Dropshipping: o que é e como funciona

Dropshipping, o que é?

Certamente muitas pessoas usam esse tipo de comércio sem saber que estão utilizando o dropshipping.

dropshipping o que é

Dropshipping é uma técnica de comércio online (e-commerce) em que o vendedor consegue importar da China para revender, sem possuir estoque. Ele comercializa seus produtos através de um site e, no momento que recebe um pedido de compra, ele compra do fornecedor (que geralmente está fora do país), que enviará diretamente ao cliente final, em sua residência.

O vendedor gera seu lucro através da diferença de valores que compra do seu fornecedor e revende ao consumidor final. Geralmente esses fornecedores trabalham com atacado e o vendedor repassa o produto a preço de varejo.

Esse modelo de negócio também é muito popular entre os empreendedores individuais, além de ser muito simples: para aqueles que se interessam em iniciar esse tipo de atividade, basta ter um computador e acesso à internet.

Dropshipping da China

dropshipping como funciona

Com a facilidade e o acesso aos grandes sites chineses, o dropshipping da China se tornou prática comum e bem rentável ao empreendedor que procura uma renda extra.

A maioria dos fornecedores chineses, já familiarizados com o que é dropshipping, enviam os produtos da China em embalagens sem marcas ou logotipos, tornando mais confiável a venda da loja virtual.

Outros benefícios da prática do dropshipping da China é o fluxo de caixa positivo. Isso acontece porque o vendedor recebe quando a compra é feita, porém ele paga seu fornecedor usando o cartão de crédito ou com algumas condições (alguns sites chineses oferecem a opção de boleto bancário e até parcelamento das compras). Portanto, vendedor fica com dinheiro em caixa por um período.

Outra vantagem de modelo de como funciona o dropshipping e de como a prática e simples, é o fato de não haver a necessidade da montagem de um estoque inicial dos produtos comercializados em seu site. A não necessidade de estoque também reduz os riscos de não conseguir vender a mercadoria estocada.

 

Os riscos da prática do dropshipping

dropishipping riscos da prática

Embora seja considerada uma prática legal, a prática do dropshipping apresenta alguns riscos.

Após aprender algumas formas de como importar da China, entender o que é dropshipping e montar seu portfólio ou página online, é hora de buscar os fornecedores e, isso, requer alguns cuidados.

Opções de fornecedores de dropshipping da China, de todos os tipos de produtos e preços, não faltam, porém é necessária uma pesquisa para conhecer suas qualificações, a credibilidade de suas vendas e produtos, para que você mesmo tenha segurança na hora de repassar aos seus clientes e não acabar prejudicado.

O vendedor dropshipper precisa ser extremamente cauteloso em relação à alfândega brasileira. Todo produto importado que entra no país passa por ela e pode ou não receber tributação.

Quando a tributação acontece, os agentes da alfândega podem alegar incoerências entre o valor pago e o valor declarado, por exemplo. Porém, algumas mercadorias são legais em países como a China, mas não são legais no Brasil e, por isso, a mercadoria pode ficar retida ou até ser enviada de volta ao país de origem e o cliente não receberá o que comprou.

Outro risco que tanto o vendedor pode correr ao trabalhar com o dropshipping é o cancelamento da compra pelo cliente. Por isso, as condições devem estar bem claras para o cliente, informando-o que há riscos de tributação e ele é o responsável por essa importação.

Considerações finais

Um planejamento minucioso de negócios é o segredo do sucesso de qualquer empresa. Embora seja uma técnica de gestão simples, as informações sobre como fazer dropshipping devem ser bem analisadas e estudadas para que seu empreendimento seja bem sucedido.

Restou alguma dúvida? Nosso vídeo está aqui para você ter uma explicação final bem completa. Confira:

Se inscreva no nosso canal e veja mais vídeos como esse.

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário