que possuem um volume de importação maior, por[em precisam comprovar renda e devem ter o regime Simplificado por pelo menos seis meses antes de poderem pediruma troca de regime. O especial é exclusivo de órgãos públicos, autarquias, fundações públicas, etc. Finalmente, o Restrito é exclusivo para empresas que já não atuam mais no Comércio Exterior, porém necessitam fazer alguma correção.

O pedido do registro no RADAR é feito perante a presença da pessoa física ou jurídica a uma unidade da Receita Federal. Caso sua empresa fique mais que 18 meses corridos sem fazer nenhuma importação ou exportação, seu RADAR é automaticamente inativado e cancelado. Por isso, cuidado, pois depois terá que refazer todo o processo de habilitação de novo se quiser reaver seu RADAR.

Ocorrem no Brasil muitos casos em que o pedido da habilitação é negado devido à falta de capital social e dificuldade de comprová-lo de acordo com a legislação. E levando em conta o segundo ponto de análise, encontramos muitos pedidos negados porque a estrutura física da empresa não atende ou comporta o armazenamento e comércio do pedido que pretende fazer.

 

RADAR

Se o seu pedido de RADAR for aceito, haverá o recebimento de uma senha para entrar no SISCOMEX. Essa senha lhe dará acesso ao seu cadastro, informações das suas operações e acesso ao preenchimento dos documentos para realizar a exportação/importação, além da habilitação dos responsáveis pela pessoa jurídica que fará o despacho aduaneiro, podendo ser o empresário e/ou o próprio despachante ou ainda uma importadora. Se for recusado, paciëncia, respire fundo e faça todos os procesos de novo. Assim, é muito importante o auxílio de empresas especializadas, pois assim evita dores de cabeça e toda a burocracia, pois geralmente elas já tem o conhecimento e modelos de como fazer cada procedimento.

 A China Link Trading conta com a experiência de profissionais especializados em todos os serviços ligados à importação e exportação da China, além de auxiliar na obtenção do RADAR de Exportação e de toda a burocracia envolvida, conhecimento das melhores fábricas chinesas, realização de inspeções e controle de qualidade, entre outros serviços.  Assista ao vídeo a seguir e entre em contato com nosso Fale conosco aqui e tire suas dúvidas, nós iremos esclarecê-las!


Veja Também


Deixe seu comentário