Importar da China vale a pena?

A China é a segunda maior economia do mundo e o país com a maior população do mundo, com aproximadamente 1,3 bilhões de pessoas. A China também é conhecida internacionalmente como a “fábrica do mundo“. Todavia, existe ainda um preconceito de que os produtos chineses não são de boa qualidade. Sendo assim, muitos empresários brasileiros perguntam-se: importar da China vale a pena? Quer saber a resposta? Continue, pois, a ler este artigo!

 

Importar da China vale a pena
Fonte: Consumidor Moderno

 

Será que importar da China vale a pena?

Para quem nunca importou nada da China, esse processo pode parecer intimidador num primeiro momento. Mas quem já comprou do país asiático sabe que importar da China vale a pena por vários motivos!

Inúmeras vezes, comprar as coisas do Brasil, fabricadas por fornecedores brasileiros não compensa pelo preço final. Importar da China vale a pena porque a China tem preços mais competitivos por causa do seu modelo de produção.

 

Importar da China vale a pena
Importar da China sendo pessoa física não é um bicho de sete cabeças

 

Lembra-se que a China é o país com a maior população do mundo. Esse poder demográfico tem tudo a ver com a formação do preço final. A grande oferta de mão de obra faz com que os salários sejam mais baixos, sendo assim barateando o processo de produção de merca

Você também pode nos perguntar: em tempos de crise na economia brasileira, não deveríamos, portanto comprar dos fabricantes brasileiros e gerar empregos no Brasil? A resposta é: o Brasil não consegue produzir tudo, infelizmente. Em relação à China, estamos atrasados em alguns setores industriais, o que nos obriga a, eventualmente, importar da China.

 

O que posso importar da China?

Como já foi dito, a China é a “fábrica do mundo“. Mas ao importar da China, o que vale a pena?

 

Importar da China vale a pena

 

Conforme o nosso artigo sobre esse assunto, há alguns itens que, ao colocar na sua planilha de custos, verá que o custo/benefício compensa. Produtos como roupas, sapatos, cosméticos, eletrônicos e óculos, dentre outros, são mercadorias de fácil revenda aqui no Brasil. Pense que ao fazer a pergunta: ao importar da China, o que vale a pena? A resposta deve estar bem alinhada com o seu modelo de negócio e se você tem fácil e rápida capacidade de desovar a sua mercadoria, isto é, o que você importou tem uma boa saída com os seus clientes e consumidores?

 

O novo Made in China

Importar da China vale a pena cada vez mais nos dias de hoje. Sabe o porquê?

Quando pensa em produtos “made in China”, qual a primeira imagem que lhe vem à mente? Mercadorias falsificadas, lojinhas de “1,99”, produtos de qualidade inferior? Bem, essa é uma realidade cada vez mais do passado.

 

Importar da China vale a pena
A viabilidade dos produtos importados da China para o Brasil – Fonte: Descomplica Importação

 

É claro que existem ainda esses tipos de produtos. Na China, existem mercados que vendem somente esse tipo de mercadoria e os chineses sabem diferenciar produtos originais e os pirateados. Todavia, o governo e as empresas chinesas têm trabalhado intensamente para mudar essa imagem de que os produtos chineses não têm qualidade.

Importar da China vale a pena porque cada vez mais os produtos chineses tem valor agregado maior. Isto é, os fornecedores chineses investem mais em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D). Tome, como exemplo, os produtos eletrônicos: a China possui diversas universidades de ponta e que formam profissionais de excelência. O resultado: celulares e computadores chineses cada vez mais competitivos em relação às marcas mais tradicionais.

Os chineses também tem investido em setores da indústria que serão importantíssimos no futuro. A BYD, a maior fabricante do mundo de veículos elétricos e híbridos, é um símbolo da nova China, moderna e criativa, disposta a ser pioneira em vários setores da economia.

 

Quando não vale a pena importar da China?

Sendo realistas, nem sempre importar da China vale a pena. Conheça agora um pouco das desvantagens que você pode encontrar.

As duas principais desvantagens de se importar da China são os custos fixos de importação e a quantidade mínima de importação.

Todo o processo de importação tem um custo. Entretanto, os custos fixos na hora de importar variam de acordo com a quantidade a ser importada. Sendo assim, quanto maior a quantidade de produto a ser importado de um determinado país, menores serão os custos fixos de importação de cada produto.

Conheça mais sobre os custos fixos de uma importação aqui!

Já sobre a quantidade mínima, muitas fábricas chinesas estabelecem um volume mínimo que você precisa comprar deles. Assim, muitos importadores não podem ou não precisam comprar essa quantia mínima exigida pelo fornecedor. Esses dois fatores podem fazer com que alguns empresários reconsiderem se vale a pena importar da China.

Confira mais informações sobre a quantia mínima exigida na importação nesse vídeo!

Uma outra dica de quando não vale a pena importar da China é se você está abrindo um negócio agora. Visto que a sua empresa é nova, o seu capital de investimento estará mais limitado, isto é, não terá grande capacidade financeira para gastar com importação.

Sendo assim, pense bem antes de importar: estude o seu negócio e o seu mercado e poupe capital para investir. Pois, ao fazer um planejamento de importação inteligente, vai valer muito mais a pena importar da China!

 

Dicas para fazer a sua importação da China valer a pena

Importar da China vale muito a pena! Mas é preciso refletir bem antes e agir, pois planejamento sem ação é ilusão e ação sem planejamento é sofrimento!

Confira algumas dicas da China Link Trading para fazer da sua experiência de importação da China a melhor possível!

Quem nunca importou pode ficar um tanto intimidado no começo. Quais são os processos, que documentação preciso ter e quanto vai me custar são perguntas comuns e legítimas. Portanto, a primeira dica que damos é fazer uma simulação de importação.

 

Importar da China vale a pena
Contratar os serviços de uma trading pode evitar grandes dores de cabeça no futuro. Fonte: Scuadra

 

Fale com uma trading confiável e peça para fazer esse teste. Assim sendo, você já terá uma primeira noção de como poderá ser o seu processo de importação. Dependendo do resultado, você poderá concluir se importar da China vale a pena para você!

Uma outra dica muito valiosa é buscar um serviço de sourcing de fornecedores. Encontrar um fabricante chinês idôneo nem sempre é fácil para quem está iniciando na importação. Por outro lado, há a barreira da enorme distância geográfica e linguística. Assim sendo, a China Link Trading oferece esse serviço de sourcing para facilitar a vida de quem deseja importar da China com mais segurança.

 

Habilite o seu RADAR!

Por último, mas não menos importante: habilite o seu RADAR! A habilitação no RADAR é uma medida obrigatória, visto que é necessária para tornar a sua empresa apta a realizar atividades de importação. Além de permitir o cadastro no Siscomex, é essa habilitação que garante a devida autorização para que as empresas importem e/ou exportem de maneira totalmente legal.

 

Importar da China vale a pena
A Receita Federal é responsável pela habilitação do RADAR para importação.

 

E aí? Acha que importar da China vale a pena? Deixe as suas impressões nos comentários e compartilhe com quem deseja importar!

Tem ainda alguma dúvida sobre importação? Venha falar com a China Link Trading aqui!

 

Por Victor Fumoto, diretamente de Indaiatuba, SP – Brasil

Fonte: Isto é Dinheiro, BYD

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário