July 25 2018

Portos chineses: conheça os principais

Posted by Ana Yamashita

A China é a segunda maior economia do mundo, logo atrás dos Estados Unidos. O seu rápido crescimento econômico experimentado nas últimas décadas deveu-se ao processo de abertura econômica do país ao capitalismo. A China, da economia planificada de Mao Ze Dong, transforma-se gradualmente na China da economia de livre mercado, a partir do governo de Deng Xiaoping, sucessor de Mao, durante a década de 1970. Assim sendo, o país utilizou especialmente a sua vasta mão-de-obra barata para industrializar-se e inserir-se no mercado internacional. Quando se fala em comércio exterior, uma das partes fundamentais desse campo de atuação é a logística, isto é, a infraestrutura utilizada para fazer com que o comércio ocorra. Nesse caso, nos referimos aos meios de transporte utilizados, como portos, rodovias, ferrovias e aeroportos. A China na parte de infraestrutura, e como um bom país exportador, precisa ter uma logística portuária eficiente. Este artigo trata justamente dos portos chineses.

 

portos chineses

 

Quais são os principais portos chineses?

Para começar, porto em mandarim pronuncia-se Gǎngkǒu (港口), ou simplesmente gǎng. Há muitos portos chineses, cerca de 2000, sendo que destes, 130 estão abertos para operações com navios estrangeiros. Dos principais portos chineses, destacam-se em relação ao tamanho e ao volume de operações os portos de Dalian, Guangzhou, Nanjing, Ningbo, Qingdao, Qinhuandao e Shanghai. O Porto de Shanghai é considerado o mais movimentado do mundo em operações comerciais. Além desses portos, temos também os de Hong Kong e Macau, que se localizam em regiões administrativas especiais, com certa autonomia em relação ao governo de Beijing.

 

Portos chineses

 

Porto de Shanghai

O porto de Shanghai foi aberto em 1842, após a Primeira Guerra do Ópio. Neste conflito, a China lutou contra o Império Britânico e perdeu, sendo obrigada a assinar um tratado que concedia privilégios comerciais à Inglaterra, além de ser obrigada a abrir cinco portos ao comércio internacional, efetivando o fim da política isolacionista da China imperial. O porto de Shanghai chamou a atenção dos britânicos pela sua posição estratégica, pois fica na foz do rio Yangtsé, também conhecido como Rio Azul, o mais longo da Ásia. Por isso, os europeus escolheram esta cidade e o seu porto como um centro de operações comerciais com a China imperial. Desde a sua fundação, o porto de Shanghai foi um dos mais movimentados dos portos chineses e foi, além de um grande centro comercial, uma porta de entrada da cultura ocidental para a cidade e a China como um todo, o que ainda pode ser sentido na arquitetura de Shanghai. Este porto serve como escoadouro da produção manufaturada e agrícola das províncias de Anhui, Jiangsu, Zhejiang e Henan. Desde 2010, ele é considerado o porto mais movimentado do mundo em relação ao volume de cargas transportadas, ultrapassando o porto de Cingapura.

 

Porto de Shenzhen

Shenzhen é onde está localizado o escritório da China Link Trading na China. Localizada na província de Guangdong, fica próxima à Hong Kong. Shenzhen é uma das cidades que mais se desenvolveu com a abertura da economia chinesa, sendo sede de muitas multinacionais. Também se localiza um dos portos chineses mais movimentados da Ásia.

 

Porto de Guangzhou

Guangzhou, também conhecida como Cantão, é famosa no mundo inteiro pela “Canton Fair” ou Feira de Cantão, um dos maiores eventos de negócios do mundo. Seu porto tem uma história, pois até a Primeira Guerra do Ópio era o único porto permitido pelo governo imperial a fazer negócios com estrangeiros.

 

Porto de Hong Kong

Hong Kong, ou Xiang Gang, como é chamado em Mandarim, foi uma ex-colônia britânica, cedida depois da derrota chinesa na Primeira Guerra do Ópio. Além de ser um dos principais centros financeiros da Ásia, possui um dos portos chineses mais movimentados, em relação ao tráfego de navios, movimentação de cargas e número de passageiros. A grande vantagem deste porto está na sua localização, às margens da Baía Vitória, que, devido à grande profundidade de suas águas, permite receber quaisquer tipos de navios.

 

Porto de Macau

Macau, ex-colônia portuguesa, também possui um grande porto, o qual é dividido em algumas áreas. O porto exterior é destinado para embarque e desembarque de passageiros; o porto interior serve como local de carga e descarga de mercadorias. O porto Kai-Ho possui cais destinados ao transporte de combustíveis.

 

Porto de Dalian

Dos principais portos chineses, o de Dalian é o que se localiza mais ao norte, na província de Liaoning. A sua posição estratégica fez com que este porto seja um dos principais portões de entrada do comércio realizado no Oceano Pacífico, sendo um ponto de interligação entre o Círculo de Fogo, o Norte e o Leste da Ásia.

Para saber tudo sobre a China e importação, fique ligado no blog!

 

Por Victor Fumoto, diretamente de Indaiatuba, SP, Brasil

Fontes: Sites dos governos chinês, de Hong Kong e de Macau

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +