Feiras do Templo e a celebração do Festival da Primavera em Pequim

A China é um país que apresenta uma cultura tradicional e diversificada quando comparada aos países localizados no ocidente. O país asiático também é amplamente conhecido por suas famosas feiras de negócios que atraem milhares de visitantes de vários países ao redor do mundo. Uma delas é a Feira de Cantão, que acontece neste momento e a China Link Trading acompanha passo a passo em nosso blog. Além das ferias de negócios, existem as feiras cujo objetivo é divulgar as importantes manifestações da cultura tradicional da China são realizadas anualmente, sendo as intituladas Feiras do Templo um dos eventos mais populares.

Ficou interessado nesta feira e nas atrações que esta disponibiliza para o público? Então leia este artigo e saiba o que você pode encontrar de diferente e extraordinário caso a sua escolha seja visitar as Feiras do Templo!

 

Conheça as Feiras do Templo            

As Feiras do Templo, conhecidas em chinês como “miaohui“, são anualmente realizadas durante a Festa da Primavera, o Ano-Novo Lunar chinês, que é celebrada geralmente no mês de fevereiro. No ano de 2019, a Feira do Templo ocorreu no dia 16 de fevereiro e atraiu milhares de visitantes nacionais e estrangeiros. As Feiras do Templo são caracterizadas como centro de convergência de artesanatos folclóricos e, por este motivo, são bastante populares. O local de realização das Feiras do Templo tem sido em Pequim, a capital da República Popular da China e uma das metrópoles mais populosas do mundo.

 

Feiras do Templo
A cultura chinesa exposta pelas Feiras do Templo – Fonte: Portuguese China

 

O histórico das Feiras do Templo

O histórico das tradicionais feiras do templo é marcado por diversos acontecimentos e têm uma longa duração. Estas feiras tiveram início com as celebrações de festividades religiosas, tais como o aniversário do Sakyamuni, fundador da religião não teísta popularmente conhecida como budismo. Durante estas celebrações, os comerciantes começaram a instalar seus postos de venda perto dos vários monastérios.

Apesar do grande foco de vendas que acontece nas Feiras do Templo, as atrações como apresentações artísticas e jogos tradicionais também acontecem nesta festividade. Conforme os registros históricos revelam, as atividades religiosas e comerciais durante as Feiras do Templo tiveram início a partir da dinastia Liao, datada de 907 a 1125.

 

Feiras-do-Templo2
As apresentações artísticas nas Feiras do Templo – Fonte: Blog China Tur

 

Foi a partir das dinastias Yuan (1271-1368) e Ming (1368-1644) que os moradores de Pequim começaram a visitar os templos como locais de romaria e, consequentemente, estas visitas se tornaram um hábito durante essa época do ano.

 

A abertura das Feiras do Templo na China        

As Feiras do Templo têm início no 1º de janeiro do calendário lunar chinês. Estas ocorrem nos arredores dos monastérios de Pequim, tais como o Huoshenmiao, nomeado como o Templo do Deus de Fogo, o Guandimiao, nomeado como o Templo do Deus da Guerra, o Longfusi, conhecido como o Templo de Múltiplas Felicidades, o Huangsi, intitulado como o Templo Amarelo, entre outros.

 

Feira-do-templo3
A beleza das Feiras do Templo – Fonte: Potuguese Xinhunet

 

As Feiras do Templo apresentam um enorme número de comerciantes, peregrinos e visitantes, sejam estes chineses ou não. Algumas atividades gerais para os visitantes da feira são a reverência a Buda e a queima de incensos como forma de oração pela felicidade, longevidade ou dinheiro; ou a apreciação das óperas enquanto estes tomam chá chineses.

 

Alguns exemplos de Feiras do Templo

Uma das mais antigas Feiras do Templo é a de Changdian, totalizando 500 anos de história. Esta feira é realizada em uma rua no sul de Pequim, e conta com a apresentação de diversos eventos culturais e artísticos folclóricos, tais como as representações de Yangge, uma famosa dança oriunda do norte da China, bem como o diorama, que trata-se de um cinema primitivo projetado com desenhos vistos por uma minuscula abertura.

As Feiras do Templo sediadas em Ditan recebem ano a ano centenas de milhares de visitantes e acontecem no Templo Taoísta Nuvem Branca e no Templo do Grande Sino. Nestes locais, os visitantes podem prestigiar a uma demonstração de uma antiga cerimônia palaciana intitulada como “O imperador Qian Long venera a Terra”.

Quanto à Feira do Templo de Longtanhu, esta possui característica peculiar com a apresentação de bandeiras coloridas e de “gongos” ou tambores. Além disso, aproximadamente cerca de 100 peças artísticas são interpretadas por atores procedentes de outras províncias do território chinês.

Caso os visitantes destas feiras estejam interessados em prestigiar atrações como canções, danças e dramas tradicionais, o evento sediado no parque Daguanyuan é uma excelente escolha. Grande parte destas atrações reproduzem cenas da novela chinesa antiga “O Sonho do Pavilhão Vermelho”, um clássico do país criado no século 18 por Cao Xueqin.

Por fim, um ultimo exemplo de Feira no templo é realizado no Templo do Grande Sino, construído durante a dinastia Ming. Neste local, os visitantes podem ouvir 108 badaladas e tocar campainhas antigas com o intuito de pedir bênçãos para suas familias e pessoas queridas durante o ano novo.

 

Por Laura Mochiatti Guijo, diretamente de Ottawa, ON, Canadá

Fontes: XinhuaNet, Portuguese people, Blog China Tur

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário