Março 14 2018

Suzhou: A combinação de modernidade e tradição na Veneza Oriental

Posted by Victor Fumoto

Ao olharmos imagens da cidade de Suzhou, na China, ficamos maravilhados com a beleza do local e com os detalhes de cada paisagem, que trazem um charme especial para a cidade e despertam um maior interesse pela cultura chinesa.

 

Suzhou

A beleza única da Veneza do Oriente.

 

Contudo, mesmo as imagens mais ricas em detalhes não são capazes de mostrar todas as experiências que podem ser vividas em Suzhou, a qual, apesar de ter se rendido a modernidade trazida pelo crescimento urbano, mantém os pontos históricos da cidade e a longa tradição da mesma. Porém, em qual região chinesa está localizada essa cidade? Qual é a história e a importância de Suzhou? Quais os pontos de visitação? Confira abaixo!

 

A História de Suzhou

A cidade de Suzhou, considerada a Veneza do Oriente, devido ao fato de ter 42% de sua área coberta por água, incluindo uma grande quantidade de lagoas e canais, foi construída em 514 A.C.  e tem mais de 2.500 anos de história e diversos pontos de interesse.

Ao longo da história, Suzhou foi considerada sinônimo de alta cultura e elegância. Logo, gerações de artistas, estudiosos, escritores e da alta sociedade na China, foram formadas pelos modos requintados de arte e pela beleza dos jardins da cidade.

 

Suzhou e os seus famosos jardins

A tradição de Suzhou é claramente exposta na sua relação especial com os jardins, que são a principal atração da cidade, e uma excelente combinação de rochas, água, árvores e pavilhões, que refletem a valorização chinesa do equilíbrio e da harmonia.

Os jardins estão distribuídos em grande quantidade pela cidade e têm uma boa fama devido à beleza natural e à construção harmoniosa, pois, de acordo com o ditado: “Jardins ao sul do rio Yangtze são os melhores do mundo, e os jardins de Suzhou são os melhores entre eles”. Assim, entre os mais de 60 jardins que são mantidos na cidade, alguns foram listados como patrimônio mundial.

Entre os diversos jardins da cidade, pode ser visitado o The Master of Nets Garden, que tem uma longa história e beleza que não se esgota com o tempo.

 

Suzhou

The Master of Nets Garden.

 

O jardim supracitado é dividido em três seções, as quais são a residencial, o jardim principal central e um jardim interior. No jardim principal há uma grande lagoa, que é cercada por caminhos e também conta com uma variedade de edifícios, que estão disponibilizados de modo que não haja a sensação de aglomeração, mas sim de espaço.

Também há o Lingering Garden, que ocupa uma área de cerca de 23.300 metros quadrados, e é um dos quatro jardins mais famosos da China, também considerado patrimônio mundial, e possui uma história de mais de 400 anos.

 

Suzhou

Lingering Garden.

 

O Lingering Garden busca criar paisagens naturais deslumbrantes dentro de um espaço limitado, onde estão incluídos os domicílios, templos ancestrais e jardins privados. Em tal jardim, os edifícios, as árvores e as flores se misturam harmoniosamente com os arredores.

 

Suzhou

Lion Grove Garden.

 

Ademais, pode ser destacado o Lion Grove Garden, que foi construído em 1342 e, com a sua área de aproximadamente 1,1 hectares, é um lugar ideal para o turismo, pois tem incríveis pavilhões e torres em diferentes estilos e com histórias próprias.

 

Pontos turísticos de Suzhou

Apesar das belezas a da tradição dos jardins em Suzhou, a cidade também conta com diversos outros pontos turísticos, que possibilitam uma experiência especial aos visitantes, e mostram a beleza e cultura dessa região.

Entre tais pontos, está Shantang Jie, que é uma rua bem antiga com um charme diferenciado, a qual é cercada por rios e pequenas pontes e conta, ainda, com diversos barcos de madeira à deriva, que levam os visitantes para passeios com passagem em várias residências e lojas à beira do rio. Logo, a famosa rua, que fica especialmente encantadora durante a noite com a iluminação das tradicionais lanternas vermelhas, é um lugar onde se pode experimentar todos os tipos de lanches locais e adquirir várias lembrancinhas.

 

Suzhou

 

Para os turistas interessados em história, há o rico Museu de Suzhou, que tem mais de 15 mil peças em coleções que incluem pintura antiga, caligrafia, cerâmica, artesanato, relíquias descobertas e revolucionárias, em uma área de exibição de 2.200 metros quadrados. Ademais, o museu possui mais de 70 mil livros e documentos.

 

Suzhou

A beleza arquitetônica do museu da cidade.

 

Também pode ser destacada a Guanqian Street, uma rua antiga com 760 metros de comprimento, localizada no centro de Suzhou, e considerada uma atração por misturar negócios, cultura, religião, lojas e comidas chinesas.

 

Locais modernos da cidade

A cidade de Suzhou, com fama no comércio da seda, tornou-se uma cidade central da zona econômica do Rio Yangtze, dada a alta contribuição para o PIB da China.

Logo, apesar da tradição da cidade e da sua história, a mesma também se modernizou ao longo do tempo e possui diversos pontos de visitação que oferecem uma variedade de atividades. Assim, o turista pode ir ao belíssimo e moderno shopping chamado Suzhou Center, ou visitar o Suzhou Ferris Wheel, que é um parque com uma bela roda gigante, que tem uma linda vista e brinquedos para crianças.

 

Suzhou

Suzhou Ferris Wheel durante a noite.

 

Ademais, o visitante pode ir ao Moon Harbor, que fica no Suzhou Industrial Park, e conta com muitos restaurantes e cafés às margens do Lago Jinji, que, juntamente com o Portal do Oriente, possibilitam uma bela vista.

 

Suzhou

 

Portanto, a cidade de Suzhou tem uma beleza que permanece ao longo da história e, apesar de se modernizar, continua tendo o mesmo charme especial que a caracterizou como Veneza do Oriente, atraindo, assim, diversas pessoas para região.

E aí, o que achou de Suzhou? Para mais dicas, fique ligado no blog!

 

Por Pedro Mochiatti Guijo, diretamente de Marília, SP, Brasil

Fontes: China na Minha Vida, Travel China Guide, Lonely Planet

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +