Como é o Mercado de Beleza da China?

O Brasil e a China figuram como os maiores mercados consumidores de produtos de beleza do mundo, assim como os Estados Unidos e o Japão. No Brasil, mesmo diante da crise econômica, o mercado da beleza sobrevive e cresce. Na China, o crescimento econômico do país fomentou, nos últimos anos, a expansão deste mercado e promete tornar o país o maior mercado mundial de produtos de beleza. Conheça mais sobre o padrão de beleza chinês  e as peculiaridades do mercado de beleza no país.

 

mercado de beleza
Ni Ni, atriz chinesa

 

O Padrão de Beleza Chinês

O padrão de beleza, por estar diretamente ligado a traços culturais, difere muito de acordo com cada sociedade. Na China, assim como em outros países asiáticos, um dos fatores determinantes para o “bonito” é a cor da pele. Os motivos para tanto podem ser explicados por fatores sociais historicamente construídos no país. Durante o Período Imperial (entre o século III a.C. e o século XX d.C.), surgiram os “intelectuais de rosto branco” (baimian shusheng), que foram considerados, na época, a representação do ideal de beleza masculino. Em contrapartida, estavam os camponeses, caracterizados pela cor de pele mais escura, devido aos trabalhos braçais sob o sol. Mesmo com o passar dos anos, o ideal de pele clara persistiu e até hoje influencia a produção de cosméticos voltados para o mercado de beleza chinês. Por isso, os chineses, não só evitam a exposição ao sol, como consomem em larga escala tratamentos estéticos e produtos clareadores.

 

mercado de beleza
Os chineses consomem tratamentos estéticos e produtos clareadores para pele

 

O rosto oval e feições delicadas também são considerados, pelos chineses, fundamentais em uma pessoa bonita, assim como cabelos longos, lisos e pretos. Os olhos vêm ganhando uma influência ocidental: são considerados bonitos os olhos amendoados, com pálpebra dupla. Para isso, muitas chinesas têm optado por cirurgias nas pálpebras que destacam o côncavo. Além disso, existem, no mercado de beleza chinês, adesivos e fitas que marcam o côncavo, criando a pálpebra dupla. Já o corpo bonito, de acordo com o padrão de beleza na China, é o extremamente magro e fino, sem curvas, chegando, inclusive, a apontar Índice de Massa Corporal (IMC) abaixo dos níveis considerados saudáveis. Este padrão de beleza e a cultura do país influenciam diretamente na produção de cosméticos voltados ao mercado de beleza chinês.

 

mercado de beleza
As chinesas optam por cirurgias nas pálpebras, ou a adesivos e fitas que marcam o côncavo, criando a pálpebra dupla

 

O mercado de beleza na China

O setor de cosméticos na China tem crescido a um ritmo acelerado, juntamente com o grande desenvolvimento de sua economia, e pode transformar o país no maior mercado consumidor de produtos de beleza do mundo. Não à toa, existem várias feiras de beleza no país, as quais expõem suas novidades no setor de cosméticos para o público. Segundo dados da Euromonitor, a venda de produtos de cuidado com a pele atingiu 168,8 bilhões de yuans, e, a de maquiagem, 25,1 bilhões de yuans em 2015; representando um crescimento ano a ano de 6,7% e 10,9%, respectivamente. Com o desenvolvimento econômico, a estrutura do mercado de beleza, bem como as tendências e o gosto do consumidor chinês, vêm mudando.

 

Estrutura e tendências do mercado de beleza chinês

Para compreender o gosto do consumidor chinês e as tendências que influenciam o mercado de beleza na China, podemos separar os produtos cosméticos vendidos em seu mercado interno em diferentes categorias.

 

Cuidados com a pele

 

mercado de beleza
O setor de produtos de cuidado com a pele é o que mais cresce no mercado de beleza da China

 

De acordo com o padrão de beleza chinês, que se preocupa muito com a pele, o setor de produtos de cuidado com a pele é o que mais cresce no mercado. Máscaras, hidratantes e limpadores faciais, juntamente com cremes para a região dos olhos e para cuidados com os lábios, são os mais consumidos. Nesse mesmo sentido, estão os produtos com proteção solar, cuja venda tem pico nas estações mais quentes, e os produtos anti-idade, cada vez mais populares.

 

Cosmecêuticos

 

mercado de beleza
Os chamados “cosmecêuticos” vêm, recentemente, conquistando mais terreno no mercado de beleza chinês

 

Ainda relacionados ao cuidado da pele, estão os chamados “cosmecêuticos”, produtos que aliam os cosméticos a princípios farmacêuticos e, comumente, são utilizados para tratar de problemas de pele, como a acne. Esses produtos vêm, recentemente, conquistando mais terreno no mercado de beleza chinês; mais de 170 empresas estão investindo nesta área. Na China, os cosmecêuticos correspondem a apenas 20% do mercado de beleza, diferentemente de países como EUA, Japão e países europeus, nos quais representam entre 50% e 60%. Assim, acredita-se que há muito espaço para expansão destes produtos no mercado consumidor do país.

 

Maquiagem

 

mercado de beleza
O mercado de maquiagem na China tem um enorme potencial de crescimento, especialmente nas áreas rurais e no interior do país

 

O mercado de maquiagem na China está longe de se saturar, principalmente nas regiões rurais e nas cidades do interior. De acordo com a China’s Skincare and Cosmetics Market, um relatório divulgado em 2016 pelo HKTDC Research, o costume de se maquiar tem crescido gradualmente entre as mulheres chinesas, sobretudo entre as mulheres jovens (entre 20 e 30 anos) de cidades grandes. Assim, há muito que se explorar no mercado de beleza chinês tratando-se de produtos de maquiagem.

 

Público masculino

 

mercado de beleza
O setor de cosméticos masculinos tem grande potencial de crescimento, pois ainda é pouco explorado e a preocupação com a pele cresce entre os homens chineses

 

É, ainda, relacionado aos cuidados de pele, que os cosméticos direcionados ao público masculino podem ganhar muito espaço nesse mercado. Os homens estão começando a cuidar da pele e, por isso, o setor de cosméticos masculinos tem grande potencial de crescimento. Segundo dados da Euromonitor, o mercado de produtos para a pele destinados aos homens aumentou 7,6% ano a ano em 2015, e, segundo o Anuário Estatístico da China de 2015, a população masculina representava 51,23% do total deste mercado em 2014. Nesse sentido, produtos de hidratação e limpeza facial são os mais significativos, mas produtos especiais como máscaras faciais, protetores solares e cosméticos clareadores vêm ganhando o mercado, de acordo com a maior preocupação dos homens chineses com a pele. Há ainda muito espaço do mercado de beleza, tanto da China, quanto do mundo, para cosméticos direcionados à população masculina.

 

Cosméticos esportivos

 

mercado de beleza
Cos,éticos esportivos devem ser compactos, ajudar a evitar perda de umidade e atuar como antitranspirante, anti odor e antibactericida

 

Nessa categoria, estão os cosméticos voltados para aqueles que amam esportes e estão interessados em produtos compactos, que ajudem a evitar perda de umidade e atuem como antitranspirante, anti odor e antibactericida. De acordo com dados da Euromonitor, as vendas de antitranspirantes totalizaram, em 2015, 680 bilhões de yuans, registrando um crescimento ano a ano de 5,1%. Os jovens são os principais consumidores destes produtos, preferindo fórmulas perfumadas e com componentes naturais.

 

Produtos naturais

 

mercado de beleza
Os chineses preferem produtos que levem em sua composição ingredientes naturais ou relacionados a Medicina Tradicional Chinesa

 

Na China, há uma grande preferência a produtos com ingredientes naturais em sua composição, bem como os que incluem em sua fórmula a Medicina Tradicional Chinesa, pois, de acordo com a cultura nacional, esses seriam mais eficientes e seguros, além de possuírem mais qualidade. Desta forma, os consumidores chineses encaram o “natural” como algo imprescindível em produtos de beleza, uma vez que, segundo sua cultura, a beleza e a saúde estariam intimamente interligadas. Existem diversos produtos que garantem, através de ingredientes naturais, a circulação do sangue e também da energia (Qi). Marcas que compreendem tais traços culturais e incluem em suas fórmulas componentes naturais e da Medicina Chinesa ganham mais espaço no mercado de beleza chinês.

 

Produtos nacionais

 

mercado de beleza
Cresce o interesse em produtos nacionais de qualidade que atendam aos interesses dos chineses

 

Embora ainda haja muita desconfiança em relação à qualidade de alguns produtos domésticos, as marcas nacionais vêm ganhando espaço no mercado e despertando mais o interesse dos consumidores chineses, principalmente por entenderem a preocupação com produtos naturais e com práticas tradicionais relacionadas à Medicina Tradicional Chinesa. Além disso, por estarem inseridas no padrão de beleza da China, as marcas nacionais atendem mais às expectativas dos consumidores, por exemplo, através de produtos clareadores. As marcas internacionais, por estarem inseridas no contexto ocidental, devem adaptar-se ao padrão de beleza chinês para, então, conquistar o público. Marcas nacionais como a Herborist e a Inhaber, as maiores do país neste segmento, conquistam cada vez mais espaço no mercado de beleza da China.

 

Cosméticos de luxo

 

mercado de beleza
Outra mudança observada no mercado de beleza chinês é a preferência de alguns grupos por cosméticos considerados luxuosos

 

Outra mudança observada no mercado de beleza chinês é a preferência de alguns grupos por cosméticos considerados luxuosos. Essa mudança é derivada do crescimento da classe média no país graças ao desenvolvimento econômico dos últimos anos. Antigamente, os chineses compravam tudo em lojas locais, onde a variedade era limitada. No entanto, hoje, com o acesso a uma maior variedade, seja através de lojas online, ou de viagens ao exterior, os chineses buscam por produtos de luxo. Em sua maioria, esse grupo, composto majoritariamente por mulheres jovens de grandes cidades, procura produtos importados de marcas famosas da Europa, dos Estados Unidos e do Japão.

 

Investimento no mercado de beleza chinês

A expansão econômica da China permitiu que o mercado de beleza nacional crescesse e se tornasse um dos maiores do mundo. Com a globalização e o crescimento da classe média, o mercado consumidor de cosméticos chinês se transformou, e, ao mesmo tempo, abriu as portas para que todos os segmentos e gostos fossem atendidos. Esse mercado tem ainda muito a crescer, e, caso as marcas saibam adaptar-se às necessidades e exigências dos consumidores chineses, podem conquistar cada vez mais espaço nesse mercado tão promissor.

 

Por Ana Yamashita, diretamente de Americana, SP, Brasil

Fontes: Cosmetics China Agency; Marketing to China; Morgan Stanley

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +


Veja Também


Deixe seu comentário