China começa a debater seu futuro em Pequim – China Link blog de importação

Chinalink-blog-portugues-post883Milhares de propostas sobre o futuro da China foram debatidas no último domingo na reunião anual do principal órgão assessor do governo, apenas dois dias antes do início do plenário da Assembleia Nacional Popular (ANP), órgão legislativo que designará os novos líderes do país.

O Grande Palácio do Povo de Pequim será sede tanto as sessões da ANP como as da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPCh), que não pode aprovar leis, mas que, com 2.206 delegados de diversas regiões do país, pretende representar o conjunto da sociedade chinesa.

A Conferência é, em grande medida, controlada por membros do Partido Comunista da China (PCCh), mas está composta por uma gama mais ampla da sociedade chinesa, incluindo celebridades da cultura, da ciência, do mundo econômico e empresarial ou do esporte.

Desde ontem e durante os próximos nove dias, os participantes, entre eles o último Prêmio Nobel de literatura Mo Yann e o ator Jackie Chan, se reúnem com o objetivo de apresentar propostas de leis e escolher seus dirigentes na próxima década.

Embora presumivelmente sem muitas objeções, a CCPPCh discutirá um relatório sobre o trabalho do governo, um plano de reestruturação do Conselho de Estado e outros documentos sobre o trabalho da Suprema Corte e da Promotoria Popular Suprema do gigante asiático.

Em matéria de propostas de legislação – que serão enviadas posteriormente ao órgão legislativo -, vários especialistas e delegados que participam das sessões concordam em destacar como principais temas a reforma da urbanização, o reequilíbrio do modelo econômico chinês, as reformas a favor do mercado, a proteção do meio ambiente e a corrupção.

Esta última, objeto de perseguição desde que em novembro do ano passado Xi Jinping assumiu a liderança do PCCh, influenciou na própria organização do plenário, pois as autoridades se comprometeram a reduzir as despesas do encontro e a transformá-lo em um ato “menos extravagante e mais eficiente”.

Neste sentido, a duração do plenário será de nove dias, um a menos do que o habitual nos exercícios similares anteriores. Além disso, desta vez os carros de polícia não escoltaram os delegados em sua chegada à capital chinesa, não se foram colocados arranjos florais em seus quartos nem houve “cerimônias de boas-vindas” no aeroporto ou em estações de trem.

A CCPPCh é o órgão mais antigo do regime comunista (criado antes inclusive da fundação deste, em 1º de janeiro de 1949) e é comparável, guardando as devidas proporções, aos senados nos parlamentos bicamerais do Ocidente.

Na cerimônia de abertura ontem, o presidente em fim de mandato apresentou um relatório sobre o trabalho da organização nos últimos cinco anos, um discurso que também foi ouvido pelos membros do Comitê Permanente do PCCh, entre eles Xi Jinping e Li Keqiang, futuros chefe de Estado e primeiro-ministro do país, respectivamente.

Também estavam presentes Hu Jintao e Wen Jiabao, que deixarão seus cargos assim que terminar a ANP. Assim como acontecerá com a cúpula executiva, legislativa e judicial do país, o órgão consultivo também substituirá sua direção e nomeará com toda probabilidade Yu Zhengsheng como presidente – o escolhido como “número quatro” do Partido em novembro de 2012 -, em substituição de Jia Qinglin.

Uma das surpresas nos nomes que dirigirão o plenário – passo anterior a dirigir o órgão consultivo – é a presença, como número três, de Ling Jihua, secretário pessoal do presidente Hu Jintao e cujo filho morreu em um acidente com sua Ferrari há um ano em Pequim.

O acidente, no qual estavam envolvidas duas mulheres e sobre o qual se demonstrou que a vítima dirigia de forma perigosa, causou um escândalo dentro do Partido, e muitos analistas políticos achavam que afetaria a reputação de seu pai, que aparentemente tentou encobrir o episódio.

Os membros da CCPPCh são eleitos, em muitos casos, com caráter honorário, e na reunião deste ano os delegados não filiados ao Partido Comunista representam 60% do total.

Além de Mo Yann e Jackie Chan, entre os participantes mais famosos no exterior se destacam o ex-jogador de basquete Yao Ming e o ginasta Zou Kai, melhor atleta olímpico chinês da história, com cinco medalhas de ouro.

Outro célebre membro é Liu Xiang, velocista que caiu na prova dos 110 metros com barreiras dos Jogos Olímpicos de Londres e que, apesar de constar como delegado nos últimos seis anos, somente compareceu à edição de 2011.

Fonte: UOL NOTÍCIAS

Por Douglas Pazelli – Diretamente da China
www.chinalinktrading.com
Acompanhe novidades no: www.facebook.com/ChinaLinkTrading

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a procura de fornecedores chineses, controle de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.


Veja Também


Deixe seu comentário