Apartamentos na China: como fazer para alugar um?

Como alugar apartamentos na China é uma das primeiras coisas com que você vai precisar se preocupar, se estiver planejando morar no país, seja por alguns anos ou até mesmo por alguns meses. Saber como trabalham as imobiliárias chinesas, conhecer as regras e os costumes na hora de comprar ou alugar imóveis na China, e estar por dentro dos preços dos apartamentos chineses, são fundamentais na hora de escolher o imóvel que melhor se enquadra no seu bolso e no seu gosto. E tudo isso você aprende agora, através deste artigo e do vídeo ao final dele, que esperamos poder te ajudar quando for pesquisar aluguel de apartamentos na China.

 

As imobiliárias chinesas

Ao alugar um apartamento na China, encontramos de cara alguns problemas. O primeiro deles, muitas vezes, é a barreira do idioma, que pode dificultar muito a negociação de preços e formas de pagamento. Às vezes, mesmo que você tenha um bom nível de mandarim, pode ser que não esteja muito bem familiarizado com a forma de trabalho das imobiliárias da China. Vejamos então como elas funcionam.

imobiliárias chinesas
Muitas imobiliárias da China são pequenos estabelecimentos quase irreconhecíveis para os estrangeiros

Em primeiro lugar, ao chegar na China, você não vai procurar uma “imobiliária”, e sim uma 房屋中介 (cuja pronúncia aproximada é fáng wu zhong jiè, e cujo significado é “imobiliária” mesmo). Assim como no Brasil, as imobiliárias na China se diferenciam bastante entre si, indo desde cubículos de apenas um cômodo, até instalações grandes. Essas últimas são mais fáceis de reconhecer e de encontrar, mas as primeiras são mais difíceis para nós, estrangeiros, porque muitas vezes passam de portinhas mergulhadas num mar de estabelecimentos comerciais cheios de caracteres chineses complicados. E são muitas as imobiliárias chinesas desse tipo! Por isso, recomendamos que você faça uma busca na internet antes de sair pelas ruas procurando uma imobiliária na China.

imobiliária chinesa
链家 (Lian jia), ou Home Link, é uma das maiores empresas do ramo imobiliário na China

 

Os apartamentos na China

Quando for alugar um apartamento na China, você vai ter a opção de escolher se quer ou não morar em um “condomínio”, ou 小区 (xiao qu) em mandarim. Muitos dos condomínios na China, mesmo que possuam portarias com guardas e cancelas para os carros, permitem a entrada de pessoas nas áreas comunais (o que não é considerado perigoso por quase ninguém no país). Assim mesmo, a grande maioria deles possui câmeras espalhadas por todos os lados.

apartamentos na China
Área comunal de um condomínio chinês

Mas estar ou não dentro de um condomínio não influi na estrutura dos apartamentos na China. Em linhas gerais, os apartamentos chineses são bem parecidos aos do Brasil. O que alguns brasileiros podem notar de diferente são as seguintes características: 1) muitos prédios utilizam energia solar para esquentar a água do chuveiro, e em muitos casos a caixa d’água que armazena a água quente fica pendurada no alto da parede do banheiro, podendo ser ligada e desligada como um aparelho doméstico qualquer. 2) Na China são encontrados com mais frequência banheiros sem janela, e que por isso são equipados com exaustor. 3) Ainda com bastante frequência, embora nem sempre seja o caso, os apartamentos da China utilizam o vaso sanitário tradicional chinês (ver foto abaixo), por uma questão de preferência dos chineses.

privada chinesa

Muitas privadas na China são como mostra a foto. Buracos no chão em que a pessoa não encosta na hora de usar. É claro, pode ser que o apartamento que você escolher não tenha nenhuma dessas diferenças com relação ao Brasil, afinal nem todos os apartamentos na China são iguais uns aos outros. Mas essas são coisas que você pode encontrar. Com exceção da privada chinesa, as outras diferenças provavelmente não vão gerar nenhum desconforto ou incômodo.

 

Preço de apartamentos na China

O preço dos apartamentos chineses muda bastante de uma região para outra, e também de uma cidade para outra. Por exemplo, um apartamento para duas pessoas, com cama de casal, com um quarto, uma cozinha, um banheiro e uma pequena área de serviço, pode variar de cerca de 700 reais (1500 yuan) até 4000 reais (8000 yuan). Podem ser encontrados apartamentos na China que estejam fora dessa faixa, tanto para mais como para menos, mas a maioria está dentro dela.

como alugar apartamentos na China
O preço dos apartamentos na China varia bastante, assim como a qualidade deles. Mas no geral não apresentam tantas diferenças quanto aos apartamentos brasileiros. Com exceção talvez, do banheiro.

Geralmente os apartamentos mais caros da China se encontram em cidades como Xangai, Pequim, Hong Kong, Shenzhen, entre outras, graças ao custo de vida mais elevado nesses lugares (mas não se preocupe, porque os salários nessas cidades costumam ser mais altos também).

 

Formas de pagamento

Em geral, quando o preço do apartamento é alto, o pagamento é feito como no Brasil, uma vez ao mês. Nas cidades onde o aluguel é mais barato, é muito comum o proprietário do imóvel optar por receber o pagamento a cada três meses. Assim, o inquilino guarda o dinheiro durante os três meses, para só depois ir na imobiliária pagar tudo de uma vez.

Muitas vezes o inquilino precisa pagar um dinheiro extra quando vai se mudar para o apartamento, como garantia pela quebra de algum móvel e/ou eletrodoméstico já presente no apartamento. Além disso, antes de se mudar, não necessariamente o inquilino precisa contactar a imobiliária. Muitas vezes, o proprietário do imóvel fica com uma cópia da chave, e tem acesso ao imóvel, diferente do que ocorre no Brasil, onde apenas a imobiliária tem acesso.

 

Compra de imóveis na China

De acordo com a legislação chinesa, quando uma pessoa compra qualquer imóvel, não importa se é um apartamento ou uma casa, o que a pessoa está comprando é o direito de posse, e não a propriedade do imóvel, que é mantida pelo governo chinês. Em outras palavras, você pode fazer o que bem entender com o imóvel, sem precisar dar satisfações a ninguém, mas o espaço onde ele se encontra pertence ao governo chinês. E 70 anos após a compra, o imóvel passa de fato para as mãos do governo.

Este fator, aliado ao fato de que a maioria dos estrangeiros que moram na China não planejam morar a vida inteira no país, faz com que a procura pela compra de imóveis na China seja muito menor do que o aluguel de imóveis. Por isso demos aqui uma atenção maior ao aluguel de imóveis na China, e não à compra. Para mais informações, veja o vídeo Apartamentos na China, da nossa série no Youtube, A China é Assim.

 

Vídeo ” Apartamentos na China “


Por Gabriel Condi, diretamente de Wuhan, Hubei, China


Veja Também


Deixe seu comentário