O que fazer para mudar a realidade de trabalho nas fábricas chinesas?

ch-eletronicos-hackeados-china-925x600

A mão de obra barata é o principal motivo para as fábricas se instalarem em territórios chineses. Esse valor atrativo para as corporações só é possível por abusos e más condições de trabalho da China. Em nove de dez fábricas da China analisadas por uma organização não governamental, “os operários não ganham um salário que lhes permita cumprir apenas as horas de trabalho normais, sendo forçados a cumprir um elevado número de horas extras”.

A jornada de trabalho nestas fábricas chinesas dura geralmente entre 10 e 14 horas de trabalho, e o número de horas extras cumpridas mensalmente pelos operários variam entre 36 a 160, e ainda sofrem com fortes variações sazonais, relacionadas com a procura dos produtos. “Durante a época alta manufatureira, os operários cumprem um número excessivo de horas extraordinárias, trabalhando muitas vezes até a exaustão”, refere o relatório da CLW.Com isso, há revolta dos trabalhadores, com diversas manifestações e queima das fábricas na China, e até mesmo casos de suicídio em protestos contra a baixa remuneração.

Mesmo com o crescimento econômico, a China passa por essa dura realidade com os trabalhadores, onde o número de construções e fábricas é cada vez maior, e os direitos não são expressos igualitariamente. A maior parte da população ainda vive na extrema pobreza da área rural, e aqueles que decidem ir para as cidades, são subordinados ao trabalho escravo das fábricas chinesas. Mudar essa realidade é difícil, visto a facilidade de exploração dos empresários e empresas transnacionais.

Mas há esperança nesse processo, pois a realidade começa a mudar. Algumas empresas, após diversos protestos dos trabalhadores, decidiram elevar os salários e diminuir as horas extras nas fábricas chinesas, isso indica que a pressão dos trabalhadores, dos mercados internacionais e dos consumidores ocidentais está provocando uma mudança que pode acelerar a evolução da economia chinesa e dos negócios com a China. Para essa realidade realmente mudar, os consumidores de todo o mundo deveriam estar dispostos a pagar mais pelos produtos para que os trabalhadores recebam condições mais humanas de trabalho.

Acompanhe nosso Blog de Importação e tire dúvidas conosco através do e-mail de contato: contato@chinalinktrading.com.

Nota do autor: Caso a leitura do artigo traga-lhe alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário abaixo. Estamos sempre disponíveis para atendê-los!

 

10262025_886228171391647_2818839064440297890_nPor Manuella Miz – Direto de Pelotas – RS, Brasil.

 www.chinalinktrading.com

Acompanhe novidades no: www.facebook.com/ChinaLinkTrading

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a  procura de fornecedores chinesescontrole de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.


Veja Também


Deixe seu comentário