Novo Mercado do Futebol: A China – China Link Trading

novo-mercado-do-futebol-a-china

A China finalmente rendeu-se ao maior esporte praticado e profissionalizado do planeta, muito bem conhecido pelos brasileiros: O Futebol. Nos últimos dez anos, grandes nomes de jogadores brasileiros constam nas escalações de times fundados em capitais financeiras, como o Ghangzou Evergrande e o Shandong Luneng. A atração de investimentos milionários levaram jogadores notáveis como Paulo André(Ex-Corinthians), Diego Tardelli(Ex-São Paulo e Atlético Mineiro), além de tantos conhecidos como Vagner Love, Obina, Ricardo Goulart, e as estrelas internacionais, como Alberto Gilardino e Fabio Cannavaro.

A empreitada do governo chinês em desenvolver interesse pelo futebol na China vem da nova política de atração das massas para uma melhor inclusão cultural e social entre os países emergentes do eixo Sul do globo, resultando numa interação de maior viés entre as empresas que ofertam matérias-primas vitais(como a soja e as proteínas animaos) localizadas nas zonas de comércio na América do Sul e na África, além de interagir diretamente com os  governos demandados de produtos e tecnologia chinesa.

Criticada ferozmente pela frente anti-governo chinesa, de ser uma política “pão e circo”, desviando o foco das multidões do fato do governo estar recuando a respeito das posições a serem tomadas contra o desenvolvimento de melhores políticas trabalhistas e sociais no país, a chegada do futebol na China com força e agilidade têm tido uma excelente assimilação e contestação por parte do povo chinês.

Como um novo rumo de destino para jogadores já consagrados, o mercado chinês do futebol já está movimentando valores próximos aos da Liga Portuguesa de Futebol, algo em torno de US$680.000.000,00 por temporada, um recorde de gastos com investimento para esportes internos que não sejam de viés olímpico. Cada dia mais, avançando para contar com presenças sazonais no Mundial de Clubes da FIFA, e nos corações e credos da população.

Acompanhe nosso Blog de Importação e tire dúvidas conosco através do e-mail de contato: contato@chinalinktrading.com.

Nota do autor: Caso a leitura do artigo traga-lhe alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário abaixo. Estamos sempre disponíveis para atendê-los!

10501478_672999809416046_1632622762_a (1)

 

Este artigo foi escrito pelo graduando de Relações Internacionais, Luis Gustavo Colalto Silva, Faculdades Metropolitanas Unidas, São Paulo – SP. 


Veja Também


Deixe seu comentário