Curiosidades sobre o visto chinês

Diversos países ao redor do mundo exigem visto para permitir a entrada de visitantes. Na China isso não é diferente.

Com o decorrer dos anos, a China tem se tornado um país bastante atrativo para visitantes devido às grandes negociações que ocorrem no país, as famosas feiras de negócios como a Canton Fair e, também, seus destinos incríveis.

No entanto, muitos visitantes apresentam dúvidas quanto ao processo de solicitação e emissão do visto chinês. Por este motivo, este artigo busca esclarecer algumas destas dúvidas e aconselhar os viajantes a respeito do visto chinês.

Gostou deste assunto e acha que ele será útil para a sua viagem para a China? Leia este artigo e fique por dentro do processo de aquisição do visto chinês!

 

Tipos de visto chinês

 

visto chinês
Curiosidades sobre o visto chinês. Fonte: Bahia Vistos

 

O início do processo de solicitação do visto chinês exige, primeiramente, a compra da passagem do transporte aéreo, diferentemente dos processos de países localizados no continente americano, como o Canadá e os Estados Unidos da América.

Considerando as informações a respeito dos tipos de visto chinês, você pode se deparar com algumas dúvidas referentes a categoria de visto a ser solicitada.

O visto chinês tem sido categorizado como turismo (L), negócios (M) e finalidades particulares (Q2 ou S2). Desta forma, a escolha da categoria do visto vai ser de acordo com o objetivo do viajante.

 

A obrigatoriedade do visto chinês

O visto chinês é obrigatório para aqueles viajantes cujo destino final é a China. Desta forma, aqueles passageiros que apenas terão uma conexão na China (isto é, o avião teve que parar em um dos aeroportos da China e de lá para seguir até outro país) não necessitarão do visto chinês.

 

visto chinês
A obrigatoriedade do visto chinês. Fonte: Youtube

 

No entanto, algumas regiões da China fogem a regra quanto à obrigatoriedade do visto chinês. Regiões como Macau, Hainan e Hong Kong, apesar de pertencerem à China, não exigem o visto de brasileiro por um período de até 90 dias (são regiões administrativas especiais do país). 

 

Qual é o valor e o tempo de pedido/entrega do visto chinês?

O valor do visto chinês para passaportes brasileiros é de aproximadamente R$ 460 reais e apresenta validade de 5 anos, porém o viajante precisa considerar as despesas com o envio. Os valores dos custos com o visto e as taxas de envio podem ser encontrado no site da Embaixada chinesa. Caso o visto chinês seja emitido com urgência na entrega, existe o adicional de uma taxa de R$130,00 reais.

O valor do custo do visto chinês deverá ser depositado para a embaixada/consulado chinês após a apresentação dos documentos do solicitante do visto e este receberá um protocolo para uso no ato da retirada do visto chinês. Além disso, o requerente deverá apresentar o comprovante de pagamento do visto chinês.

 

visto chinês
O custo do visto chinês deverá ser depositado para a embaixada/consulado chinês/ Fonte: Viaje Leve

O tempo de pedido/entrega do visto chinês demora em média quatro dias úteis, considerando o tempo após a entrega de toda documentação às autoridades da China. No entanto, ressalta-se que caso o solicitante do visto chinês tenha algum problema com a documentação enviada, o tempo de emissão e entrega do visto chinês pode ser mais longo.

O visto chinês também permite múltiplas entradas na China no caso de viajantes que pretendem permanecer até 90 dias (em cada entrada). Os viajantes ainda têm a opção de prorrogar a viagem por mais 90 dias, porém só a cada 12 meses, contados a partir da data da primeira entrada.

 

Solicitação do visto chinês via despachante ou via agência?

Muitos viajantes se questionam a respeito da solicitação do visto chinês via despachante ou via agência. A vantagem da solicitação e processo de emissão do visto chinês por meio de despachante ou agência é que o processo de esclarecimento de dúvidas é bem mais claro, devido ao recebimento de orientação especializada em todas as etapas. No entanto, a desvantagem em solicitar um destes serviços a emissão do visto chinês é que o gasto do viajante será maior do que se for feito por conta própria.

Os documentos principais para a solicitação do visto chinês e que podem ser requeridos pelo despachante ou agência são:

passaporte com validade mínima de seis meses;

formulário disponível no site do Consulado com foto recente em fundo branco;

reserva do hotel;

passagem aérea de ida e volta, ou;

carta-convite emitida por indivíduo da China, com todos os dados pessoais do convidado, além de data de chegada e saída, locais de visita e assinatura do representante legal.

 

Embaixadas da China no Brasil e o visto chinês

O Brasil apresenta algumas embaixadas onde os viajantes podem realizar o processo de emissão e retirada do visto chinês. Estas embaixadas podem ser encontradas nos estados como Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.

Uma observação importante que o viajante deve se atentar é que cada unidade atende a determinados estados e cidades, que geralmente estão localizadas na mesma região (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul). Desta forma, o viajante para a China deve procurar o consulado correto para o seu estado de residência.

Aproveita que já está aqui e dá uma olhada no nosso vídeo do canal que explicamos os tipos de visto. Esse vídeo faz parte da nossa série “Antes de vir pra China”, que você encontra no nosso canal.

 

Por Laura Mochiatti Guijo, diretamente de Marília, SP – Brasil

Fontes: Passagens para a China, Melhores Destinos, China Link Trading, Youtube, Bahia Vistos, Viaje Leve.

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário