Logística e Meios de Transporte

No quarto vídeo de nossa série, “Importação em 5 Minutos”, disponível em nosso canal no Youtube e a seguir, você irá entender um pouco mais sobre um dos 5 envolvidos no processo de importação: a logística e meios de transporte.

Logística e Meios de Transporte: 4 Modalidades

Em relação às modalidades de transporte e logística, falamos de 4 meios que as empresas brasileiras e até mesmo estrangeiras utilizam para importar e transportar produtos que compram da China. Vamos saber quais são e entender um pouco mais sobre cada uma delas?

1.Expresso e Amostras

Uma das 4 modalidades de transporte e logística é a expressa. Você já deve ter ouvido falar sobre empresas de courier como Fedex, TNT, UBS, entre outras. Ou seja, se você precisa receber uma amostra ou um produto de maneira muito rápida no Brasil, esse meio de transporte seria o mais recomendado em seu caso. Sob essa modalidade, a média de tempo que uma mercadoria enviada da China demora para chegar até o Brasil é de 5 a 10 dias.
Na maior parte das vezes, ainda, você irá ser cobrado por despesas aduaneiras, repassadas pelas próprias empresas de courier referente à quantia cobrada pela alfândega brasileira.  As empresas dessa modalidade ainda vão te cobrar de acordo com o peso e volume das mercadorias transportadas, por isso, são geralmente utilizadas apenas para transportar amostras e pequenas quantidades.

Quando devo usar essa modalidade?

A modalidade expressa deve ser utilizada quando você precisar provar com urgência a amostra de alguma mercadoria comprada. Ou seja, antes de os chineses começarem a produzir a totalidade do lote acordado, você provavelmente deverá analisar uma amostra do produto para aprová-lo,  de acordo com suas demandas e expectativas.

2.Carga Aérea

A segunda modalidade de logística são as cargas aéreas. Ou seja, quando você utiliza o meio de transporte aéreo, usando aeroportos de cargas internacionais. É um meio de transporte considerado rápido, demorando em média, de 7 a 15 dias, para o transporte da mercadoria sair da China e chegar até o Brasil.

Quando devo usar essa modalidade?

Existem diversas possibilidades, devendo cada caso ser estudado especificamente. Mas, de uma maneira geral, a carga aérea é utilizada quando você possui um produto de alto valor agregado, mas com baixo volume e peso.
Como na modalidade expressa,  a carga aérea também levará em conta esses dois fatores (volume e peso) na hora de cobrá-lo, entretanto, diferentemente da primeira opção, há um peso de carga mínima. Ou seja, quando utilizar a modalidade aérea, você deve pagar pelo menos 50 quilos de produtos, independente de estar transportando uma quantia menor a esse peso.
A carga aérea é ainda utilizada por quem tem urgência em receber uma determinada mercadoria, mas que seja mais pesada e inviável de transportá-la por meio expresso (modalidade que aceita pesos pequenos, de 1, 2 quilos). Como por exemplo, peças mais pesadas de reposição de maquinários, ou até mesmo eletrônicos.

3. Container  FCL (Container Cheio)

Existem diversos tipos de containers, mas os mais comuns são os de 20 ou de 40. A modalidade de transporte do container cheio, como o próprio nome diz, é quando você opta por enchê-lo. Mas como?
Você pode encher um container através de duas formas de limites: por espaço ou peso. Na primeira, você vai encher seu container até o limite de não haver mais espaço para caber algo a mais. Já, na segunda, é preciso saber que todo container tem um limite de peso. Ao atingi-lo, ele será considerado como cheio, independente de existir espaço em seu interior ou não.

O que fazer para aproveitar melhor o espaço do container?

Como visto, um container pode ter espaço em seu interior, mas ser considerado cheio devido ao peso limite. Isso acontece quando você transporta mercadorias muito pesadas ou densas.
Uma tática utilizada por muitas empresas é a de mesclar mercadorias leves e pesadas dentro de um container, e, assim, aproveitar melhor o espaço disponível no interior de cada um.

4.Container LCL (Container Compartilhado)

A quarta modalidade de logística está também relacionada a container, mas, mais especificamente a uma parte dele. Ou seja, nessa modalidade, você pode comprar uma “parte” de um container compartilhado, que estará sendo utilizado por outras empresas, conjuntamente. Assim como a modalidade aérea, você será cobrado de acordo com o limite de peso ou volume.

Quando devo utilizar essa modalidade?

Hoje em dia o LCL é uma forma comum de transporte, e você pode utilizá-la caso não tenha a necessidade de comprar um container inteiro para sua própria empresa. Assim, você “aluga” uma parte, apenas o que será necessário para fazer a logística de sua carga.

Quer saber mais sobre os fatores mais importantes para se iniciar uma importação segura e bem-sucedida? Continue acompanhando nossa série de vídeos no Youtube e alavanque seus negócios!

Gostou desse artigo? Então veja muito mais em nossa página do Facebook, em nosso blog e em nosso site


Veja Também


Deixe seu comentário