As feiras de casamento na China e as negociações de “solteiros”

Apesar de não parecer, o mercado voltado ao casamento na China é algo muito famoso e promissor. Devido ao sucesso deste tipo de mercado, ano após ano os chineses têm se organizado a respeito da realização das denominadas feiras de casamento na China, um evento que atrai um grande número de pessoas por se tratar de uma prática curiosa, antiga e bastante tradicional. Então, para você amante da cultura chinesa e que possui interesse em conhecer melhor as diversas feiras realizadas neste país asiático, leia este artigo e descubra o funcionamento a todo vapor das feiras de casamento na China.

 

Feiras de casamento na China
A importância do matrimônio na China se estende aos dias atuais – Fonte: Pixabay

 

Conheça as Feiras de casamento na China

As feiras de casamento na China ocorrem todos os anos no parque Zhong Shan, localizado em Pequim. Diversos pais e familiares expõem cartazes, nos quais ofertam suas filhas e filhos solteiros. Nestes cartazes são expostas informações como: fotos dos candidatos que precisam se casar, um endereço na capital chinesa, que refere-se a um dos atributos mais valorizados nesta feira, o status social dos solteiros e informações sobre a estabilidade financeira dos mesmos. O horário de realização da feira geralmente é no período da tarde, aos domingos.

Um aspecto importante na busca dos pais por um pretendente para os filhos solteiros é o hukou, conhecido como o registro de residência que garante benefícios sociais aos moradores locais de Pequim. Este registro é tão almejado pois garante mais estabilidade para o matrimônio e é quase uma unanimidade no parque Zhong Shan.

 

Feiras de casamento na China
A dinâmica da Feira de casamento na China – Fonte: XinaChina

 

Como as tradições da China interferem na escolha de um pretendente

Com o decorrer dos anos, a grande parte dos costumes tradicionais voltados à prática do casamento na China foi reduzida, dando lugar a inovação de costumes e práticas amorosas dos jovens chineses. No entanto, embora estes costumes vinculados à prática do casamento tenham se tornado cada dia mais inovados, a maioria dos chineses ainda apresentam um comportamento bastante tímido e são pressionados pelas famílias e pela sociedade para se casarem bem jovens.

Um excelente exemplo desta pressão por parte das famílias e da sociedade chinesa é a idade aceitável para as mulheres se casarem, ou seja, ao atingirem a idade de 27 anos, as mulheres na China já começam a sentir a pressão familiar devido ao fato desta idade retratar o limite aceitável para um casamento normal (não tardio). No casos dos homens, estes também possuem um limite de idade aceitável para o matrimônio, que deve ocorrer até 30 anos.

Quando essas idades vão passando, os homens e as mulheres chinesas ainda solteiros sofrem maior pressão familiar. Enquanto isso, as famílias destes procuram recursos como as feiras de casamento na China a fim de divulgar as qualidades dos jovens solteiros de suas famílias em busca do pretendente perfeito e, também, negociar valores viáveis para propiciar uma vida de matrimônio confortável e com estabilidade financeira.

Confira o nosso vlog do Templo do Céu, um dos pontos turísticos de Beijing:

 

As negociações que acontecem nas Feiras de casamento na China

Durante as feiras de casamento na China, geralmente as famílias de homens chineses oferecem uma casa ou um valor em  dinheiro com o intuito de contribuir para o matrimônio, porque logo após o casamento a mulher passará a ser oficialmente parte de uma outra família. A partir do momento que a mulher se torna parte da outra família, ou seja, da família do marido chinês, os pais da noiva já não podem contar com toda a sua assistência durante a velhice. As discussões nas feiras de casamento da China são conduzidas pelos progenitores e, caso exista um interesse mútuo dos pais, estes organizam um encontro entre os filhos.

 

Feiras de casamento na China
Casamentos oriundos das Feiras de casamento na China são comuns no país – Fonte: Notícias UOL

 

Dado o exposto, as feiras de casamento na China ainda são bastante populares e consideradas um bom meio para arranjar casamentos entre os chineses. No entanto, os costumes da China ainda são muito distintos dos países localizados no ocidente e esse tipo de negócio matrimonial é algo que parece ser bem-sucedido no país asiático. Desta forma, as feiras de casamento na China mostram um formato de feira que apresenta um foco de negociação (a junção entre solteiros) e uma curiosidade a respeito da rica cultura chinesa, mas que não é referência mundial porque apresenta uma tradição que vai ao contrário dos ideais que a maioria dos países ao redor do mundo seguem.

 

Por Laura Mochiatti Guijo, diretamente de Ottawa, ON, Canadá

Fontes: Xinachina; China Link Trading; BBC; Pixabay; Notícias UOL

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário