O aumento do frete diminuiu as importações?

Neste artigo vamos entender como o alto preço do frete está influenciando nas importações. 

A quantidade de importações diminuiu no Brasil devido ao aumento dos fretes? A alta do dólar tem afetado a chegada de novos clientes?

Vamos descobrir a seguir.

Por que o frete está alto?

Antes de entendermos o impacto do aumento do frete na demanda de importação, vamos resumir um pouco o porquê da inflação na tarifa.

É importante entender que o preço do frete, seja ele internacional, container cheio marítimo, ou carga compartilhada, até mesmo frete aéreo, é baseado na oferta e na demanda.

Existe um número de navios saindo de um lugar para o outro e dentro desses navios cabe uma quantidade específica de contêineres.

Se a demanda aumentar, encarece também o aumento de transportes, havendo essa necessidade, as empresas que realizam esses fretes precisam arcar com investimentos milionários na compra de novos equipamentos que realizam estas viagens. 

Normalmente não se tira o navio de uma rota para outra para não prejudicar a movimentação já saturada e a sua demanda.

Durante o ano de 2020 a maioria das empresas decidiu utilizar os estoques que elas tinham no presente.

O que é uma ação arriscada, afinal, se você vende todo seu estoque sem um importador, demorará em média, 100 dias para receber seu novo produto.

E foi exatamente isso que aconteceu ano passado, a maioria das empresas vendeu todo o estoque e demorou muito para começar a comprar de novo.

Neste quadro, todas as empresas estão comprando ao mesmo tempo, o que ocasionou esse super preço no frete.

O frete aumentou muito desde janeiro por conta da demanda alta

Todos estão querendo comprar ao mesmo tempo, o que aumenta a demanda, como muitos containers estão saindo ao mesmo tempo, os preços inflacionaram.

E quando superlativizamos esse processo para uma proporção mundial, é assustador a quantidade de demanda reprimida que as firmas estão tentando suprir. 

Como o mundo importa da China, o frete de lá está altíssimo porque os portos não têm condição, nem estrutura para exportar tanta carga com tanta velocidade. Isso faz o frete subir, e muito.

As importações estão diminuindo com o aumento do frete?

Apesar desse quadro aparentemente pessimista para o mercado, quando analisamos o contexto um semestre depois do super aquecimento do frete, percebemos uma situação bem positiva.

O frete tem aumentado desde janeiro, mas houve uma ascensão nos números de importação no país em relação ao ano passado.

Apesar do aumento do frete e do dólar, a busca por importação segue crescendo.

Diversas empresas de trading, a exemplo da China Link Trading notam que tem aumentado a demanda de clientes interessados em importação.

Desde clientes antigos ou novos importadores, mas por algum motivo existe essa grande demanda.

Aparentemente, o motivo é um efeito cascata. Assim como explicamos acima que as empresas estão com carga reprimida, os importadores perceberam que precisam repor seus estoques.

O número de importações tem aumentado apesar das altas do frete, dólar e combustível

Muitos empresários optaram por esvaziar os estoques com medo da crise. Acontece que o cliente que comprava com ele não sumiu, ele só parou momentaneamente de comprar com ele.

Quando a economia apresenta uma recuperação, esse consumidor volta a consumir, mas os estoques estão vazios e é necessário importar tudo novamente.

Ou seja, provavelmente indica uma demanda que ficou sufocada pela pandemia. No setor de construção, por exemplo, há um grande avanço por conta da melhora do cenário pandêmico no Brasil.

Mesmo na questão de novos clientes, a situação permanece a mesma. As pessoas continuam com interesse em importar e procuram saber por onde começar, apesar da crise do frete.

O pior período para o mercado da importação foi no primeiro trimestre de 2020, porque foi o início da pandemia.

Entretanto, depois que este período passou, as coisas começaram a voltar ao normal na importação.

Segundo alguns empresários, a justificativa dos compradores do motivo do aumento de importação apesar do preço do frete é porque nunca houve tanto dinheiro circulando  no mercado. 

Pessoas receberam FGTS depois de serem mandadas embora dos seus empregos.

Além disso, houve o auxílio emergencial, que aumentou o poder de compra do consumidor.

Com isso, as compras no e-commerce cresceram, mas os estoques estavam vazios. Então agora os importadores estão voltando a importar e com força. 

Apesar das adversidades, isso não influenciou na decisão por continuar dos importadores. 

Portanto, opte por sempre ter o estoque cheio porque as pessoas sempre procuram seus produtos. Isso fará com que você ganhe dinheiro sempre, e não só às vezes.

Caso você ainda esteja com medo e tem preocupação se vale a pena importar apesar do preço do frete, temos um texto em nosso blog que pode tirar suas dúvidas.

Mas de qualquer forma, invista. Seu público sempre irá atrás da sua loja para adquirir seus produtos se seu estoque tiver qualidade e variedade. Aposte nisso!

Gostou das dicas? Então acompanhe nosso blog, siga nossas redes sociais e inscreva-se no nosso canal no Youtube para mais conteúdos.

Até a próxima!

Texto de Paulo Santos, diretamente de São Vicente/SP


Veja Também


Deixe seu comentário