Competitividade do Brasil deve melhorar em relação à China

Nesta terça-feira especialistas que participaram de um fórum em São Paulo sobre a “Competividade Industrial da China no século XXI”, disseram que o Brasil deve melhorar sua competitividade se quiser competir com a China.

Segundo Rubens Barbosa, ex-embaixador do Brasil nos Estados Unidos, o mesmo alerta sobre um “excessivo protecionismo” e disse que a China – acusada de competividade desleal em alguns setores – não é a razão que explica os problemas da indústria brasileira.

“O problema está no Brasil, na perda de competitividade dos produtos brasileiros e não na China”, declarou Barbosa no seminário, organizado pela Federação de Indústrias de São Paulo (Fiesp).

Barbosa, presidente do Conselho Superior de Comércio Externo da Fiesp, pediu que o governo ajudasse as empresas brasileiras a abrir novos nichos no mercado chinês.

“Precisamos repensar a relação que queremos manter com a China nos próximos anos”, disse. “A China não é só o maior sócio comercial do Brasil, como também da América do Sul”, completou.

Segundo Roger Leal, funcionário da secretaria executiva de Assuntos Estratégicos da Presidência, o Brasil está interessado em examinar três possíveis áreas de interesse chinês, onde eles poderiam obter vantagens competitivas: direitos trabalhistas, desenvolvimento tecnológico e proteção ao meio ambiente.

Contudo, os expositores – acadêmicos brasileiros e funcionários que têm levado adiante investigações na China nos últimos anos – citaram estudos que destacam progressos em produtividade, uso sustentável do meio ambiente e direitos trabalhistas no gigante asiático.

Estatísticas oficiais mostram que o comércio entre Brasil e China cresceu 7%, para 37 bilhões de dólares na primeira metade deste ano, comparado com o mesmo período de 2011, com um superávit de 5 bilhões para o Brasil.

Fonte: UOL Notícias

Por Douglas Pazelli – Diretamente da China
www.chinalinktrading.com
Acompanhe novidades no: www.facebook.com/ChinaLinkTrading

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a procura de fornecedores chineses, controle de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.


Veja Também


Deixe seu comentário