Fuzhou: a cidade que ostenta história, beleza e natureza

Se você está de malas prontas para a China e pretende conhecer ainda mais do país mais populoso do mundo, mas ainda não sabe aonde ir, a capital da província de Fujian é um ponto turístico perfeito para você! A cidade de Fuzhou situa-se a apenas 40 km da costa sudeste chinesa, e se construiu no delta do Rio Min e justamente por isso é um local naturalmente propício para belíssimas paisagens, que foram também muito bem aproveitadas pelas diversas construções que embelezam e dão vida à capital fundada no século II A.C.!  Os mais de 15 milhões de habitantes vivenciam dentro da sua cidade um fortíssimo espectro turístico que se desenvolveu de forma sustentável, rápido e saudável para todos, e Fuzhou continua se aperfeiçoando a cada dia. Na capital costeira os estabelecimentos relacionados ao turismo são modernos, existindo mais de 80 hotéis renomados juntamente com diversas instalações recreativas espalhadas por toda a cidade, como serão apresentadas no texto. Outro dos pontos fortes da capital é a organizada rede de transporte que incorpora as redes rodoviárias, ferroviárias, de água e de aviação, proporcionando a sua viagem, sobretudo, uma cidade com acesso conveniente em todas as direções!  Conheça Fuzhou!

  

 

Fuzhou
Image by Zhou Yue Dong.

Principais passeios em Fuzhou

 

Fuzhou
Parque Xihu Gongyuan. Image by Chen Lei.

 

Fuzhou é conhecida como uma cidade turística que ostenta belas paisagens tanto naturais como construídas pelos homens, tornando a capital um misto de infraestrutura com a natureza que você poderá encontrar na sua viagem nos muitos lugares espalhados pela cidade. Um dos melhores passeios que você pode fazer em Fuzhou é conhecer os diversos parques e praças da capital, que são lindos por si só, como por exemplo o Xihu Gongyuan, ou Parque do Lago Oeste que fica localizada bem no centro da cidade. Neste lago urbano você pode alugar uma raquete ou barcos elétricos e explorar como você quiser, podendo encontrar o Museu de Ciência de Fuzhou aberto logo após uma caminhada passarela. O museu é pequeno, mas é muito bonito e tem alguns fósseis de dinossauros. Você também pode caminhar ao redor do próprio lago que é todo muito bem estruturado. Por fim, se você for na época certa da primavera, você poderá ver os pandas em um recinto!  Outro bom exemplo de passeio ainda no centro é conhecer o Templo Hualin, que é um templo budista que atualmente funciona como um pequeno museu e não fornece mais serviços budistas. Ele foi construído no ano de 964 e sobreviveu por mais de 10 séculos, sendo a mais antiga arquitetura de madeira existente no sul da China! Arquitetura, aliás, com estilo típico da dinastia Tang com simplicidade e elegância, sendo verdadeiramente um tesouro escondido para os amantes da história chinesa.  Mais um exemplo é o Wuyi Guangchang, ou simplesmente Praça Wuyi, que é conhecida pela estátua gigantesca do Mao Tsé-Tung. Todas os amanheceres e anoiteceres acontecem o cerimonial de elevação ou abaixamento da bandeira por soldados altamente treinados. Mais ou menos das 6h às 8h ou nos finais de semana você poderá assistir os soldados praticando artes marciais, tanto armadas quanto desarmadas, uma vez que o fundador dos primeiros estilos do Karate, Uechi Kanbun, morou por 13 anos em Fuzhou, entre 1897 a 1910.

 

História e curiosidades de Fuzhou 

 

Fuzhou
Image by John Thomson

 

Fuzhou é uma cidade portuária velha, sendo a maior exportadora de chá do mundo no século XIX. Hoje, como uma capital provincial e centro administrativo, também se tornou um grande centro para a indústria, tendo uma fábrica da Nike e as empresas taiwanesas que faz sapatos para Adidas, Reebok e outras multinacionais que buscam por mão de obra cada vez mais barata. Tirando este lado, a região também apresenta sua própria cultura e um estilo arquitetônico, como dito anteriormente, que se destaca pela distinção entre outras regiões em China e até mesmo de Fujian. Existe também no coração da cidade uma das maiores áreas históricas da China, ostentando cerca de 268 residências antigas que datam das dinastias Ming e Qing entre os anos de 1368 a 1911, sendo precisa uma intensa restauração em 2007. Para entrar e conhecer todas as casas é preciso pagar um ingresso por RMB 120, ou U$ 17,50 U$ que são válidos por 2 dias. Muitas das residências da região são residências particulares, portanto os turistas precisam da permissão dos moradores para entrar nelas. Outra curiosidade é que a região de Fuzhou tem sua própria língua, chamada Fuzhou Hua ou Mindong onde “Min” é um outro nome para Fujian.

 

As montanhas em Fuzhou 

Fuzhou
Image by Mapio.

 

A capital do distrito de Fujian encontra-se a poucos quilômetros do mar, então seu relevo acidentado também tem muitas montanhas e cachoeiras no interior, enquanto as praias arenosas são abundantes nas áreas costeiras, as melhores montanhas estão abertas para visitação! A primeira dela é a Gu Mountain, onde existe um templo taoista que abriga arquivos nacionalmente importantes escritos em sangue de monges, além de um excelente restaurante vegetariano. Para chegar lá, basta encarar uma subida de 1.900 metros, ou uma viagem de 20 minutos de teleférico até o topo. Um pouco menos conhecido que a anterior, a Montanha de Baiyun é com certeza de mais difícil acesso, com uma exaustiva subida, mas todo esforço envolvendo esta montanha recompensará justamente pela hospitalidade genuinamente bela e um chá refrescante em uma caverna, além de ter algumas excelentes vistas sobre a cidade. Outro ponto da cidade é a Montanha Wu, que faz vista para a praça principal, além de ter melhor acesso a partir de uma curta caminhada até o topo da colina que abriga um templo. O próprio caminho já é muito divertido, pois sempre há muito entretenimento com músicos e cantores que se reúnem aqui para praticar. Existem também várias lojas de artes e artesanato logo na base da colina, então pechinchar é uma ótima maneira de você conseguir lembrancinhas para seus familiares. Por fim, há também um excelente restaurante perto do topo da estrada até o alto da colina. A Montanha Qi também é de fácil acesso, tendo viagens de ônibus por apenas RMB 5 que te levarão para um parque florestal com grandes cachoeiras e vistas deslumbrantes sobre as cadeias de montanhas de uma ponte suspensa de indução de vertigem, mas cuidado lá pelo parques para não ficar sem comida, pois vários macaquinhos gostam de pedir a comida dos turistas!

 

 

Pronto para conhecer Fuzhou?  

Fuzhou é um dos principais pontos turísticos na costa chinesa e tem muito mais para mostrar, com diversos museus e restaurantes, com conteúdo único! Se interessou em viajar para lá? Fique de olho no Blog do China Link Trading  para que possamos apresentar ainda mais lugares para se viajar na China, e também no nosso canal do Youtube, no nosso perfil do Instagram  na nossa página oficial do Facebook para se manter informado de tudo que acontece na China e nos artigos!

Suas malas estão prontas para Fuzhou? Deixe seu comentário!

 

Por Lucas Fortes Mulati, diretamente de Marília, SP, Brasil

Fontes: TravelChinaGuide, TripAdvisor, OndeeQuando, Wikipédia

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário