China: Expansão comercial por proteínas animais

canada-and-china

O mercado de proteínas animais chinês segue em expansão. Após a construção de pontes de entendimento entre o país asiático, e a entrada ao mercado europeu de carne bovina, agora o mercado chinês enquadra-se na distribuição de carnes do Canadá.

A Associação Canadense de criadores de gado ( CCA), tem demonstrado interesse em uma abertura comercial de bovinos UTM, ou seja, animais abaixo de 30 meses de vida, desde o ano de 2010; Desde 2012, as transações entre os dois países tem aumentado em quantidade astronômica.

A falta de terras para pastos na China repele instalações de processamento de proteína no país. Sua demanda por carne suína continua aumentando, porém, a entrada de carne bovina no cardápio da classe média tem sido uma bênção, comparada à forte utilização de proteína animal na indústria alimentícia.

A abertura comercial de 2012 entre os dois países, agora permite que a China importe carne desossada UTM, mais barata e de praticidade na comercialização e preparo. É um passo importante para ambas as economias, e estabilização de timeline para o acesso completo das importações.

Desta maneira, o gado que circula na fronteira dos EUA, abrirá uma excelente fonte de renda para importações canadenses, que em conjunto com a tecnologia e mão de obra barata chinesa, poderá, em pouco tempo, abrir uma nova rota de comércio e serviços via – Pacífico.

Acompanhe nosso Blog de Importação e tire dúvidas conosco através do e-mail de contato: contato@chinalinktrading.com.

Nota do autor: Caso a leitura do artigo traga-lhe alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário abaixo. Estamos sempre disponíveis para atendê-los!

 

10501478_672999809416046_1632622762_a (1)

 

Este artigo foi escrito pelo graduando de Relações Internacionais, Luis Gustavo Colalto Silva, Faculdades Metropolitanas Unidas, São Paulo – SP. 


Veja Também


Deixe seu comentário