Drone Americano é Devolvido pela China

No dia 20 de dezembro, a China devolveu um drone americano aos EUA, capturado no Mar Meridional. O caso gerou polêmica após o futuro presidente Trump manifestar-se pelo site social Twitter a respeito do caso. Mas o que isso significa para as relações entre os países? O drone foi retirado do mar pela marinha chinesa no dia 15, ato que, segundo o Pentágono, contradiz com as convicções de segurança internacional.

drone americano

 

Os Estados Unidos sobre o Drone

Segundo as autoridades, o drone americano foi enviado pelos EUA para realizar pesquisas nas águas no Mar do Sul da China. Porém, a região marítima chinesa passa por um período de conflitos entre os países da região pela reivindicação da região.

 

drone americano

 

Os Estados Unidos afirmam que a tarefa do drone americano era realizar um levantamento militar recolhendo dados do oceano, como a salinidade e temperatura da água. Isso serviria para o banco de dados de submarinos e sonares em operações de rotina no Mar da China. O secretário de imprensa do Departamento de Defesa americano afirmou que os Estados Unidos trataram o assunto de forma diplomática e pediu que autoridades chinesas cumpram a legislação internacional de conduta de navios no mar e evitem  futuros “furtos” para que os países possam exercer suas atividades legais.

 

drone americano

 

Enquanto isso, o futuro presidente dos Estados Unidos Donald Trump e suas manifestações no Twitter geraram polêmicas e reações. A sua primeira fala foi a respeito da captura do drone americano, explicitando seu descontentamento com a marinha chinesa.

drone americano

“China rouba o drone de investigação da marinha americana em águas internacionais – tira-o da água e o leva à China num ato sem precedentes”

Neste primeiro tuíte, Trump cometeu um erro, escrevendo “unpresidented” (sem presidente) ao invés de “unprecedented” (sem precedentes), mas veio a apagar o erro e postar um novo texto.

A sua segunda manifestação foi de tom irônico, criticado pela China.

drone americano

“Nós deveríamos dizer à China que não queremos de volta o drone que ele roubaram. – Que fiquem com ele.”

 

A China sobre o drone americano

O ministro exterior da China rejeitou a acusação de roubo apontada por Trump, dizendo que a reação – ao dizer que a os chineses roubaram o drone americano – foi exagerada e distorcida, e não contribui para uma resolução suave ao problema. A marinha chinesa identificou o objeto e lidou com ele de forma responsável e profissional retirando-o da água – antes de saber que o objeto era norte-americano – já que o drone poderia causar danos às navegações locais.

A defesa chinesa pediu que os Estados Unidos parassem com esse tipo de atividade no Mar do Sul da China, região reivindicada pela potência oriental e disputada por outros países como Filipinas, Vietnã, Malásia e Taiwan.

 

drone americano

 

O problema, no fim, foi resolvido sem grandes polêmicas. Os chineses devolveram o drone americano aos seus donos. Contudo, as declarações exageradas dos dois países poderiam ter causado atrito entre os gigantes da geopolítica mundial. Os americanos vêm ostensivamente tentando combater o expansionismo chinês sobre o Mar do Sul.

 

Após conflitos diplomáticos, esse primeiro choque material nas relações entre Pequim e Washington gera preocupação na comunidade internacional. Quando Trump assumir seu posto como presidente, se continuar lidando com a China do mesmo modo como nas redes sociais, a China, provavelmente não se policiará em respondê-lo.

 

Por Ana Luiza Garcia Lachner, diretamente de Londrina, PR, Brasil.

Fontes: Shanghaiist, The New York Times, Revista Istoé, Diário de Notícias Portugal e Expresso.

Gostou desse artigo? Então veja muito mais em nossa página do Facebook, em nosso blog e em nosso site


Veja Também


Deixe seu comentário