7 coisas estranhas que só existem na China

Em todos os lugares vemos coisas inusitadas ou diferentes da nossa realidade. Mas existem sete coisas estranhas que só acontecem na China. E eu posso provar!

Ficou curioso para saber? Então vem com a gente entender mais sobre isso. Essas são as coisas mais estranhas que você lerá hoje.

#1. Obsessão por estrangeiros

Chineses gostam de tirar selfies com turistas que vão ao país (Foto: DCM)

Em primeiro lugar, uma coisa estranha que só acontece na China é a obsessão dos chineses por estrangeiros.

Chega a ser curioso ver como o povo local trata pessoas de fora como se fossem celebridades de Hollywood.

Quando veem uma pessoa de pele preta ou uma pessoa loira, os chineses imediatamente pedem para tirar uma foto. Eles têm grande alegria de conhecer pessoas de outras culturas e etnias.

É possível que haja situações que eles nem peçam para tirar foto, apenas chegam do lado da pessoa e batem aquela selfie.

Acredita-se que isso ocorra pelo fato de as pessoas de lá serem muito parecidas umas com as outras. Por esta razão, quando uma pessoa bem diferente deles chega ao país, a curiosidade vai lá no alto.

#2.  Fuso Horário Unificado

Mao Tse Tung determinou que só existisse um horário em toda China, o de Pequim (Foto: Toda Matéria)

Você é daquele que reclama do horário de verão? Então se liga nessa segunda coisa estranha que acontece na China. Lá só tem um fuso horário!

Isso é comum em países pequenos, mas a China tem enorme extensão territorial, com um território de 9.597.000km².

O país é o terceiro maior país do mundo em área terrestre, atrás apenas dos Estados Unidos da América, com 9.834.000 km², e a Rússia, com seus impressionantes 17.100.000 km².

Entretanto, o governo decidiu unificar o horário de lá, mesmo com uma diferença de horas entre uma extremidade do país e outra.

Isso ocorreu em 1949, depois que os comunistas venceram os nacionalistas.

Para passar a mensagem de que a China deveria se unir, Mao Tsé-Tung estabeleceu que todos horários seriam o de Pequim.

Por esta razão, quando são 7h em Beijing, será este horário também em  Urumqi, localizada a mais de 3 mil quilômetros a oeste da capital chinesa.

Esta é a causa de ser muito comum no país a situação em que, mesmo com um sol matinal das 10h, ainda seja de noite. Porque lá, vale o horário da capital apenas.

Você conseguiria se adaptar nestas condições?

#3. Cidades Fantasmas 

Cidades fantasmas são comuns na China (Foto: Casa Vogue/ Globo)

Sim! Outra situação bem estranha que só acontece na China é a presença de cidades fantasmas.

Mas calma, apesar do nome medonho, a explicação é simples.

O que acontece é que há algumas cidades, distantes dos grandes centros chineses, que estão totalmente equipadas: prédios, vias públicas, hospitais, escolas, infraestrutura.

Entretanto, poucas pessoas mora ali. Muitas casas foram construídas, entretanto, pelo êxodo da população para cidades maiores, as cidades parecem estar sem ninguém.

Cidades que esbanjam riqueza com suas construções, criadas para atender uma demanda muito maior do que a população realmente tem.

Outro motivo suspeitos disso ocorrer  é que presume-se que a China queira usar o aumento imobiliário para aumentar seu PIB e passar a ideia de um vasto crescimento no setor. 

Há, também, o caso da cidade de Beichuan, que foi destruída por um terremoto em 2008.

A tragédia matou 90 mil pessoas, sendo que 8,6 mil eram habitantes da cidade.

Além disso, mais 1,5 mil crianças morreram após o desabamento da escola da cidade.

As autoridades decidiram, então, que não iriam reconstruir Beichuan, mas que lá seria um memorial de uma catástrofe congelado no tempo.

 #4  Casas Prego

Governo chinês não pode se apropriar de uma propriedade se o morador não quiser (Foto: Arch Daily)

Pensou que já tinha visto de tudo? Pensou errado! A  nossa quarta curiosidade chinesa são as casas pregos

Ao contrário do que você imagina, as casas pregos não são imóveis em formatos de prego, mas sim propriedades que não podem ser demolidas pelo governo se o dono não permitir.

Exatamente! Lá não tem o princípio da apropriação, em que o Estado pode se apossar da propriedade privada para construir um bem público, como uma estrada.

Na China, se o morador de um certo bairro não quiser se mudar, tem que deixar a casa lá, sem mexer em uma viga.

Por esta razão, é possível encontrar, por exemplo, casas fixadas literalmente no meio de uma estrada, porque a pessoa bateu o pé e se recusou a ceder o imóvel ao poder público.

Já pensou se isso vira moda aqui no Brasil?

#5. Motoristas de Balada

Assim como no Brasil, na China é proibido beber e dirigir em seguida (Foto: China Vistos)

A quinta coisa mais estranha que você só encontra na China são os motoristas de balada.

Uber? Esquece isso! Pelo contrário! Lá, pessoas se oferecem para assumir o volante do carro particular da pessoa para levá-la em casa.

Isso ocorre por conta da conhecida Lei Seca, que proíbe que pessoas dirijam algum automóvel após consumirem determinada quantia de álcool.

Para aproveitar a oportunidade de ganhar uma grana extra, estes “motoristas” ficam em frente às boates com uma plaquinha e oferecem o serviço de carona às pessoas que, alcoolizadas, não podem dirigir o próprio veículo.

Para retornar da carona, eles levam uma bicicleta, a qual é deixada no porta-malas até o destino final, quando é retirada para ser utilizada para retornar para a balada e buscar outros clientes.

Teria coragem de confiar seu veículo a um “motorista de balada”?

#6. Soneca 

Chinês improvisa papelão para dormir em parque público na China (Foto: G1)

Você sabia que literalmente qualquer lugar é confortável para o chinês dormir? Pois é, essa é a sexta coisa estranha que há na China

No país asiático, os chineses têm o hábito de dormir em lugares inusitados, como em redes instaladas embaixo de caminhões, por exemplo.

Outro caso são de pessoas que prendem cordas em dois pontos firmes, deitam em cima dela e tiram uma boa soneca sem medo nenhum de caírem.

Há, também, empresas que criam apoios onde os colaboradores podem levar seus travesseiros e tirarem um cochilo no intervalo.

É muito comum também, nos deparamos com chineses cochilando em parques públicos, meras cadeiras e até utilizando malas como travesseiro em praças.

O curioso é que lá é tão comum que ninguém tira sarro ou tenta sacanear. Faz parte do hábito de alguns chineses.

 #7. Facekini 

Traje é semelhante com as máscaras de lutadores de Luta Livre (Foto: We Fashion Trends)

Deixamos isso por último porque temos certeza que essa será a coisa mais estranha que acontece na China que você verá hoje. Biquini para rosto!

É isso mesmo que você entendeu, um biquíni que cobre a cara.

É muito comum nos depararmos com isso quando vamos às praias chinesas. As mulheres de lá, por não gostarem de tomar sol, se protegem cobrindo até mesmo a face.

A indumentária chega a ser até um pouco assustadora, com aberturas apenas na parte dos olhos e do nariz, semelhante ao figurino de praticantes de luta livre.

É uma questão cultural. Enquanto as brasileiras gostam de ir à praia para tomar um solzinho e se bronzear, lá elas querem ficar mais brancas ainda porque este é o padrão de beleza na China.

Gostou das curiosidades? Então fique por dentro das nossas redes sociais e saiba mais a China e sua rica cultura.

Aproveite e inscreva-se no nosso canal no Youtube para se tornar um expert em importação da China.

Texto de Paulo Santos, de São Vicente/SP


Veja Também


Deixe seu comentário