Chongqing: a maior província da China

Há alguns dias, o blog da China Link Trading lançou um texto sobre as megacidades (cidades com mais de 10 milhões de habitantes) que existem na China, e nele foram citadas as cidades de Pequim, Xangai, Shenzhen e Guangzhou, onde está ocorrendo a Canton Fair agora! Porém, em uma rápida busca na internet se percebe que Chongqing  ou Xunquim também deveria ter sido citada no texto, afinal a sua área administrativa possui mais de 30 milhões de habitantes. E questão é exatamente essa, Chongqing, em sua área urbana, possui cerca de 8 milhões de habitantes, e essa diferença de 22 milhões de pessoas acontece porque Chongqing é uma Municipalidade sob administração direta do governo central da República Popular da China, isto quer dizer que a cidade tem o mesmo ranqueamento de uma província, o mais alto nível da classificação de cidades na China, assim como Pequim, Xangai e Tianjin. Por conta disso, não citamos Xunquim no texto sobre megacidades, mas agora destinaremos um texto inteiro para apresentar um pouco mais dessa cidade que tem tanto para oferecer.

Confira também o nosso vídeo sobre o Parque Florestal Beihai embaixo! Clique aqui e veja os nossos vlogs com curiosidades e viagens pela China!

 

Um pouquinho de história…

A história da cidade retoma há pelo menos dois mil anos atrás, quando Chongqing foi capital do Reino Ba. Porém com o passar do tempo, a cidade foi perdendo a importância, principalmente pelo fato de estar localizada longe da Rota de Seda (grande rota comercial entre Europa e Ásia), só voltando a ter relevância a partir do século XIX, quando potências estrangeiras se interessaram pela China e resolveram trazer instalações à cidade, sendo que em 1901, criou-se uma colônia japonesa na cidade

Em 1938, Chongqing se transformou na capital provisória da China Nacionalista durante a Segunda Guerra Sino-Japonesa (1937-1945).  O que levou muitas fábricas e universidades para a cidade fazendo com que a população passasse de 200 mil habitantes para mais de um milhão. Com a fuga de Chiang Kai-shek da cidade, a Revolução Chinesa e a consequente a formação da República Popular da China, em 1949, Chongqing se definiu de outra forma e intensificou seus atributos de cidade grande. Foi nesse período que foram construídos grandes monumentos e obras de arquitetura ao longo da cidade.

 

Chongqing
Prédios de construção tradicional em Chongqing

 

Em 1997, o Oitavo Congresso Nacional do Povo, decidiu pela junção da cidade sub-provincial com as prefeituras vizinhas de Fuling, Wanxian e Qianjiang, criando a Chongqing que conhecemos hoje. O município tornou-se o principal meio da China para desenvolver suas regiões ocidentais e coordenar o reassentamento de moradores das áreas do reservatório do projeto da Barragem das Três Gargantas.

 

A economia de Chongqing

Devido a sua localização geográfica, isto é, região central do país, e consequentemente afastado dos centros mais desenvolvidos, Chongqing tem sido uma importante base de pesquisa e desenvolvimento de armas e da indústria bélica. Contudo, a produção industrial de Chongqing vem se diversificando, porém com um foco diferente do leste chinês, isto é, enquanto a produção do Leste foca na exportação, a produção de Chongqing se virar ao consumo local, devido à sua localização interiorana. Assim, as fábricas que produzem bens de consumo locais, como alimentos processados, carros, produtos químicos, têxteis, máquinas e eletrônicos são comuns na cidade.

Chongqing é o terceiro maior centro de produção de veículos motorizados da China e o maior de motocicletas, sediando empresas como a Changan e Lifan, além de ter plantas de produção de empresas como a Ford. Além disso, o município é também um dos grandes centros produtores de ferro e aço da China e um dos três maiores produtores de alumínio do país. Os recursos naturais também são abundantes com grandes depósitos de carvão, gás natural e mais de 40 tipos de minerais, como estrôncio e manganês. A agricultura também representa uma fatia importante da economia local, sendo arroz e frutas, especialmente laranjas os principais da região

 

Chongqing
Placa da fábrica Changan-Ford em Chongqing

 

Por fim, a cidade investiu em infraestrutura para atrair investimentos, por exemplo, a ampliação da rede de estradas e ferrovias conectando Chongqing ao resto da China foi ampliada e melhorada. Há que se citar a Hidrelétrica das Três Gargantas, que é a maior do mundo, que não só fornece energia a Chongqing, como também permite que navios oceânicos atinjam o porto do Rio Yang-tsé, aumentando em muito o leque de possibilidades para a cidade

 

Mas o que fazer em Chongqing?

Apesar de seu grande parque industrial e de sua economia latente Chongqing não é apenas um bom destino para investidores, ou compradores, é também um ótimo lugar para fazer turismo, tendo inúmeras atrações para serem visitadas. A começar pelas três quedas d’agua (gargantas) que dão nome à hidrelétrica, da mesma forma que acontece com a Hidrelétrica de Itaipú entre Brasil e Paraguai, a Hidrelétrica de Três Gargantas é destino de milhares turistas de todo o mundo diariamente. As gargantas têm seus nomes próprios também, a menor delas, com uma extensão de 8 km, é a Gargant Qutang, a do meio, no rio Yang-tsé, se chama Garganta Wu, e a última que é uma série de quatro desfiladeiros diferentes, a maior e também a mais próxima da hidrelétrica, e se chama Garganta Xiling.

Mas as gargantas não são o único ponto a se visitar em Chongqing, existem diversos museus e sítios históricos, especialmente porque a cidade foi a capital provisória da China durante dez anos entre 1937 a 1945, além de ser conhecida como uma das três sedes dos Aliados durante a Segunda Guerra Mundial, e foi centro estratégico de muitas outras guerras ao longo da história da China.

 

Chongqing
A Hidrelétrica das Três Gargantas

 

Isso ainda não é tudo, há ainda diversos parques e atrações que não temos espaços para mostrar com mais especificidade nesse texto, por isso vamos apenas listar e trazer com mais calma em um texto futuro. Assim, alguns outros lugares para se visitar em Chongqing são: Museu das Três Gargantas, Parque E’ling, Cidade Fantasma de Fengdu, Praça Jiefngbei, Templo de Huayan, dentre muitos outros.

Comente aqui embaixo qual lugar você gostaria de conhecer na China!

 

Por João Victor Scomparim Soares, diretamente de Cerquilho, SP, Brasil

Fontes: Wikipedia, Trip Adisor, China Link Trading

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário