Vídeo games e consoles: a China no mercado internacional

Os vídeos games deixaram de ser atrativos infantis, como acontecia quando começaram a surgir, ainda na década de 1980, e configuram, atualmente, um mercado altamente lucrativa, no qual o Brasil figura na 11ª posição no ranking mundial. A China, por sua vez, ingressou em tal mercado seguindo o crescimento do setor, proporcionando benefícios aos jogadores e aos empresários chineses e para todo o resto do mundo, demonstrando que a área é um excelente investimento. Hoje, a China é responsável por uma massiva exportação de tais produtos, e, consequentemente, está no topo de todas as estatísticas de exportação de games. Mas, como importar vídeo games da China? 

vídeo games
A China representou 64,25% das exportações de vídeo games em 2016

Os números de exportação de vídeo games na China

Durante os anos de 2013 e 2014, o mercado de games, que engloba games, consoles e máquinas de suporte a jogos eletrônicos (também conhecidos como acessórios), apresentou uma queda de 15%. No entanto, o mercado dos vídeo games tem se reaquecido à sua antiga forma e a China representou a maior parcela deste desenvolvimento nos últimos anos. Os cinco últimos anos dão luz à superioridade chinesa no que tange à exportação nesse mercado: em 2012 a China foi responsável por 48,6% das vendas no mercado de games, seguida pelos Estados Unidos e pela Alemanha, que alcançaram 20,2% juntos. Essa diferença se manteve até o ano de 2015, quando 59,2% de todos os vídeo games foram exportados pela China, seguida pelos Estados Unidos e pela Alemanha com os mesmos 20,2%.

vídeo games
As exportações de vídeo games da China apresentaram um crescimento de 27% nos últimos cinco anos

Segundo os dados mais recentes, de 2016, houve um aumento significativo desta parcial. A China aumentou para 64,25% suas exportações no mercado games, consoles e máquinas, contra apenas 9,8% dos mesmos segundo e terceiro colocados – Estados Unidos e Alemanha. Tais números demonstram que a China está definitivamente preparada para competição no mercado internacional de vídeo games – apresentando um crescimento em suas exportações de games em 27% nos últimos cinco anos. Mas uma questão persiste: quão proveitosa é a superioridade chinesa para nós consumidores no Brasil?

Por que os preços são tão altos?

Primeiramente, devemos nos atentar para o fato de que nem todos os produtos feitos na China apresentam um preço estupidamente barato, pois nem sempre você terá acesso às fábricas. Isso acontece porque as fábricas chinesas produzem por encomenda para as grandes marcas como a Microsoft e a Sony, as quais são grandes empresas, com acordos milionários firmados; por isso não é possível que escapemos do preço mínimo estabelecido por elas. O que torna o mercado dos vídeo games muitas vezes tão caro pode ser resumido em dois pilares: a taxação de impostos e o branding.

vídeo games
O alto preço dos itens de vídeo games se baseiam, basicamente, em dois pilares

Com relação ao segundo pilar, é importante entender que o preço será automaticamente acrescentado na própria criação da mercadoria, pois o branding, ou desenvolvimento, incorpora a maior tecnologia necessária para a criação dos consoles, games e acessórios. O primeiro dos pilares é um ponto sensível ao público de brasileiras e brasileiros consumidores do mercado dos vídeo games, uma vez que a taxação de impostos em tal área é uma das mais altas do mundo. Mas isso não significa que ainda assim os preços serão sempre altos, pois surge justamente a possibilidade de importação de outros países, em especial da China que, como mercado mais influente em tal setor, pode “dar as cartas” quando tratamos dos preços das mercadorias. Além disso, a China tem a possibilidade de oferecer um melhor preço aos consumidores de todo o mundo e os números comprovam que é justamente este fator que fomenta o mercado chinês.

Mas como importar vídeo games da China?

Para importar produtos da China, podemos contar com uma vasta gama de lojas especializadas na venda de diversos jogos, acessórios e consoles, ou mesmo vídeo games bem antigos para os colecionadores adquirirem itens que não são encontrados no mercado tradicional. Tais lojas apresentam grande confiabilidade na execução de suas atividades, mas a dica para saber se uma loja é realmente confiável é justamente procurar por referências e reviews na internet de inúmeras pessoas que já tenham feito compras nessas lojas.

vídeo games
A palavra-chave para quando se importa vídeo games é paciência

Outra dica importante ao comprar produtos importados, especialmente jogos, é que devemos contar em tal compra, com a paciência, uma vez que o tempo estimado pode ser de quinze dias, um mês ou até mesmo três meses e tudo isso diversos fatores, como o próprio transporte até o Brasil, ou por qualquer questões alfandegárias. Sua compra pode ficar até três meses retida, podendo ser tributada ou não para que, só depois deste processo, seu pacote seja repassado aos Correios. Ao comprar qualquer vídeo game fora do Brasil, você deve estar ciente do tempo de espera, uma vez que tal situação é a usual.

Por que importar da China?

Como dito anteriormente, quando tratamos dos preços para importar vídeo games de determinado país, a China se mostra a melhor das opções, uma vez pode oferecer um melhor preço aos consumidores. A alta taxação de impostos cobrados pelos governos torna os games inacessíveis a muitos, havendo jogos vendidos no Brasil que ultrapassam os R$ 250,00, o que torna a importação insustentável para os consumidores nacionais.

Fazendo uma rápida comparação entre um site de uma loja nacional com o site da loja Play-Asia, internacionalmente conhecida pela prestação de serviço e especialmente conhecida pelos brasileiros por oferecer frete grátis ao Brasil, mesmo tendo sua sede em Hong Kong, na China, podemos observar que a compra de um mesmo jogo para Play Station 4 custaria R$ 249,90 na loja nacional, enquanto na loja chinesa o preço seria de US$ 47,50 ou R$162,92, o que equivale a uma economia de R$ 86,98 ou 53%. Este rápido exemplo demonstra o quão proveitoso é importar vídeo games de lojas chinesas, justamente por essas oferecerem os melhores preços possíveis, além da segurança.

E você? Você já importou algum vídeo game? Talvez agora seja a hora!

 

Por Lucas Fortes Mulati, diretamente de Marília, SP, Brasil

Fontes: China Gate, E-Commerce Brasil, Escola Importar, TradeMap, I&EBrasil

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +


Veja Também


Deixe seu comentário