Fevereiro 10 2018

Parques Nacionais: conheça alguns dos destinos do turismo ecológico na China

Posted by Victor Fumoto

O turismo ecológico é caracterizado pela realização de atividades que promovam a vivência e o conhecimento da natureza, além da proteção das áreas onde ocorre; por isso está fundamentado nos conceitos de educação, conservação e sustentabilidade. Segundo a Organização Mundial de Turismo (OMT), 10% dos turistas do mundo buscam realizar este tipo de turismo. Na China, assim como em outros países, este segmento do turismo vem ganhando enorme destaque e cresce em maior ritmo que o turismo em massa. Diretamente relacionado com o ecoturismo, os Parques Nacionais representam áreas naturais de conservação e são símbolo representativo de uma nação.

 

parques nacionais

Parque Nacional de Huanglong durante o inverno

 

Com o objetivo de preservar grandes áreas naturais, sua fauna e flora, no final do século XIX, os Parques Nacionais foram criados, correspondendo a áreas naturais, administradas direta ou indiretamente pelo Estado, destinadas à conservação de seus aspectos naturais e culturais e sendo símbolos representativos de uma nação.

A União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN), através de sua Comissão Mundial de Áreas Protegidas, definiu Parques Nacionais, como áreas protegidas de Categoria II, definidas por: “área natural extensa de terra ou mar de grande relevância para a conservação da natureza e da biodiversidade, destinada a: (1) proteger a integridade ecológica de um ou mais ecossistemas para as gerações presentes e futuras; (2) excluir a exploração ou ocupação não ligadas à proteção da área; e (3) prover as bases para que os visitantes possam fazer uso educacional, lúdico, ou científico de forma compatível com a conservação da natureza e dos bens culturais existentes”.

 

parques nacionais

Parque Nacional de Jiuzhaigou

 

Segundo a Sociedade Internacional de Ecoturismo (TIES ou The International Ecoturism Society), o turismo ecológico é o segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista por meio da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações. Por isso, pode ser entendido como as atividades turísticas baseadas na relação sustentável com a natureza, comprometidas com a conservação e a educação ambiental.

Algumas das atividades que podem ser realizadas no âmbito do segmento de ecoturismo são: observação de fauna, que relaciona-se com o comportamento e habitats de determinados animais; observação de flora, que permite compreender a diversidade dos elementos da flora e seus usos; observação de formações geológicas e as visitas a cavernas, denominado de espeleoturismo; observação astronômica (estrelas, eclipses, queda de meteoros); mergulho livre; caminhadas; trilhas e safáris fotográficos. Por isso, os parques nacionais são destinos ideais para aqueles que querem praticar o turismo ecológico.

 

Parques Nacionais Chineses

Tendo isto em vista, que tal praticar o ecoturismo e conhecer alguns dos parques nacionais da China?Abaixo você saberá tudo o que precisa saber sobre o Parque Nacional de Jiuzhaigou e o Parque Nacional Huanglong. Em um próximo artigo, você saberá mais sobre o Parque Geológico Nacional de Zhangye Danxia e o Parque Nacional Chinês de Zhangjiajie.

 

Parque Nacional Chinês de Jiuzhaigou

Dentr os parques nacionais da China, o Jiuzhaigou, certamente, vale sua visita. O Vale Jiuzhaigou é um Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO na China. O vale ocupa mais de 72 mil hectares ao norte da província de Sichuan, na parte central da China, cerca de 1,8 mil quilômetros de Pequim, com uma grande variedade de ecossistemas de florestas.

 

parques nacionais

 

O Parque Nacional de Jiuzhaigou é uma reserva ecológica de mais de 600 km², onde situam-se diversos lagos cristalinos, cachoeiras, montanhas e pequenas florestas. Localizado no lado tibetano do país, o parque carrega um nome que, em português, significa vale dos 9 vilarejos ou vale das 9 aldeias, uma referência às pequenas vilas que existem próximas ao parque e hoje, é povoado por 7 das 9 aldeias tibetanas.

Uma de suas principais atrações é o lago das Cinco Flores, cujas águas ficam azul turquesa e transparentes em grande parte do ano. Em torno do lago, as montanhas da cordilheira de Min, durante a primavera e o verão, adquirem cores vivas, completando esta belíssima paisagem. Existem ainda o Lago do Panda, do Rinoceronte, do Tigre, do Dragão Adormecido, entre outros.

Há também a Floresta Primitiva, quase 3.000 metros acima do nível do mar, numa área de 540 hectares exibindo uma paisagem natural incrível de montanhas, árvores enormes, falésias e vários picos de aproximadamente 500 metros de altura.

O “Long Lake”, também chamado de Changhai Lake, e em português Lago Longo, cobre uma área de 930 mil m², com 4390 metros de comprimento, 200 metros de largura e 80 metros de profundidade, por isso os tibetanos o chamavam de “O lago que nunca seca”. Uma curiosidade é que nem nas épocas de chuva o nível do lago aumenta, e nem nas secas diminuem. Encontra-se ainda uma piscina natural que é alimentada por riachos subterrâneos do Long Lake, suas águas são coloridas como sugere seu nome “Five Color Pool”, Piscina das Cinco Cores.

