Conheça Shenzhen e a fábrica da China responsável por 90% dos eletrônicos do mundo

Conforme o plano de investimentos estabelecido pela China, o Belt and Road Initiative (BRI), também conhecido em português como “a nova rota da seda”, o Brasil tem sido o principal foco de investimentos localizado na América Latina devido ao fato do território brasileiro ser o mercado mais abrangente do continente. Desta forma, a instalação de fábricas da China no Brasil tem sido um dos objetivos do país asiático, especialmente porque o Brasil tem demonstrado ser um oportuno mercado em diversos setores, incluindo o setor automotivo.

            A instalação de fábricas da China ao redor do mundo tem sido bastante comum para diversos países pois o desejo dos consumidores em adquirir produtos de boa qualidade, com tecnologia avançada e um custo bem mais acessível tem sido crescente.

Shenzhen, uma das maiores e mais importantes cidades da China, localizada na província de Cantão, tem se tornado mais popular por ser a localização de importantes fábricas da China, como por exemplo, a fábrica da Foxconn. Você ficou interessado por Shenzen e as fábricas da China localizadas nesta cidade? Deseja inclui-las em suas negociações? Leia este artigo e descubra algumas curiosidades para a importação de produtos fabricados pela Foxconn!

 

Conheça um pouco do histórico de Shenzhen

Recentemente, Shenzhen foi denominada como a terceira maior cidade da China, logo após de Xangai e Pequim. Considerando vários aspectos, a cidade de Shenzhen é mundialmente conhecida como o ponto de partida da rota da tecnologia, especialmente por ter sido e Zona Econômica Especial (ZEE) pioneira na China, viabilizando o primeiro o experimento que forneceu à nação chinesa seu primeiro milagre econômico. No entanto, antes de receber o nome de ZEE, no ano de 1979, Shenzhen era um porto de pesca com cerca de 300 mil habitantes.

 

Fabrica-da-china1
O ponto de partida da rota tecnológica. Fonte: Notícias UOL

 

De acordo com um estudo do governo da província de Guandong, estima-se que cerca de 30 bilhões de dólares foram investidos em Shenzhen, apenas por companhias estrangeiras, desde que a cidade tornou-se uma ZEE. Nos dias atuais, Shenzhen abriga mais de 15 milhões de habitantes, principalmente pela localização das fábricas da China na cidades e, também, devido à migração de trabalhadores do interior da China, como por exemplo, os filhos de agricultores de subsistência que mudam para a cidade com o intuito de viver um futuro melhor e próspero.

Shenzhen tem provado que os investimentos do exterior e produção terceirizada podem ser atraídos em larga escala, porém os impostos e também os custos de mão-de-obra devem ser baixos.

 

Uma das mais importantes fábricas da China: Foxconn

 

Fabrica-da-china2
Foxconn: A fábrica mais popular de Shenzhen. Fonte: The New York Times

 

A fábrica de Foxconn possui a dimensão de uma cidadezinha e conta com aproximadamente meio milhão de funcionários. Trata-se da maior e mais conhecida fábrica da China localizada ao redor de Shenzhen. A fábrica de Foxconn tem sido a responsável pela produção de aproximadamente  90% dos aparelhos eletrônicos vendidos ao redor do cenário mundial, como por exemplo, a vasta maioria dos iPhones e PlayStations. Além disso, as fábricas chinesas localizadas em Shenzhen, inclusive a Foxconn, também são as responsáveis pela produção dos brinquedos com custo mais baixo e acessíveis, carregadores e adaptadores e de celulares de diversas marcas e modelos.

Sendo uma das mais famosas fábricas da China, a Foxconn, também apelidada por seus moradores locais como a iPod City, conta com um conjunto de construções que forma a unidade fabril reúne 15 galpões responsáveis por várias linhas de produção, além de prédios-dormitórios, silos de armazenamento de peças e áreas de lazer, como piscina, quadras de esporte, refeitórios e supermercados. Além disso, os moradores da iPod City tambem têm acesso a um canal exclusivo de televisão, intitulado como Foxconn TV, que transmite sua programação para um milhão de trabalhadores espalhados pela China continental.

 

Novos direcionamentos de Shenzhen para futuras negociações

Dado o exposto, tudo indica que a demanda global por aparelhos eletrônicos vai aumentar dia após dia, não tendendo para o desaceleramento. As fabricas da China também tendem a expansão, principalmente com os investimentos chineses encorajando novos mercados na África e no sul da Ásia.

 

Fabrica-da-china3
Os investimentos chineses na África e no sul da Ásia. Fonte: Danquah Institute

 

Atualmente, a visão dos responsáveis pelas fábricas da  China em Shenzhen está mudando. Estes não estão mais preocupados apenas com a produção barata, mas também com a inovação tecnológica dos produtos. Diante disso, Shenzhen poderá se tornar uma megacidade global, melhorando os padrões de vida da população e dos trabalhadores das fábricas da China e, ao mesmo tempo, reter a flexibilidade.

Em suma, Shenzhen futuramente será conhecida como a cidade focada no empreendedorismo, não vinculada a um crescimento parasitório por conta da produção local, mas sim um centro de inovações tecnológicas produzidas pelas populares, inovadoras e confiáveis fábricas da China.

 

Por Laura Mochiatti Guijo, diretamente de Ottawa, ON – Canadá.

Fontes: MotherBoard, Exame Abril, China Link Trading, Estadão, Notícias UOL, The New York Times, Danquah Institute

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário