Morar na China: conheça as principais dicas para os estrangeiros!

Ninguém discute que a China está em voga atualmente. O país, que é a segunda maior economia do mundo, chama cada vez mais a atenção internacional. Um sinal disso é a crescente abertura do país a estrangeiros, o qual pode ser demonstrado com o crescimento do número de estudantes de outros países que estudam em uma universidade chinesa. Também é notável o número de expatriados, isto é, funcionários de grandes empresas multinacionais que são transferidos para uma unidade na China. Muitas vezes os estrangeiros sofrem um choque cultural e demoram para se adaptar ao novo país. Quer saber mais curiosidades sobre morar na China? Então continue lendo este artigo!

 

Morar na China
Shanghai, a sétima cidade com o maior custo de vida para estrangeiros

 

Por que morar na China?

Conforme dito acima, a China está nos noticiários, seja pelo espetacular crescimento econômico do país nas últimas década, seja por causa da guerra comercial entre os chineses e os estadunidenses. De qualquer forma, é inegável que as pessoas estejam cada vez mais atentas ao que acontece na China, como por exemplo, os recentes protestos ocorridos em Hong Kong contra a nova regra de extradição, cuja repercussão foi enorme na mídia.

 

Morar na China
Muitos estrangeiros vêm morar na China para estudar.

 

Além da questão econômica, a China também desperta a curiosidade de muitas pessoas por causa da cultura, uma das mais antigas do mundo. De uma certa forma, pode-se dizer que a China tem um magnetismo, que atrai cada vez mais simpatizantes e aficionados pela cultura chinesa. Isso não é diferente do que na época da Europa Medieval e das Grandes Navegações, quando os europeus tinham muito fascínio sobre a China. O Instituto Confúcio, responsável por fazer a divulgação da língua e cultura chinesa, é uma das grandes forças do soft power chinês e sua presença em muitas universidades brasileiras, como a UNESP, e outras universidades de vários outros países têm aumentado o interesse de alunos em estudar na China.

Assim, morar na China pode ter suas diversas razões. Algo cada vez mais comum são a vinda de jovens universitários, que fazem intercâmbio, graduação ou pós-graduação em universidades chinesas, muitas delas como a Tsinghua, em Beijing, e a Fudan, em Shanghai, são reconhecidas internacionalmente pela sua excelente qualidade.

Quando um estudante decide morar na China por algum tempo, ele precisa se preparar. Ter um conhecimento intermediário em mandarim e uma fluência em inglês é recomendável para poder se virar entre os chineses. Depois disso, é só escolher qual a melhor universidade para o seu propósito (algumas oferecem bolsa), obter o visto de estudante e viajar!

 

Trabalhar na China

Alguns estrangeiros conseguem um visto de trabalho na China. Muitos estudantes conseguem um trabalho de meio período enquanto estão na graduação e pós-graduação. Um trabalho comum para quem está cursando a faculdade é dar aulas de inglês ou servir como tradutor e intérprete. Quem faz uma graduação ou um mestrado na China e possui uma certa fluência em mandarim tem uma grande chance de conseguir um emprego na China após o término do seu curso. Cresce o número de estrangeiros, inclusive brasileiros, que desejam morar na China por questões de trabalho, pois enxergam nas empresas chinesas uma oportunidade incrível de crescimento na carreira e desenvolvimento pessoal.

 

Muitos vão morar na China como expatriados
Cresce o número de expatriados que vão morar na China.

 

Grande parte dos estrangeiros, todavia, vem morar na China como expatriados. Muitas multinacionais possuem filiais no país asiático e de acordo com a necessidade da empresa e o perfil profissional da pessoa, há a chance de fazer essa transferência para a China. Os expatriados têm a possibilidade de levar consigo o cônjuge e os filhos e muitas vezes a empresa arca com os custos da mudança, ajuda a família a encontrar uma casa e uma escola para os filhos. Por falar nisso, há cada vez mais escolas internacionais em grandes cidades chinesas, que suprem muitas vezes às demandas dos expatriados que trazem os seus filhos.

 

Como é morar na China?

Mudar de país não é uma tarefa fácil, seja aonde você for. A distância da família, saber lidar com uma nova cultura e idioma, num ambiente muitas vezes estranho pode ser algo extremamente desafiador.

A China para muitos brasileiros ainda é muito desconhecida. É frequente, inclusive, que muitas pessoas tenham uma visão exótica e distorcida da realidade e algumas vezes, até preconceituosa em relação ao país e aos chineses. O mandarim não é uma língua fácil de ser aprendida por causa dos tons e dos caracteres, o que prejudica em alguns momentos a interação entre o brasileiro e a população local. Uma outra coisa é a grande distância cultural entre o Brasil e a China. A maioria dos estrangeiros sofre um choque cultural na primeira vez que vão à China, mas com o tempo acabam se acostumando.

Em vista disso, ficam duas dicas preciosas para quem deseja morar na China ou em qualquer outro lugar. A primeira é planejamento! Pesquise tudo o que puder sobre o país em que deseje estabelecer residência e busque informações importantes sobre qualidade e custo de vida, segurança, transportes, sistema de saúde e escolas. Se não tem ainda conhecimento na língua, procure estudar até obter o conhecimento suficiente para poder ter uma certa autonomia. Converse com pessoas de lá ou que moram há algum tempo por ali e, se possível, faça uma viagem prévia ou intercâmbio para sentir a atmosfera da China ou do país onde você deseja morar definitivamente. E não se esqueça de ver a legislação para estrangeiros e o visto!

A segunda dica é manter a mente aberta! Indubitavelmente a pessoa que deseja viver na China precisa ter essa característica para se adaptar a um novo ambiente e interagir de forma positiva com os chineses. Ter uma visão mais pragmática das coisas ajuda nessa hora para que haja uma troca de experiências enriquecedora entre você e os chineses.

Confira mais dicas neste vídeo!

Ficou com alguma dúvida ou curiosidade sobre a China? Venha falar conosco!

 

Por Victor Fumoto, diretamente de Indaiatuba, SP.

Fontes: Blog e canal do Youtube da China Link Trading.

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário