Impacto dos Interesses Comerciais da China na África em Relação ao Petróleo

Africa-China-trade-007

A China se preocupa e orienta sua política externa baseada em dois temas: Segurança alimentar e energética.

Seu desenvolvimento acelerado, combinado com o grande crescimento da população urbana, desperta um sinal de alerta: Informam que o país não tem condições, sozinho, de fornecer alimento e energia para a grande demanda existente.

Sabendo disso, a China procura cada vez mais estabelecer alianças com outros países. Exemplos disso são: A suspensão do embargo à carne bovina brasileira desde 2012 e as novas alianças com países africanos com grande extensão de recursos naturais, como o petróleo.

Para equilibrar a balança, o governo chinês oferece apoio não só ao crescimento tecnológico, como também melhorias nas áreas do transporte, agricultura, medicina, educação, entre outros.

Buscando alternativas para os problemas decorrentes de seu desenvolvimento, e com o fim da autossuficiência em petróleo, a África é o lugar mais próximo para encontrar esses recursos rapidamente, além da aquisição de um novo mercado e fortalecimento dos laços existentes desde 2009 como o maior parceiro comercial do continente africano.

Tendo a África um grande destaque na produção de petróleo e potencial agrícola, a China buscou acordos com países onde localizam-se grandes petrolíferas estatais chinesas como a China NationalPetroleum Corporation (CNPC) e a China National Offshore Oil Corporation (CNOOC), permitindo assim, cobrir ofertas de competidores.

Porém, com a implantação dos produtos e abastecimento de armazéns e fábricas chinesas, reclamações ocorrem nos países africanos, e ganham voz com analistas de relações internacionais que questionam o papel da China: O debate acontece em torno da comparação do comportamento chinês com o de uma potência colonial.

Mas querendo ou não, o fato é: A China, com seu discurso anti-imperialista e anti-colonialista, consegue redesenhar um novo mapa político e econômico mundial.

Acompanhe nosso Blog de Importação e tire dúvidas conosco através do e-mail de contato: contato@chinalinktrading.com.

Nota do autor: Caso a leitura do artigo traga-lhe alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário abaixo. Estamos sempre disponíveis para atendê-los!

10410340_800721353317818_7151259013914711787_nPor Wlly Rebeca Suzart Camara – Direto de São Paulo – SP, Brasil.

www.chinalinktrading.com

Acompanhe novidades no: www.facebook.com/ChinaLinkTrading

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a  procura de fornecedores chinesescontrole de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.


Veja Também


Deixe seu comentário