Novo benefício fiscal na importação de máquinas

Para quem acompanhou nosso texto sobre importação  de máquinas, um novo benefício ajudará mais ainda quem deseja adquirir as mercadorias.

A mudança promete reduzir os impostos em cascata e fazer o preço final do produto baixar em até 5%.

Quer logo saber que novo benefício é esse?

Então fique conosco!

Redução dos Impostos de Máquinas

Antes de mais nada, é preciso dizer que esse novo benefício que falaremos é exclusivo para produtos de bens de consumo.

O que isso significa? A redução fiscal vale apenas para produtos que servem para fazer novos produtos.

Ou seja, máquinas, equipamentos e peças industriais. Caso seu desejo seja de importar geladeira, fogão, celular ou outros itens, esse benefício não cabe.

Sem mais delongas, o que é esse novo benefício afinal? Trata-se de uma redução de 10%  nos Impostos de Importação.

A medida foi promovida pelo Ministério da Economia.

De acordo com o governo federal, a redução abrange 1.495 códigos da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM).

Na prática, os impostos que chegavam até a 16%, ficarão em 10%. As alíquotas de 2%, vão a 0%.

Quais as principais vantagens da mudança?

Agora que você já sabe quais as principais mudanças na alíquota de importação, vamos analisar melhor como esse novo benefício afeta a importação de máquinas.

A principal vantagem é que com a redução do Imposto de Importação, os outros impostos também sofrerão reajustes.

Basta lembrar que o Imposto de Importação é o primeiro a ser cobrado do importador.

Após pagar esse Imposto de Importação, serão cobrados respectivamente IPI, PIS/COFINS e ICMS.

Redução é exclusiva para produtos classificados como bens de consumo (Foto: Reprodução)

Quando há a redução do primeiro imposto, proporcionalmente os outros impostos sofrerão redução em cadeia. Esse é o primeiro grande benefício.

Além disso, esse mudança deve aumentar a concorrência dos importadores e aumentar a competitividade dos preços.

Com isso, fica um pouco mais fácil encontrar um preço que se encaixe no custo-benefício.

Finalmente, vale ressaltar que com essa redução no Imposto de Importação, o preço final do produto deve baixar de 2% a 5%.

Dicas importantes

Para quem está no início da trajetória de importação de máquinas e ficou animado com esse novo benefício, é importante ficar atento na hora de importar.

Existem duas dicas principais que devem ser levadas em consideração antes de trazer o maquinário da China.

Primeiramente, é fundamental requerer os termos da peça sobressalente.

Isso dá uma garantia maior para sua empresa para evitar dores de cabeça.

Porque somente a fornecedora sabe qual peça da máquina tem mais chance de quebrar.

Com isso, você pode solicitar uma peça extra desse equipamento.

Caso ele quebre, sua máquina não precisará ficar parada e sua empresa não terá dores de cabeça.

Além disso, é bom prestar atenção no contrato de manutenção. 

Isso é importante para definir quem é o responsável pelo conserto caso a mercadoria quebre dentro de um determinado período.

Às vezes, a conta fica com o fornecedor, que deve mandar outra peça. Outras, sua empresa deve arcar com o frete deste reenvio do produto.

Por isso, é importante estar atento às cláusulas deste contrato de manutenção.

Gostou do novo benefício de importação de máquinas? Então, acompanhe nosso blog para mais novidades. 

Aproveite e siga nossas redes sociais e inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Até a próxima!

Texto de Paulo Santos, de São Vicente/SP


Veja Também


Deixe seu comentário