Monte Huangshan: explore as belezas naturais da China

Muitas pessoas podem questionar o que há de tão especial em visitar um monte, mas as dúvidas vão desaparecer ao conhecer o incrível Monte Huangshan. Pois o monte, que foi aclamado pela arte e literatura durante uma boa parte da história chinesa, continua a atrair o mesmo fascínio dos visitantes, pintores e fotógrafos, e se destaca por seu cenário magnífico, composto por muitos picos de granito e rochas que surgem em meio ao que parece ser um mar de nuvens. Porém, onde está localizado esse local? Qual é a sua importância e os elementos de visitação? Saiba mais abaixo!

 

monte huangshan
Imagem by Alan Chen, Pixabay. Huangshan, 2015.

 

O Monte Huangshan está localizado na província do sul Anhui, e cobre uma área de 250 quilômetros, dos quais 154 quilômetros quadrados são de atrações. Logo, o monte, que no ano de 1990 entrou nas listas mundiais de patrimônio cultural e natural, tem mais de 400 atrações paisagísticas famosas, das quais 140 foram desenvolvidas e abertas aos turistas.

 

História do Monte Huangshan

Descrito muitos vezes como a montanha mais bonita da China, o Monte Huangshan desempenhou um papel importante na história da arte e da literatura na China, desde a Dinastia Tang, quando uma lenda, que surgiu no ano de 747, descreveu o monte como o local da descoberta de um elixir da imortalidade. Assim, tal lenda deu nome ao monte e garantiu o seu lugar na história chinesa.

 

monte huangshan
Imagem by Alan Chen, Pixabay. Huangshan, 2015.

 

O Monte Huangshan se tornou um grande ponto de atração para eremitas, poetas e paisagistas, que ficavam fascinados por sua dramática paisagem montanhosa. Já durante a dinastia Ming, as incríveis paisagens do local inspiraram a influente escola de pintura de paisagens de Shanshui (“Montanha e água”), proporcionando uma representação fundamental da paisagem oriental na imaginação e arte do mundo.

 

Importância ambiental do monte

O Monte Huangshan está localizado em uma zona úmida de clima de monção subtropical da província chinesa de Anhui, e é um destaque por sua riqueza botânica e por conservar o habitat de uma série de espécies endêmicas de plantas locais e nacionais, das quais várias estão globalmente ameaçadas.

 

Monte Huangshan
O incrível mar de nuvens do Monte Huangshan.

 

Por mais de 200 dias no ano, o monte é nebuloso e nublado, e os vapores se coagulam para formar uma espécie de mar de nuvens, que possibilita uma vista incrível e a impressão de que estamos em outro mundo.

 

Características do Monte Huangshan

O Monte Huangshan é uma área natural com paisagens extremamente bonitas e que mostra boas evidências de glaciação. Logo, em tal lugar é possível encontrar inúmeros picos imponentes, rochas grotescamente moldadas, cachoeiras, cavernas, lagos e fontes termais, que estão em sua totalidade bem protegidos.

 

monte huangshan
Imagem by Pixabay. Huangshan, 2016.

 

Ademais, os templos antigos (dos quais há os restos de mais de 20), as inscrições de rocha e os caminhos para eles e para os pontos em que se pode observar as belas paisagens, estão intactos e em bom estado de conservação.

Contudo, cerca de 1.600 pessoas vivem dentro da área do Monte Huangshan, dentre os quais a maioria são os funcionários da reserva e seus dependentes. Mas, há uma política em vigor, que tem como intuito reduzir esses números, assim como os edifícios que os acompanham, à medida em que as oportunidades surgem.

 

monte huangshan
Imagem by Alan Chen, Pixabay. Huangshan, 2015.

 

O Monte Huangshan possui 72 picos, que estão localizados a mais de 1.000 metros acima do nível do mar, entre os quais há três picos principais que se erguem majestosamente e são fascinantes, apesar de serem perigosamente íngremes. Além de tais pontos, também há uma série de penhascos, florestas de pedra, pilares de pedra e pedras em forma de ovo, que formam um cenário geomorfológico de granito exclusivo.

 

O turismo no Monte Huangshan

O Monte Huangshan é um lugar de belas e únicas paisagens e de muita paz e silêncio. Porém, durante alguns períodos esse cenário pode ficar mais agitado devido a presença de diversos turistas, que estão em busca de todas as experiências que o local pode oferecer, em um país que tem diversas oportunidades de turismo ecológico, como os Parques Nacionais.

 

Monte Huangshan
A beleza do Monte Huangshan.

 

Assim, o monte recebe uma enorme quantidade de turistas durante o ano, fator que é benéfico para o movimento da região e para o maior conhecimento do lugar, mas também pode aumentar os riscos de prejuízo para a preservação ambiental. Logo, por ser uma das paisagens mais famosas da China, o Monte Huangshan tem uma visitação anual de 2,74 milhões, que aumenta em 8,96% ao ano.

 

monte huangshan
Imagem by Miya Liu, Pixabay. Huangshan, 2017.

 

Sendo assim, ao chegar na região é possível encontrar diversas oportunidades e pacotes para conhecer e explorar o monte e as demais atrações que estão próximas ao mesmo. Tais pacotes podem incluir um dia de visitação, como podem contar com mais dias e passeios variados.

É possível, com o auxílio de um guia, aventurar-se pela área do monte e, de acordo com a fama do local, é dito que se você visitou o Monte Huangshan, não é necessário visitar outras montanhas. Pois o local, em especial, tem quase todas as características únicas que uma montanha poderia ter, as quais podem ser destacadas pelos penhascos íngremes, os pinheiros densos, as pedras em formas estranhas, o incrível mar de nuvens, os altos picos, os vales profundos e as fontes termais, que descrevem o funcionamento secreto da natureza.

Assim, o Monte Huangshan, que por meio de suas características únicas e pela altura de seus picos se elevou ao longo do tempo na história chinesa, continua a ter um papel importante no país, ao se tornar uma grande ponto turístico, com uma beleza incrível que concedeu ao mesmo a possibilidade de fazer parte das listas mundiais de patrimônio cultural e natural.

Quer saber mais sobre a China e conhecer dicas de importação? Continue ligado no blog! Não se esqueça de compartilhar sua opinião conosco!

 

Por Pedro Mochiatti Guijo, diretamente de Marília, SP, Brasil

Fontes: Unesco, China.org, Lonely Planet

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +


Veja Também


Deixe seu comentário