Garantia internacional na importação da China

Importar da China é sempre uma opção quando se fala de start-up, lojas, revenda, matéria prima, eletrônicos, entre outros. Contudo, como trabalhar com a garantia internacional na importação da China? Confira aqui como as exportadoras chinesas fazem!

Para inciar este texto, a China Link Trading já desmascara os que dizem que não há garantia internacional na importação da China, pois há! Contudo, a garantia chinesa funciona de maneira um pouco diferente das garantias do Brasil, por exemplo. Sendo assim, continue lendo para entender como funciona.

 

Garantia internacional na importação da China
Contêineres sendo carregador para importação.

 

A garantia de produtos

No Brasil, quando se compra um produto e há algum problema, é mais fácil exigir a troca dele. Assim, seja um defeito de fábrica ou algo que aconteça dentro do tempo de garantia, a fábrica faz a troca. Com a lei do consumidor, aplicada para as lojas brasileiras e para quem comercializa dentro do Brasil. Sendo assim, é necessário que estejam explicitas as regras de garantia.

No entanto, existem alguns produtos que não existe “a garantia”. Por exemplo, na revenda de capinha de celulares, bijuterias, acessórios de cabelo, maquiagem, entre outras miscelâneas.

Ficou interessado em em ter seu próprio negócio? Confira o texto como começar a importar da China.

 

O que tem garantia?

Em primeiro lugar, o que a China Link descreve a seguir, não é cravado em pedra, afinal, cada fornecedor da China tem a sua política. Desta maneira, será abordado em forma geral como a maioria das empresas se comportam.

Ao refletir sobre quais são os produtos que mais “quebram”, é possível relacioná-los na mesma categoria. Assim, entre eles, os eletrônicos e máquinas estão presente em massa. Certamente, isso acontece porque o funcionamento da peça depende de baterias, eletricidade, mecânica ou qualquer engenharia com muitos detalhes.

 

Garantia internacional na importação da China
Eletrônico separado em partes.

 

Duas modalidades de garantia internacional na importação da China

 

Cláusula na Proforma Invoice

A Proforma Invoice é um documento de compra de produtos da China que é equivalente a nota fiscal. Este papel é um espelho dos valores da NF, tem discriminado as condições de pagamento, detalhes do produto, entre outros. Com isso, é possível conversar com seu fornecedor para que tenha uma cláusula neste documento que forneça uma garantia internacional na importação da China.

Certamente, ao acordar com o fornecedor as condições de devolução, é possível repassar as condições para os clientes. O importante é manter a transparência com os clientes e a palavra de que o seu negócio é sério.

Quer saber mais? Assista nosso vídeo abaixo!

 

Como trocar a mercadoria na garantia?

Para este tópico, tudo vai depender de como a negociação aconteceu no que se refere a garantia internacional na importação da China. Como o trato foi entre você e o seu fornecedor, o mais seguro a ser feito é buscar a sua Proforma Invoice e ler o que está escrito.

 

1. Devolver as peças quebradas

Eventualmente, uma condição muito comum é a de devolver o material que está danificado em troca de receber o novo. Contudo, uma avaliação deve ser feita antes de enviar este produto de volta para a China, que é o custo disto.

Inegavelmente, enviar qualquer produto para a China pode ser um tanto quanto caro. Desta maneira, se você ainda está na fase de negociação, fique atento a este ponto. Alguns fornecedores exigem esta condição para a troca. Talvez, seja inteligente buscar outras opções de fornecedor, ou, sugerir a cláusula de Indicadores de Defeito, que será explicada no próximo bloco.

Desta maneira, mesmo quando há a clausula que te dá respaldo sobre a troca, avalie. Então, vale a pena enviar as peças para serem trocadas e gastar com o frete ou é melhor comprar peças novas junto ao novo lote? Quem tem a resposta para esta pergunta, é você!

 

Garantia internacional na importação da China

 

2. Frete fica por conta de quem?

Além de negociar como devolver as peças quebradas depende do acordo com o seu fornecedor, o frete também. Em sua maioria, o frete ficará por conta do comprador, no caso, seu, leitor.

Na maioria dos casos, é mais benéfico para o empresário brasileiro que está importando da China, se dispor a arcar com o frete. Isso acontece porque o valor do frete muda constantemente. As vezes, o valor depende do navio que será despachado. Bem como da quantidade de produto que você está comprando e da pressa que você tem para receber esta mercadoria.

Se o seu fornecedor se dispõe a pagar o frete para a troca de mercadoria, ótimo! Significa que esta empresa chinesa está indo além das expectativas e que ela realmente se mostra interessada em te manter como comprador.

 

Indicadores de Defeitos

Surpreendentemente, esta modalidade, normalmente, é aplicada nas fábricas que lidam com eletrônicos, peças, máquinas, aparelhos elétricos, baterias, entre outros.

Como forma de prevenção, as fábricas tem indicadores de defeitos que preveem quantas peças com falhas podem surgir a cada lote.

Por exemplo, a cada 1000 peças fabricadas, o índice mostra um desempenho que resulte em 1,5% de falha ou defeito na mercadoria. Conforme esta informação, o fornecedor sabe que é possível que 15 peças sejam encaminhadas com falha. Desta maneira, os fornecedores já encaminham o lote com essas peças a mais, sem custo adicional.

Esta estratégia é inteligente e muito benéfica para os empresários brasileiros que estão importando. Afinal, caso dê algum problema dentro do prazo de garantia estabelecido entre sua loja e o cliente, você terá o produto em mãos para fazer a troca imediatamente, essa é garantia internacional na importação da China mais segura e eficaz.

 

Garantia internacional na importação da China

 

Como minimizar o risco de trocas?

Para começo de conversa, é preciso esclarecer um conceito. Qualidade e preço baixo não são sinônimos quando se fala de importação da China.

Sim, já se foi o tempo em que tudo na China era de má qualidade, isso não é mais uma realidade, existem centenas de milhares de empresas chinesas que são pioneiras no que fazem. Contudo, não são essas as que cobram barato.

Leia nosso texto “Quantidade e Qualidade! O caso Apple e Volvo

Assim, fatores básicos para te ajudar a escolher o fornecedor correto e que te dará menos “problemas”:

 

1. Auditoria na empresa

Como a China Link já mencionou em textos anteriores, uma auditoria na empresa de seu fornecedor é um fator importantíssimo antes de fechar um contrato de supply chain.

Ao ir até o seu fornecedor, te dará garantias de que o produto que você está comprando, em massa, vem de uma boa fonte. Incluindo, legalidade no processo, qualidade e rapidez.

Opte por levar alguém que fale chinês e possa te traduzir os processos da empresa que lhe é apresentado. Bem como o controle de qualidade que é feito e as medidas que são tomadas para prevenir lotes com falhas do material que você está para adquirir. Assista a um vídeo de controle de qualidade abaixo:

 

2. Preço Vs qualidade

Atualmente, os produtos chineses já ganharam o seu lugar no que se refere a qualidade. As grandes fábricas aprimoraram a mão de obra, matéria prima e processos industriais. Sendo assim, a qualidade está sim presente nas fábricas chinesas.

Contudo, não se deslumbre tão facilmente. Qualidade vem com um preço e não é a toa. Optar por um produto mais caro é uma maneira de garantir a qualidade e evitar trocas. Afinal, o ideal é não precisar de preocupar com garantia internacional na importação da China.

 

Garantia internacional na importação da China

 

3. Amostras

Optar por importar amostras pode ser uma excelente forma de testar o produto. Ao receber uma ou duas peças, você poderá testar o que precisa. Então, utilize a peça na parte do processo da sua empresa. Coloque a peça para funcionar, seja ela uma máquina ou uma matéria prima da sua produção.

Ou, ainda, é possível testar como consumidor, caso a sua importação seja o produto final a ser vendido.

Para saber mais, leia nosso texto Quer importar amostras da China?

E então leitor, a China Link Trading gostaria de saber a sua experiência. Deixe no Box de comentários o que você achou deste texto! Ademais, já passou por alguma experiência de troca de mercadoria importada da China? Conte para nossa equipe!

 

Por Carolina Ranzoni, diretamente de São Paulo, SP – Brasil

Fonte: Administradores, IBit, CanalTech

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário