Importar da China com sua própria marca

É possível importar produtos personalizados da China, com o selo da sua marca

Qual a diferença de importar produtos de marca e importar produtos com a minha marca?

Não é mais fácil eu mesmo inserir a marca por fora do que importar produto personalizado da China?

Essas e outras dúvidas serão sanadas agora. Vem com a gente!

Importação de Produtos de Marca Famosas: é permitido?

Primeiramente, antes de falarmos sobre personalização do produto, precisamos falar sobre importação de produtos de marcas famosas.

Algumas pessoas que pensam em começar a importar da China acreditam que conseguirão êxito ao trazer produtos de empresas famosas.

A prática, no entanto, é proibida no Brasil. Só podem revender produtos de lojas famosas se o empreendimento possuir uma representação da marca.

Entretanto, existem pessoas que querem importar o produto como se fosse para consumo e tentam revender.

O problema é que se você receber, por exemplo, 100 pedidos de um celular de marca e tentar importar da China, você terá grandes problemas com a Receita.

Além disso, existe a questão da certificação. Quando você tenta trazer, por vias irregulares, um produto importado, ele precisará ser certificado.

Agências reguladoras como Anatel e Inmetro, por exemplo, são responsáveis por esse processo.

Entretanto, conseguir essas autorizações custa caro e leva tempo. Em um exemplo como esse, tentar importar e revender será muito mais difícil.

Portanto, não vale a pena importar produtos de marcas famosas e revender sem ter a devida permissão.

Personalize produtos importados com a sua marca

Por outro lado, nem tudo está acabado. Se você quer fazer as coisas pelo caminho certo e, ainda, conseguir faturar com sua marca, existe solução.

Uma grande sacada para quem quer alavancar seus negócios é personalizar os produtos importados da China com a sua própria marca.

Existem diversas vantagens que podem agregar no seu negócio e te ajudar a atingir o sucesso que você espera com suas vendas.

Para isso, basta solicitar no ato da importação a maneira como você deseja o seu produto e apresentar o logo da sua marca.

Entretanto, algumas pessoas perguntam: mas isso eu faço aqui no Brasil mesmo, por conta. Por que importar marca própria da China?

O pulo do gato é que quando esse processo é feito no Brasil, você encontra diversas barreiras.

Por exemplo, os fornecedores costumam dizer que não têm máquinas para fazer o seu pedido, ou que é muito caro.

Era digital possibilita maior expansão da sua marca na internet (Foto: Reprodução)

Além disso, o máximo que você conseguirá realizar é inserir seu logotipo, mas seu produto será igual ao dos outros.

Consumidores compram por causa da marca

Por que as pessoas gostam mais de comprar um celular da marca Apple do que outros produtos?

Se formos analisar o produto em si, não possui tantas diferenças assim do que de outros.

As tecnologias estão cada vez mais desenvolvidas. Quem é fã da marca vai argumentar que o produto é superior. 

Mas não há tantas diferenças na estrutura do aparelho, ele cumpre as mesmas funções que outros celulares.

Contudo, o que faz as pessoas quererem mais esse do que aquele aparelho?

O fator principal é como a marca agrega valor ao produto. Todos querem ter um Iphone para falar que o têm, simplesmente.

Poucos dão argumentos técnicos sobre as vantagens extremamente superiores deste aparelhos em relação a outros.

Por esta razão, os celulares da Apple são muito mais caros, contudo vendem muito mais. Porque as pessoas querem produtos que agregam valor.

Ou seja, quanto mais as pessoas se sentirem especiais com aquele produto, mais essa marca vai vender.

Não é sobre o produto, mas sobre a experiência em tê-lo.

Com base nisso, vamos entender quais as vantagens de personalizar uma importação com a sua marca.

Quais as vantagens de importar um produto com a marca da sua empresa?

Sempre que falamos sobre inserir a sua marca, falamos sobre uma estratégia de identidade para alcançar o consumidor.

Logo, a primeira coisa que sua empresa precisa fazer é entender o que quer vender.

Procure entender o que as pessoas vão comprar quando for colocado à venda. 

Além disso, é importante definir o porquê esse produto será especial para quem comprar.

Como essa pessoa pode se sentir valorizada e especial com o seu produto?

Nesse mesmo ínterim é que entra a implantação da sua marca.

Quando falamos de colocar a marca no produto, não é só desenhar o seu logotipo.

Quando você importa da China, você modifica o próprio produto aos padrões da sua marca.

Isso é quase impossível no Brasil.

Se sua empresa quiser um produto triangular, a China faz para você.

Bem como colocar um código de barras para passar o produto na hora da venda.

Há, também, como colocar um QR Code diretamente no produto, que leva o cliente para a página da marca no Instagram.

Juntamente com isso, é possível solicitar uma embalagem diferenciada, dentro do padrão estético da sua marca.

São caminhos excelentes que podem ser o segredo para o seu sucesso.

Tudo isso servirá de argumento para sua empresa provar ao seu cliente que seu produto é muito melhor que os outros.

Importar produtos com sua marca é diferencial para agregar valor (Foto: Reprodução)

Dicas de venda para a sua marca

Com base nisso, quais as dicas de venda para a sua marca? São soluções bem simples e possíveis de executar.

A principal dica de venda é focar na sua marca. Priorize a construção de uma identidade para sua marca, a fim de que seja lembrada e deseja.

Para isso, sua empresa precisará investir em estrutura para alcançar esse objetivo.

  • Tenha um suporte técnico para estruturar seu e-commerce e melhorar a experiência do seu cliente.
  • Além disso, trabalhe bem o seu atendimento. Sem isso, sua marca será esquecida.
  • Juntamente com isso, invista em colaboradores preparados, que sejam capazes de construir a marca com você com muita dedicação.
  • O uso de brindes aos clientes é igualmente importante. O cliente se sente lembrado e voltará para adquirir sua marca.
  • Por outro lado, troque um produto sem perguntar caso o consumidor tenha uma experiência não tão boa assim com a mercadoria.
  • No Instagram, uma boa estratégia, também, é investir em influencer digital. As chamadas “publis” são ótimas para dar um rosto ao seu produto e fazer o cliente entender que vale a experiência de consumir a mercadoria.

Por outro lado, a única coisa que você não pode fazer: entrar na guerra de preços.

Se sua empresa começar a baratear demais o seu produto, você vai perder. 

Portanto, venda o seu produto por um preço justo, mas agregue valor com sua marca, para que o cliente queira comprar.

Somente a marca dá poder de barganha para convencer o cliente a comprar seu produto.

Gostou das dicas? Acompanhe nosso blog, siga nossas redes sociais e inscreva-se no nosso canal no Youtube. 

Aproveite e comente o que achou do conteúdo.

Até a próxima!

Texto de Paulo Santos, de São Vicente/SP


Veja Também


Deixe seu comentário