O Festival de Chongyang

A China é um país com uma cultura muito rica e extremamente plural e diversificada, com diversos costumes e festas que são bastante diferentes das festividades que temos aqui no Brasil, e no mundo ocidental, de forma geral. E são essas diferenças que fazem tais festivais tão admiráveis aos nossos olhos, a começar pela mais famosas das festividades chinesas, o Ano Novo e seus 15 dias de comemorações. Mas hoje falaremos de outra grande festividade chinesa, até porque o Ano Novo Chinês tem sido assunto recorrente aqui no Blog da China Link Trading. Assim, hoje vamos falar um pouquinho mais sobre o Festival do Chongyang, ou também o “Festival dos Idosos”, visto que são eles os homenageados durante as festividades. A festa acontece no nono dia do nono mês do calendário lunar chinês.

 

A origem do Festival Chongyang

Segundo documentos históricos, a Festa ChongYang possui pelo menos 2.500 anos de história e foi acrescentada à lista de patrimônios culturais intangíveis da China em 2006.Além disso, há diversas teorias sobre as origens de Festival de Chongyang. Uma delas se baseia na lenda de Heng Jing, e na sua luta contra um monstro que levaria uma peste terrível até a China, e como ele derrotou tal monstro, quanto seus compatriotas que se escondiam em uma colina. Assim, se comemora a vitória de Heng Jing sobre o monstro no nono dia do nono mês lunar. Outra teoria sobre a origem e significado do festival se relaciona à dicotomia Yin/Yang, uma das mais importantes bases para a visão de mundo chinesa. Nela, Yin representa os elementos da escuridão, enquanto Yang representa a vida e o brilho. Além disso, o número 9 é a representação de Yang (☯). Assim, o nono dia do nono mês é um dia de dupla representação de Yang, e é que vem daí o nome “Chong Yang”, visto que “chong” significa “repetir” em chinês. No entanto, hoje em dia, o festival foi ressignificado e passou a representar também a importância do espírito tradicional de respeito aos idosos, já que isso é considerado fundamental na cultura chinesa. Assim, demonstrar respeito aos mais velhos é uma representação do respeito à vida, à tradição e à moralidade familiar. Os idosos foram responsáveis pelos trabalhos pesados da família e da sociedade na juventude e por isso, merecem o respeito e ajuda de todos.

 

Festival de Chongyang
Idosos subindo uma colina durante o Festival Chongyang. Fonte: The Beijinger

 

 Atividades durante o Chongyang

Você aí deve estar se perguntando, então, o que exatamente eles fazem durante este dia tão especial para demonstrar respeito e homenagear os mais velhos.

Bem, o Dia dos Idosos, é um momento de confraternizações familiares, nas quais os integrantes lembram de seus antepassados, os sacrifícios que eles fizeram e as dificuldades que sofreram.Muitas vezes, são organizados passeios familiares durante os quais as pessoas buscam renovar sua apreciação da natureza e reafirmar seu amor e preocupação pelos familiares e amigos íntimos. Na maioria das vezes esses passeios constituem na escalada de colinas (representando aqueles que subiram as colinas e esperaram e torceram pela vitória de Heng Jing sobre o monstro).

Outras atividades incluem empinar pipas, fazer bolos de flores e dar as boas-vindas às filhas casadas em casa para visitá-las. Lojas vendem bolos de arroz com bandeirinhas coloridas para representar os crisântemos. A maioria das pessoas bebe chá de crisântemo, enquanto alguns mais tradicionais bebem vinho caseiro de crisântemo. As crianças aprendem poemas sobre crisântemos e muitas localidades exibem exibições de crisântemo. Corridas de alpinismo também são populares; os vencedores podem usar uma coroa feita também de crisântemos.

 

Festival de Chongyang
Uma flor de crisântemo. Fonte: Your Chinese Astrology

 

O bolo de Chongyang

Só o bolo de arroz que é tradicionalmente consumido durante as festas de Chongyang, por si só já tem muita história. Mas primeiro, a sua preparação: a massa é preparada misturando a farinha de arroz com água, e ocasionalmente açúcar. Uma camada de massa é colocada em um tabuleiro, o recheio (amêndoas, castanhas, frutas secas ou jujubas) é adicionado e então coberto com mais uma camada de massa. Esse processo deve ser repetido mais algumas vezes, criando um bolo de diversas camadas.

Assim como a origem do próprio festival tem várias teorias, o porquê da popularização do bolo ChongYang também tem, uma delas diz que antes de Liu Yu se tornar imperador, ele frequentava o festival de Chongyang na cidade de Pengcheng. Assim, após se tornar imperador, criou uma lei que celebrava as tropas do exército no nono dia do nono mês lunar de cada ano, quando esses bolos eram dados de presente para os soldados. Outra versão conta que o bolo foi usado para recompensar o esforço de um mensageiro que levou um comunicado para um membro da dinastia Ming, o que tornou a prática de famílias darem bolos à jovens que fossem prestar provas escolares e vestibulares comum.

 

Festival de Chongyang
Chineses reunidos em volta de um Bolo de Chongyang. Fonte: Escola Portuguesa de Feng Shui

 

Porém, no final das contas a comida é bastante simbólica, e representa a apreciação pelas memórias de amigos e de familiares que já faleceram, e também aos idosos; ao mesmo tempo, também é um lembrete às pessoas para que essas valorizem a importância dos relacionamentos de amizade e familiares.

 

Por João Victor Scomparim Soares, diretamente de Cerquilho, SP, Brasil

Fonte: Wikipedia, China Daily e CRI Online

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:
Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +


Veja Também


Deixe seu comentário