Outubro 18 2017

O Victoria’s Secret Fashion Show 2017 será sediado em Shanghai

Posted by Victor Fumoto

O Victoria’s Secret Fashion Show 2017 é, com certeza, um dos maiores eventos de moda do mundo e será realizado no maior símbolo chinês de modernização e desenvolvimento: a cidade de Shanghai!

 

victoria's secret

O desfile da Victoria’s Secret de 2016 foi assistido por mais de 1,4 bilhões de pessoas

 

O desfile anual da grife de lingeries, considerada a mais conhecida em todo o mundo, terá como sede de 2017 a maior cidade chinesa e acontecerá no dia 28 de novembro, demonstrando a importância da China para as grandes marcas mundiais, uma vez que o desfile nunca antes havia sido realizado no Oriente. Em anos passados, o Victoria’s Secret Fashion Show aconteceu principalmente em Nova Iorque, mas também em Miami, Los Angeles, Londres e Paris.

O evento, além de atrair os olhos de mais um bilhão de pessoas em mais de 190 países, significará para China uma grande oportunidade de receber ainda mais investidores, dada a incrível movimentação das mídias e das pessoas diante do evento.

 

A movimentação global atraída pelo desfile da Victoria’s Secret

Durante a terça-feira, dia 28 de Novembro de 2017, aproximadamente 1/5 do mundo estará com seus olhos voltados para a cidade de Shanghai e esse era justamente o objetivo do governo chinês ao entrar na forte disputa para sediar o anual desfile da Victoria’s Secret.

 

victoria's secret

Aproximadamente 1/5 do mundo estará com os olhos voltados para a cidade de Shanghai

 

Nos dias próximos ao evento, a movimentação promoverá muita atenção da mídia, trazendo para a cidade dezenas de empresas que representam as mídias de mais de 190 países diferentes, muitas pessoas e, principalmente, muita exposição à nível global; consequentemente o Victoria’s Secret Fashion Show 2017 será uma vitrine gigantesca para milhares de investidores que podem se interessar na China, ou até mesmo reforçar o intuito de entrarem no mercado chinês.

 

Ainda mais visibilidade para Shanghai

Não foi uma grande surpresa a escolha de uma cidade chinesa com sede do desfile deste ano, uma vez que o anúncio do resultado da cidade escolhida foi feito logo após a marca ter inaugurado as suas duas primeiras lojas na China, incluindo uma loja modelo em Shanghai, no início de fevereiro, e mais quatro a serem abertas até ao final do ano. Fica claro, portanto, quanto o Victoria’s Secret Fashion Show pode transformar-se em um grande centro de visibilidade para o país que sedia o sedia.

 

victoria's secret

As duas primeiras lojas em território chinês foram inauguradas durante a semana do resultado do casting para o desfile

 

O Victoria’s Secret Fashion Show 2017 representa a consolidação chinesa no cenário internacional para as grandes marcas de todo o mundo, pois será o único desfile da grife feito na parte oriental do mundo!

Tanta visibilidade será capaz de atrair ainda mais investimentos para o país que se mostra cada vez mais consolidado no mercado internacional, além de fomentar, ainda mais, a exploração do vasto mercado interno a ser explorado pelas empresas que estejam dispostas a negociar com o governo chinês e oferecer bons negócios e oportunidades para o país; uma vez que as grifes têm conquistado cada vez mais o gosto dos chineses, alterando, inclusive, o conceito de moda das pessoas na China.

 

O crescente mercado de moda na China

É comum, no Brasil, o costume de pensar que toda etiqueta com a escrita “made in China” é sinônimo de produtos baratos e de baixa qualidade, principalmente no tocante à moda. No entanto, a verdade é que o rápido crescimento econômico do país nos últimos anos fez com que os consumidores chineses com alto e médio poder aquisitivo se tornassem ávidos por artigos de luxo e moda de alta costura. Dessa forma, os mercados na China se adaptaram e passaram a atender a esse público, oferecendo cada vez mais produtos exclusivos e de alta qualidade para dezenas de milhares de pessoas nas cidades chinesas.

 

victoria's secret

A China é o segundo maior mercado de produtos de luxo do mundo

 

Há alguns anos, antes da inauguração das lojas da Victoria’s Secret, durante a década de 1990, as primeiras grifes mundiais começaram a se instalar nas cidades de Hong Kong, Pequim e Shanghai. Porém, atualmente, toda cidade chinesa desenvolvida possui lojas de grifes internacionais renomadas espalhadas pelos melhores bairros e distritos.

Cada vez mais os gigantes da moda enxergam a China como um dos mercados de maior potencial no mundo. Segundo uma pesquisa realizada por ONG americana especializada em análise de consumo de luxo em todo o mundo, a China é o segundo maior mercado de produtos de luxo do mundo, e, até o fim de 2017, será o primeiro, demonstrando o quanto a maneira que a cultura chinesa assimilava os produtos que vinham de fora mudou.

 

Uma oportunidade para os investidores

Fica claro, portanto, que o desfile da Victoria’s Secret desse ano será, acima de tudo, um grande investimento do governo chinês na busca de ainda mais países e empresas interessados no país, além de atrair uma imensa visibilidade incomum até mesmo para os eventos mundiais que acontecem todos os anos, atingindo incríveis 20% da população mundial, sem contar ainda todo ganho no setor do turismo que a cidade de Shanghai receberá nos dias próximos ao desfile.

E você, está pronto para o desfile? Acha que o Victoria’s Secret Fashion Show 2017 beneficiará a China? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários!

 

Por Lucas Fortes Mulati, diretamente de Rio Verde, GO, Brasil

Fontes: Portuguese.People, ChinaChicBlog, Vogue

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +