Faz sentido importar papel A4?

Neste artigo, veremos se faz sentido importar papel A4 da China. Vale investir no produto neste momento?

Entenda um pouco sobre a melhor decisão a ser tomada e como é o mercado de papel na China.

Saiba mais a seguir.

Como surgiu o papel?

Antes de falarmos sobre negócios, vamos entender um pouco sobre a história do papel.

A escrita surgiu há mais de 6 mil anos e foi um dos grandes avanços do ser humano ao longo da História.

Na época, o recurso era usado em tábuas de pedras ou argila. Entretanto, foi apenas em 105 a.C que o papel foi inventado.

Foram usados produtos que tinham fibras como casca de aroeira e resto de roupa e misturar até formar uma fina camada.

Depois disso, deixou o sol até secar e surgiu, ali, o papel.

Faz sentido importar da China?

Quando falamos sobre importar papel da China, existem ressalvas importantes a serem feitas.

Ao contrário de outros produtos que não têm indústria nacional forte, o papel tem muitas fábricas aqui no Brasil para atender a demanda tupiniquim.

Via de regra, a importação é um recurso utilizado para atender essa demanda que precisa ser suprida pela falta da presença da indústria nacional no setor.

Contudo, no Brasil, o setor da celulose é muito forte e tradicional.

Por exemplo, tivemos recentemente a Fibria, que adquiriu a empresa Susano e se tornou a maior empresa do ramo no mundo.

Por esta razão, este é o primeiro motivo do porque não faz muito sentido importar papel A4.

O papel A4 é um produto com grande força na indústria nacional

Fabricantes baratos na Malásia?

Em uma maré contrária, alguns importadores nos procuram alegando que o preço do papel na Malásia é milagrosamente mais barato e perguntam se vale a pena importar.

Contudo, já fizemos muitas visitas técnicas com fiscais por lá, e a maioria das empresas que surgem com essas ‘ofertas’ são falsas.

Normalmente, são firmas fantasmas que querem dar um golpe nos importadores. Portanto, opte por comprar papel nacional.

E se mesmo assim, eu quiser importar?

Apesar de todos esses argumentos elencados, você ainda pode estar convencido que deseja importar papel A4 da China.

Desta forma, não espere ter margem de lucro de 100% a 200% porque não é um produto tendência e não é duradouro.

O melhor caminho para conseguir faturar é conhecer muita gente que possa comprar bastante papel para você ganhar capital de giro.

Mesmo assim, ainda sim vale mais a pena comprar papel dessas empresas nacionais como a Chamex e Fibria.

Trazer papel A4 da China vai sair caro e sem marca conhecida é um grande risco e pode ser prejudicial para o seu bolso.

Importar papel A4 da China ou de qualquer outro lugar pode ficar caro e pesaroso por conta do bom desempenho da indústria no setor

Impostos

Agora que você entende se vale a pena importar papel A4 da China, saiba quais são os impostos desta mercadoria caso você queira trazer este produto.

  • II: 16%;
  • IPI: 5%;
  • PIS: 2,10%;
  • Cofins: 9,65%;
  •  ICMS: depende de cada estado;

Vale ressaltar que o papel A4 não precisa de certificação ou licença de importação para importar. Então, neste caso, é um produto fácil de trazer.

Gostou das dicas? Então acompanhe nosso blog, siga nossas redes sociais e inscreva-se no nosso canal no Youtube para mais conteúdos.

Até a próxima!

Texto de Paulo Santos, diretamente de São Vicente/SP


Veja Também


Deixe seu comentário