Importação de Smartwacthes

Um produto específico que tem sido assunto frequente em importações e exportações é o smartwatch, um relógio inteligente ou também chamado relógio celular que tem como função básica integrar um relógio comum a um celular. É um produto que ganhou visibilidade rapidamente no mercado porque pode facilitar a vida de muita gente. Além disso, o smartwatch é uma das apostas de futuro para os fabricantes de tecnologia já que consegue oferecer praticidade para quem gosta de estar sempre conectado, ou para usuários que só querem recorrer ao smartphone para tarefas objetivas.

importação smartwatches

Crescimento do produto

Os primeiros smartwactches não tinham muitas inovações e tinham poucas funções em comparação com os atuais, não atendendo da maneira correta a demanda do mercado pois suas funções principais eram mostrar as horas e replicar as notificações. É claro que essa qualidade já chamava a atenção e inclusive justificava a compra daqueles que não queriam ficar olhando para o telefone o tempo todo. Ainda assim, era uma parcela bem pequena da sociedade que demonstrava interesse pela compra de smartwatches, ou relógio inteligente.

Com o passar do tempo, aconteceram algumas mudanças nos smartwatches, que foram recebendo novas tecnologias e hoje podem contar passos, mostram o ritmo cardíaco (com alertas para índices muito elevados) , realizam eletrocardiogramas, detectam a altitude e quedas de usuários, além de receber sinais de GPS. Alguns até realizam chamadas eletrônicas, tornando esses produtos muito mais atrativos para o mercado.

As primeiras empresas a produzirem os smartwatches estão ligadas as grandes marcas de smartphones como a Samsung, LG, Motorola, Sony e Apple no estilo mencionado acima com o mesmo objetivo: fazer com o que o relógio de pulso agisse com decisões mais rápidas enquanto que o celular teria um tempo maior.Na China, ficaram populares os smarwatches da marca Xiaomi, chamada por alguns de “Apple chinesa”.

 

importação de smartwatch

 

Como dito antes, com as novas mudanças o produto ficou bem mais atrativo, com muito mais recursos. Em contrapartida, o preço aumentou bastante com alguns smartwatches chegando a quase 3 mil reais, um valor que classifica muito o tipo de comprador. Por outro lado, muitas empresas chinesas estão apostando no mesmo dispositivo portátil com uma qualidade capaz de competir com os smartwatches das marcas mais conhecidas, e com um valor muito menor que varia de 80 a 1000 reais.

 

Vantagens

A principal vantagem do smartwatch chinês é o preço, que pode chegar a menos de USD 50. Um outro aspecto, ligado ao preço, é que produtos como esses podem escapar da alfândega brasileira e não serem taxados quando chegarem ao país.

As taxas envolvidas na importação de smartwacthes são: de importação, o equivalente a 20% e também o IPI, o imposto sobre produtos industrializados que é de 15% sobre o produto. Mas, de qualquer maneira, essas taxas são pequenas se comparadas com produto de até 3 mil reais, sendo cobrado bem menos do que a taxação de produtos de grandes marcas.

Outra vantagem relacionada aos smartwatch chinês é que muitos são feitos para funcionar em qualquer celular, compatíveis com o sistema operacional Android e também o IOS. Essas funções relacionadas ao smartphone, como ver notificações, receber ligações são idênticas ao das outras marcas, além de outras funções mais básicas como o contador de passos, distância percorrida, batimentos cardíacos, etc.

 

importação smartwatch

Desvantagens

As desvantagens de comprar um smartwatch não estão ligadas ao produto em si, mas ao fato que de que as marcas famosas têm uma manutenção e talvez uma proteção maior com esses produtos. O primeiro aspecto negativo seria o da qualidade, já que muitas vezes na hora da compra o importador não conhece a procedência da empresa ou não sabe exatamente sobre a confiabilidade daquele exportador. Além disso, existe o fato de que os produtos chineses são feitos com peças mais baratas que os smartwatches de outras marcas, principalmente pela questão do custo, o que sujeita o produto a mais danos como arranhões e quedas causados em acidentes, por exemplo.

O segundo aspecto desvantajoso consiste nas funções e aplicações de cada smartwatch, muitas vezes desenvolvidas especialmente para um modelo que está inserida uma quantidade de modelos de celulares, algo que dependendo do produto deve ser levado em conta já que, como dito antes, a maioria dos smartwatches chineses podem operar em ambos os sistemas operacionais famosos.

Por último, a questão da manutenção pode também ser um problema (que está melhorando aos poucos no Brasil). Você pode encontrar assistência ténica de marca conhecida com muito mais facilidade do que se for um produto importado.

 

Escolhendo e importando um smartwatch

A principal dica para importar um smartwatch é escolher suas funções principais e a partir da sua necessidade, selecionar um produto que seja ideal para você e que sabe que vai usar.

Por exemplo, se o smartwatch tiver muitas funções relacionadas a batimentos cardícados, passos, eletrocardiogramas, etc é um produto ideal para quem pratica atividades físicas. É muito importante fazer essas escolhas porque mesmo um produto da China sendo bem mais barato que o de uma marca famosa, você não vai querer pagar a mais num produto com funções que talvez não sejam exatamente o que você precisa.

Sobre as marcas chinesas, as mais confiáveis são normalmente as mesmas marcas famosas de celulares como a Xiaomi, que oferece uma ótima quantidade de smartwatches, e também a Huawei, a terceira maior empresa fornecedora de smartphones. Também é possível encontrar o produto em sites como Banggood, Tinydeal, Dx, FocalPrice e Aliexpress.

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre os Smartwatches e como anda a importação desse produto no Brasil, veja nosso vídeo:

 

Por Barbara Pompei, diretamente de Marília, SP – Brasil

Fontes: China Link Trading, Codigo da Importação, TecMundo

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário