BLOG

Alíquota zero de importação de produtos hospitalares é prorrogada

lista covid

Chamada de “lista covid“, após o início da pandemia, o Governo Federal reduziu o imposto de importação de produtos da área de saúde. Dentro da lista, estão itens como: máscaras, luvas, insumos de medicamentos, e outros equipamentos hospitalares.

A lista covid é temporária, e estaria em vigor em até dia 30 de junho deste ano. Porém, a Camex (Câmara de Comércio Exterior) anunciou a prorrogação desses itens até o final de 2022.

Além dos mais de 600 itens presentes na lista, a Camex acrescentou mais 13 itens. De acordo com a Câmara, a alteração foi feita a pedido do Ministério da Saúde.

No início deste mês, as principais entidades médicas do país enviaram para o Governo Federal um alerta sobre a baixa quantidade de medicamentos, sendo eles: dipirona; neostigmina; atropina; amicacina e ocitocina.

Em combate ao Covid-19, a redução do imposto de importação tem como objetivo o país não sofrer um desabastecimentos de itens essenciais.

Importadores que planejaram e importaram itens como máscaras, luvas, dentre outros produtos da área médica, tiveram sucesso nas suas operações, e um alto fluxo de vendas, por conta da demanda do covid-19.

 

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter

#MAIS ARTIGOS

cigarro eletrônico

Importação de cigarro eletrônico tem proibição mantida pela Anvisa

Importação empresarial a solução para o seu preço

Importação Empresarial: Como tornar meu negócio importador?

China investe em logística para destravar negócios pendentes