Setores chineses que podem continuar se desenvolvendo em 2019

A economia mundial, de um modo geral, está desacelerando recentemente. O PIB mundial tem uma previsão menor do que nos últimos anos. Tal fato se deve às crescentes tensões comerciais e as mudanças políticas entre os países que afetam drasticamente diante das situações.

Em relação à China, a situação não é diferente. Como já visto durante os últimos meses, a guerra comercial contra os EUA tem causado vários problemas econômicos nesse sentido desde o ano passado, quando o crescimento da economia chinesa em 2018 apresentou números abaixo do esperado em comparação a 2017.

 

Fonte: Sputnik News

 

Com essa preocupação de crescimento semelhante a períodos próximos da crise de 2008, a China inicia o ano com a informação de que o PIB crescerá cerca de 6% a 6,5% e com a preocupação política por parte do partido Chinês de manter a estabilidade por inúmeros motivos econômicos mas alguns relacionados à própria China como a comemoração do sistema econômico que faz 70 anos neste ano além de outras datas importantes.

Entre as principais políticas tomadas neste ano está a política fiscal proativa que tem como objetivo a implementação de cortes de impostos e redução de tarifas em grande proporção em produtos que variam desde minérios até medicamentos e motores. Uma outra questão é que o governo chinês estará disposto a estimular alguns aspectos da economia como forma de política pública para que a desaceleração não seja tão brusca.

Nesse sentido, preparamos informações sobre alguns setores chineses que mesmo com o quadro atual, serão os principais beneficiados das políticas fiscais chinesas e que vão proporcionar um grande investimento e desenvolvimento na área.

 

Setor de serviços

O setor de serviços é um campo muito amplo que envolve o comércio, turismo e lazer, educação, restaurantes, hospitais, bancos e consultoria, transportes, corretagem de imóveis, manutenções, atendimento em geral, serviços administrativos, jurídicos e marketing. Este setor é correspondente à metade do Produto Interno Bruto da China e o seu aumento normalmente está ligado a políticas favoráveis e o desenvolvimento econômico.

 

Fonte: Sescapldr

 

Este é um setor muito lucrativo e bem abrangente, o que promove um acesso fácil e um bom lugar para investimentos. De acordo com dados recentes, o setor de serviços teve uma sequência de bons números em meio a esta crise, apenas com uma leve queda em fevereiro.

Em uma comparação com os demais países, o setor de serviços é cerca de mais de 70% do PIB, o que significa uma política de investimento nova por parte da China nesse setor que só ocupa 15% da atenção da indústria, enquanto o restante da porcentagem é voltado para a manufatura e agricultura. Por ser um setor tão essencial e que precisa de mais atenção, o setor de serviços pode se tornar muito atrativo para os negócios e que não será poupado nessa desaceleração da economia.

 

Setor de cuidados

A China é o país com mais pessoas no mundo, o que torna as questões de mortalidade e natalidade ainda mais importantes no que tange às políticas públicas chinesas. A expectativa de vida de um chinês aumentou nos últimos anos e é cerca de 75 anos hoje. Nesse sentido, o setor de cuidados se torna muito importante para os investimentos chineses

 

Fonte: Rodosoft

 

Em dados referentes ao ano de 2018, os fundos arrecadados do setor da medicina foram investidos principalmente no setor farmacêutico que arrecadou cerca de 21,3 bilhões de yuans, além do setor biotecnológico com 11,1 bilhões de yuans. As políticas do estímulo do governo ajudaram muito, em conjunto com as políticas públicas e a demanda da população em relação à saúde.

Crescendo cerca de 78% em 2018, o setor da saúde tende a continuar investindo pelo menos o mínimo para a atender a população e aumentar a expectativa de vida, o que pode tornar o setor um bom lugar para investimentos.

Setor tecnólogico

O setor tecnológico é, de modo geral, um dos mais importantes para o crescimento de um país no nível nacional e também internacional. O desenvolvimento de tecnologias é o que torna um país desenvolvido por que a invenção e venda das mesmas gera muito lucro. Na China, o caminho do desenvolvimento tecnológico se expandiu muito, que fez com ela passasse a atender diversas áreas desse setor.

 

Fonte: NSC

 

Computadores, celulares, cartuchos, impressoras são só alguns produtos que fazem parte desse desenvolvimento. A cada ano a China deixa de produzir produtos com pouca sofisticação e passa a produzir bens tecnologicamente superiores, o que faz desse ramo um espaço muito atrativo para os investimentos e para ter negócios com a China já que por mais que o país esteja passando por um desaceleração na economia, o governo não medirá esforços para estimular e desenvolver o setor.

 

Por Barbara Pompei, diretamente de Marília – SP

Fontes: G1, Folha, UOL

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário