Setembro 13 2016

Guia turístico de Shanghai

Posted by Gabriel Condi

Já falamos algumas vezes de Shanghai,  ou como falado no português, Xangai. Essa cidade é conhecida como uma metrópole internacional e centro de grande influência comercial, financeira e tecnológica do Leste Asiático. Mas ainda não comentamos as riquezas de Shanghai como cidade turística. Shanghai tem a mistura perfeita entre o moderno e o tradicional, o ocidental e o oriental, enormes arranha-céus rodeados por residências no estilo clássico Shikumen.

de Shanghai

Vista do atual centro financeiro de Shanghai, Pudong.

A cidade

Algumas coisas que você precisa saber sobre Shanghai é que ela é a maior cidade chinesa, possui aproximadamente 24 milhões de habitantes e fica localizada na costa central da China, na foz do rio Yangtze. Primeiramente uma vila de pescadores e tecelões, Shanghai ganhou importância no século XIX devido à sua localização portuária favorável e grande potencial econômico, após ter sido tomada pela Inglaterra com a vitória na Guerra do Ópio, e sendo obrigada a abrir seu comércio aos países ocidentais, incluindo o tráfico de ópio. Nessa situação, Shanghai já se tornou o maior centro comercial do Extremo Oriente. Atualmente, a cidade é dividida pelo Rio Huangpu, um afluente do rio Yangtze e tem seu centro histórico, Puxi, localizado à oeste do Huangpu, enquanto o novo centro financeiro, Pudong, vem crescendo na margem leste do rio.

Puxi

de Shanghai

O Bund e o centro velho de Shanghai com arquitetura ocidental, atrações de Xangai imperdíveis.

Com certeza, um dos primeiros lugares a visitar assim que colocar o pé em Shanghai é Puxi, pois é lá que você encontra a vista mais famosa de Shanghai, o Bund! Em chinês Zhongshan Dong Yi Lu, o Bund encontra-se entre duas pontes do Rio Huangpu e é um dos lugares com mais turistas e possui 26 prédios de diferentes tipos arquitetônicos incluindo gótico, barroco, romanesco, clássico e renascentista.

Durante a invasão britânica, foi em Puxi, próximo ao Bund, que foram construídos os grandes prédios com os estilos arquitetônicos ocidentais, bancos, grandes empresas e jornais e a maioria dos consulados de outros países, tornando esse o maior centro financeiro, político, econômico e cultural do Leste Asiático. Portanto, estando em Puxi, você terá uma linda visão dos arranha-céus mais modernos da China ao mesmo tempo que somente virando seu corpo 180º, você terá uma visão dos prédios mais clássicos que representaram outro grande período importante da cidade. É uma visita obrigatória!

Rua Nanjing (Nanjing Lu)

de Shanghai

Rua Nanjing, uma das principais atrações de Shanghai.

A Rua de Nanjing são quase 5km de rua comercial que começa no Bund. Repleta de lojas de todos os tipos, é um destino imperdível que atrai milhares de compradores estrangeiros e chineses também. Também possui diversos teatros, hotéis e restaurantes. É praticamente um shopping a céu aberto, e fornece também um trem turístico com um passeio confortável pela rua.

Porém, um museu imperdível que fica na Rua Nanjing, mais conhecida como Nanjing Lú, é o Madame Tussaud. O famoso museu de cera com sede em Londres e mais 13 filiais em diversos países, tem uma de suas filiais em Shanghai com algumas esculturas exclusivas da China, como o velocista chinês Liu Xiang e a mergulhadora Guo Jingjing, figuras brasileiras como Ronaldinho e Ayrton e Senna, além de ter as pessoas mais famosas no mundo todo, como Marilyn Monroe, Jackie Chan, Michael Jackson e muitos outros para você tirar fotos e garantir a diversão.

de Shanghai

Algumas das esculturas de cera do Madame Tussaud em Shanghai.

Pudong

Em Pudong temos diversos arranha-ceús dos mais modernos da atualidade. Um deles é o Shanghai World Financial Center (SWFC), concluído em 2008, e que foi por muito tempo o segundo arranha-céu mais alto da china, com 101 andares, é muito conhecido por sua semelhança com um abridor de garrafa. Além de salas comerciais, possui um hotel incluso e os últimos andares são para passeio e turismo, possíveis através da compra de ingressos para liberar a entrada no prédio. No salão de turismo há um corredor de 55 metros com chão de vidro para os mais aventureiros tirarem fotos de uma maravilhosa vista de Shanghai junto com a adrenalina de ver quase 500 metros abaixo de seus pés.

Outro arranha-céu famoso é o Oriental Pearl TV Tower, uma das mais altas torres de TV e rádio do mundo, também oferece ingressos para a entrada no prédio e a visualização de grande parte da cidade de Shangai através dos últimos andares. O que chama mais atenção é sua arquitetura bem diferente e chamativa, vale a pena ter no seu álbum de viagens.

de Shanghai

Oriental Pearl Tv Tower ao lado do Shanghai World Financial Center em Pudong, principal vista de Xangai.

Jardim Yuyuan (Yuyuan Garden)

Jardim Yuyuan é um jardim clássico famoso localizado em Anren Jie, Xangai. Foi terminado em 1577 por um funcionário do governo da dinastia Ming chamado Pan Yunduan. Yu em chinês significa agradável e gratificante, e este jardim foi construído especialmente para os pais de Pan, como um lugar para eles desfrutarem de um momento tranquilo e feliz na sua velhice. Nos 400 anos de existência, Yuyuan Garden sofreu muitas degradações e reconstruções, sendo que o jardim atual é resultado de um projeto de restauração que começou em 1956.

de Shanghai

Vista de uma das paisagens do Yuyuan Garden, um dos pontos turísticos de Xangai.

Com diversos pavilhões, salas, jardins ornamentais, lagoas e claustros, cada um com características únicas, o verdadeiro tesouro do local é o Exquisite Jade Rock. É uma das três mais famosas rochas da região sul do Rio Yangtze, com 3,3 metros de altura e 72 buracos. O que é interessante sobre esta pedra é que se você queimar um incenso logo abaixo da rocha, a fumaça vai magicamente flutuar para fora de todos os buracos. Da mesma forma, quando você derramar água na rocha, a água vai fluir para fora de cada orifício criando uma vista espetacular.

Zoológico de Shanghai

Imagina ir até a China e nem ver o maior símbolo do país! Não tem como né?! Por isso mesmo você deve visitar o zoológico de Shanghai, onde você poderá ver os ursos pandas numa área reservada somente para eles, e ainda muitos outros animais como macacos dourados, tigres do Sul da China, tigres da Manchúria, jacaré-da-china, alces, cangurus, puma, panda vermelho, e outros animais mais comuns como girafa, pinguim, hipopótamo, diversas aves, leão marinho e avestruz.

Museu de Tecnologia e Ciência

de Shnghai

Entrada do Museu de Tecnologia e Ciência de Shanghai.

O Museu de Tecnologia e Ciência de Shanghai visa oferecer aos visitantes uma experiência única na disciplina científica moderna sob o tema “Natureza, Pessoas e Ciência”. Ele é composto por um piso térreo e quatro andares, os quais sobem em uma espiral, simbolizando o progresso científico, além de ter uma esfera de vidro enorme incorporado em uma piscina de água clara que dá o tema da vida renovada.

O Museu possui diversas exposições interativas, shows, atividades divertidas, experiências físicas e diferentes. Dentre elas estão:

– O Mundo dos Robôs, que oferece a oportunidade de jogar com um robô, cantar karaokê enquanto um outro robô toca piano ou obter um retrato através de um robô pintor, ao mesmo tempo em que outros robôs curiosos executam danças e performances no teatro;

– O Mundo Animal: mostra diversas espécies de animais atuais e os já extintos também;

– Pesquisas Espaciais: oferece a chance de executar alguns experimentos relacionados com o espaço, como a sensação de leveza ou realizar alguns dos exercícios praticados por astronautas.

Disney de Shanghai

de Shanghai

O maior castelo de todos os parques da Disney, localizado na Disney de Shanghai.

Recém inaugurado, a Disney de Shanghai é a mais nova atração da cidade. Possui o castelo mais alto dos parques da Disney, combina personagens dos filmes famosos com elementos chineses, e possui seis atrações temáticas, sendo elas: a Avenida do Mickey, Os Jardins da Imaginação, a Ilha da Aventura, Tesouro Escondido, Terra do Amanhã, e Terra da Fantasia. E como qualquer outro parque da Disney, vale muito a pena a visita, não?

Zhujiajiao, Suzhou e Hangzhou

de Shanghai

Gôndolas em Zhujijiao, a Veneza chinesa.

Essas são três das cidades turísticas que ficam muito próximas de Shanghai e que valem a pena conhecer. Zhujiajiao é a Veneza chinesa. Com uma hora de distância do centro de Shanghai e uma história de 1700 anos, é uma cidade onde o meio de transporte é o barco e as casas são construídas na beira do rio. É a mais bem preservada das cidades antigas de Shanghai e tem como atração principal “se perder” nos canais enquanto admira as mais detalhadas pontes construídas durante as dinastias Ming e Qing.

Suzhou é muito parecida com Zhujiajiao. Também rodeada por canais, e tendo o barco como um dos meios de transporte, se torna uma cidade de 2500 anos encantadora. Tem como principais atrações os diversos jardins próximos aos rios e a torre Tiger Hill.

de Shanghai

Torre Tiger Hill em Suzhou, uma das mais famosas vistas de Xangai.

Hangzhou foi a capital da China cerca de 800 anos atrás. É considerado patrimônio cultural da humanidade e possui diversos entretenimentos como templos, parques, comércio local e o Lago do Oeste, principal atração da cidade. Inclusive o Lago do Oeste, West Lake ou Xīhú é a imagem da nota de um yuan chinesa. Suzhou e Hangzhou também são conhecidas pelas cidades da seda chinesa; lá é possível você encontrar todas as estampas possíveis, aproveite para fazer as compras!

de Shanghai

Uma das vistas do grandioso West Lake em Hangzhou.

Portanto, caso tenha negócios para fazer em Shanghai, ou estudos, não deixe de visitar todas essas maravilhas que a cidade oferece e que com certeza te deixará encantado.

 

Por Barbara Laplaca, diretamente de São Paulo, SP, Brasil.

Fontes: Travel China GuideViajei Bonito

Gostou desse artigo? Então veja muito mais em nossa página do Facebook, em nosso blog e em nosso site.