Importe produtos de marcas chinesas e revenda no Brasil!

Muitos brasileiros sonham com a possibilidade de ter seu próprio negócio e ter autonomia de trabalho diariamente. Se você é uma das pessoas que quer abrir seu comércio (ou incrementar o existente) e revender produtos originais da China, a China Link Trading esclarece algumas dúvidas sobre o processo de importação e dá algumas dicas de como escolher os produtos para a revenda no Brasil.

Se identificou com o tema? Continue lendo, preparamos esse artigo para você!

 

importar da china

 

Para este texto, a China Link Trading parte do princípio que você, leitor, já se informou e tem uma breve noção de seu público alvo e o mercado em que deseja atuar. Se ainda está decidindo o que importar, leia nosso texto sobre Os melhores produtos para importar em 2019. Ou ainda, você, empresário, já possui um comércio e trabalha com a venda de produtos, importados ou não, e deseja expandir o leque de materiais que seu comércio fornece para clientes. Sendo assim, sim! É possível importar e revender produtos de marcas da China. E não pense que esses produtos tem baixa qualidade! A cada ano a tecnologia tem avançado nas fábricas chinesas e os produtos finais impressionam na inovação, tecnologia e qualidade.

Veja abaixo algumas informações sobre esse processo no nosso vídeo!

Para mais informações sobre importação, conheça nosso canal.

 

Antes de Importar produtos

A importação de produtos da China pode dar trabalho inicialmente, não por ser da China, mas por ser um processo novo para você, empresário, que está começando neste campo. Ao começar a importar, uma dica é que a importação seja de um produto em específico, ou, de determinada categoria e, posteriormente, abra um leque de novos produtos, gerando variedade em seu negócio e atraindo novos clientes. Veja nosso texto sobre os Primeiros passos na Importação para obter mais informações relacionadas ao processo de importação.

 

Pesquisa de Mercado 

Antes de determinar um produto a ser importado, é necessário fazer uma pesquisa de mercado.  E como fazer isso? O empresário pode contratar uma empresa de Marketing para liderar essa pesquisa. Entenda seus consumidores e avalie se o público alvo de seu negócio seriam possíveis consumidores do novo produto que você está pensando em comprar, ou, se o novo produto engloba novos clientes.

Dependendo da resposta dessas duas possibilidades, você, empresário, precisará focar mais em uma propaganda para garantir a venda desses produtos de marca da China, caso seu público alvo sejam clientes que ainda não conhecem seu comércio. Aproveite o conhecimento da empresa de Marketing que está auxiliando neste processo e discuta técnicas de venda, propagandas e estratégias de imersão no mercado.

 

importar da china
Pesquisa de mercado é importante na hora de importar.

 

Venda para cliente final ou revenda para atacadista?

Outro fator importante é o estudo do produto. Ainda relacionado ao cliente, sua empresa realiza vendas para cliente final ou para revenda? 

Se for para cliente final, o produto inicial que será comercializado tem mais chances de ser um sucesso se ele for popular e do gosto dos consumidores. Um exemplo clássico são roupas de marca da China, contudo, o publico brasileiro aprova quais tendências, cores, tamanhos e tecidos? O resultado da sua pesquisa de mercado entra para responder esta pergunta. No caso, será necessário encontrar uma fábrica da China que produza produtos dentro dos padrões do seu cliente. 

E, se for para revenda, significa que seus produtos irão para outra loja e eles farão a venda para cliente final, ou seja, seus clientes são os atacadistas. Sendo assim, a pesquisa de mercado pode englobar públicos diferentes, afinal, cada revenda para loja pode significar um perfil diferente de cliente.

 

importar da china

 

Fornecedores

Para revender produtos de qualidade, é necessário encontrar um fornecedor de qualidade na China. Assim como em qualquer lugar do mundo, também existe “competição de mercado” entre os fornecedores, sendo assim, pesquise muito, afinal, são muitas condições que podem interferir no preço, na velocidade de produção e na qualidade do produto.

Em alguns casos, é preciso ter um pedido mínimo. Leia tudo sobre a quantidade mínima para importação no nosso post clicando aqui. Por exemplo, roupas. Muitas fábricas terão a exigência de exportar para sua empresa uma quantidade de mil camisetas iguais, respeitando o mesmo modelo e cor. Claro, negociações são sempre bem vindas, contudo, ambas as partes precisam estar satisfeitas ao fechar negócio. No caso de empresas que fabricam marcas chinesas, o interesse em vender para você é ainda maior, afinal, a marca deles estará sendo propagada e vendida para o mundo.

 

Negociando com fornecedores

 

Como encontrar fornecedores dessas marcas?

 

Dica 1 – Visitar feira de negócios na China

Melhor que apenas “visitar uma feira”, é buscar uma feira de negócios que esteja relacionada ao seu ramo de produtos. Por exemplo, se o seu ramo é de materiais para construção, busque visitar uma feira que o campo seja relacionado a construção, não por ser “mais fácil” de encontrar um fornecedor, mas por ser mais confiável. Além disso, quando se tem muitos fornecedores do mesmo ramo se apresentando e buscando por clientes, a qualidade do produto e do serviço encontrado aumenta, afinal, cada fábrica quer ganhar um novo cliente e esse cliente, que pode ser você, leitor, irá exigir altos padrões de qualidade e um ótimo preço. Leia mais sobre isso em nossa publicação Canton Fair: a maior feira de negócios do mundo.

Além disso, cada expositor apresentará um produto diferente, inovador e interessante. Ou seja, você ainda pode encontrar e se interessar por produtos do seu ramo, mas que ainda não tinha pensado antes. E lembre-se, você não é obrigado a fechar negócio logo ali, na feira. A feira será uma oportunidade para você conhecer, saber valores, anotar as fábricas que te interessaram e, aproveitando que já está na China, faça uma visita as fábricas que está entre as três finalistas na sua condição de fechar negócio. Interesse-se sobre o processo, pergunte como funciona, veja os funcionários e a linha de produção e garanta que o produto que você irá vender, está dentro dos seus padrões de ética e moral, afinal, você venderá esse produto da marca da China, no Brasil, ou seja, você está mostrando que confia nessa marca.

 

importar da china
Linha de produção dentro de uma fábrica

 

Dica 2 – Visitar feiras internacionais no Brasil

As feiras internacionais tem ganhado espaço no Brasil e muitas delas já possuem um segmento relacionado ao segmento de produtos chineses. Ou seja, é possível conhecer seu fornecedor e avaliar em mãos, os produtos que se deseja importar. Quando empresas chinesas viajam e se expões para um mercado internacional, significa que eles tem aprovação do Governo chines para investir fora do país e eles estão buscando empresas para revender seus produtos, sendo assim, eles estão propícios a fechar negócio com empresas brasileiras. Mesmo conhecendo a empresa no Brasil, a China Link Trading ainda recomenda que você faça uma visita a empresa, ou, uma auditoria. Conte conosco neste processo!

 

Dica 3 –  Internet

Atualmente a internet aproximou a todos no mundo e, comerciantes se beneficiaram muito com isso. Uma maneira fácil de encontrar um fornecedor é com a conexão B2B. Duas empresas conseguem se comunicar e negociar baseando-se no histórico de outra e, ao encontrar um interesse em comum, o negócio fecha! Contudo, é mais seguro contatar uma empresa de importação, como a China Link Trading, que te orientará quanto a encontrar fornecedores confiáveis e a realizar uma auditoria nesta empresa, com a finalidade de reduzir riscos na importação. Afinal, é muito fácil para uma empresa publicar fotos falsas do produto, ou informações que não são verdadeiras. O ideal, realmente, é visitar uma feira de negócios na China.

 

importar da china
Fechando negócio com fornecedor

 

Portanto, para que o seu negócio seja um sucesso, lembre-se de que a pressa é inimiga da perfeição. Um investimento como esse não é brincadeira. Importar produtos de marca da China requer pesquisas, orientações, experiência (deixe essa parte com a China Link Trading, veja nosso portifólio de serviços), audiências. É muito importante encontrar um fornecedor que tenha exatamente o que você está procurando e, também, ele seja o fabricante inicial e não um intermediário (ou um atravessador).

A qualidade no atendimento a você e seus representantes, capacidade de produção para a sua realidade, controle de qualidade e um departamento de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias dos produtos são outros fatores a serem levados em consideração antes de fechar negócio.

Gostou deste artigo? A China Link Trading agradece sua leitura! Deixe sua opinião em nosso box de “comentários”.

 

Por Carolina Ranzoni, diretamente de São Paulo, SP – Brasil

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter



Veja Também


Deixe seu comentário