 

Parques Nacionais

Long Lake – Parque Nacional Chinês de Jiuzhaigou

 

Além disso, no parque ainda encontram-se a catarata de Nuorilang, com 20 metros de altura; o “Reed Lake” – Lago de Cana -, um lago de pântano de 1375 metros de comprimento, todo revestido de cana e por um ribeiro com águas turquesa; além de pandas gigantes, macacos dourados e mais de 200 espécies de pássaros.

É possível ir de lago em lago, pegando o ônibus entre eles e vendo apenas o que o parque tem de mais esplendoroso ou caminhar a maior parte do tempo, conhecendo os caminhos sobre as águas, as pequenas cascatas e as peculiaridades onde os ônibus não param.

Segundo os chineses, o outono é a melhor época para visitar o parque pois está frio, mas não tanto quanto no inverno, e as folhas trocam de cor, adicionando vermelho e laranja à paleta de cores do lugar.

O parque é aberto a visitações durante o ano todo e para entrar basta comprar um ingresso. Jiuzhaigou não é exatamente um lugar muito fácil de chegar, sua principal porta de entrada é Chengdu, a capital de Sichuan. De lá, é possível pegar um ônibus ou um avião até o destino final. Da cidade de Jiuzhaigou, você pode pegar um ônibus para Huanglong e visitar o Parque Nacional Huanglong; outro destino imperdível quando falamos de parques nacionais.

 

Parque Nacional Chinês Huanglong

Também considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO, e localizado na mesma região de Jiuzhaigou, o Parque Nacional Chinês de Huanglong é famoso por suas lagoas coloridas, montanhas cobertas de neve, vales profundos e florestas densas. A área de ecoturismo de Huanglong está localizada na parte sul das montanhas de Minshan, no norte da província de Sichuan, no território do condado de Songpan, na província autônoma dos tibetanos e Qiang de Aba, que pertence à zona de transição entre a Bacia do Sichuan e a borda oriental do platô Qinghai-Tibet.

 

Parques Nacionais

Piscinas Naturais do Parque Nacional Chinês Huanglong

 

Situada a cerca de 3.500 metros acima do nível do mar, ao pé de Xuebaoding, o pico mais alto das montanhas, a colina calcificada de 3,6 km de comprimento e suas águas coloridas lembram a silhueta de um dragão, se observadas de cima, dando então o nome ao local – Huanglong – que significa Dragão Dourado.

O parque se estende por 40 mil hectares e possui mais de 3.400 lagoas, de cor e forma variadas, cuja paisagem é conhecida como Jasper Lake Under the Sky. Huanglong também é o lar de muitas espécies ameaçadas de extinção, como o panda Sichuan gigante e o macaco dourado de nariz plano.

Destino imperdível quando trata-se de parques nacionais, o lugar apresenta diversas formações geológicas que se configuram por piscinas naturais de águas quentes que se dividem em 693 terraços, formados por carbonato de cálcio; as cores da água variam de acordo com a área e a luz solar.

O principal ponto turístico de Huanglong é o Vale do Huanglong, tradicionalmente conhecido como o “Jade Pool of Earth” e “o símbolo chinês”, local sagrado para os aldeões, que se assemelha a um “dragão” para os chineses.

Além disso, na extensão do parque é possível conhecer o Lago Erdao, a Cachoeira Zhaga, a Fonte de Feicui, a Piscina Yingbin e o Templo de Huanglong. O Lago Erdao é conectado a outros lagos da região pelas cavernas subterrâneas de calcária, cuja cor da água varia com as mudanças de estações. A Cachoeira Zhaga extende-se por cerca de 5 km, e ao seu fundo há uma pedra redonda pela qual a água cai e salpica nas rochas exibindo as maravilhosas cores. Este é o lugar onde existem inúmeros animais, plantas e peixes pré-históricos fossilizados, bem preservados e intactos.

A Fonte de Feicui (Emerald) é uma das dez mais famosas da China, graças à sua propriedade medicinal, e, por isso, a população local a considera divina e não permite que ninguém a prejudique. A Ponte Fuyuan, localizada perto da fonte do rio Fujiang, é um desfiladeiro suavemente inclinado, com um comprimento de 7,5 km e uma largura de 1,5 km, onde é possível visualizar rochas amarelas claras. Anualmente uma feira folclórica é organizado neste local, na qual a multidão caminha ao redor da montanha.

 

parques nacionais

 

O primeiro a se ver ao entrar na área turística de Huanglong é o conjunto de piscinas sofisticadas, elegantes, brilhantes e belíssimas, chamado de Piscina Yingbin.  As piscinas são de diferentes tamanhos, com formas estranhas, cores magníficas, espalhadas ao acaso, e rodeadas por montanhas. A floresta é de um verde exuberante e as flores selvagens se abrem nas montanhas. Por fim, a 3,5 km do vale, os turistas podem visitar o Templo de Huanglong.

As trilhas cênicas apresentam as incríveis águas azuis. As trilhas fáceis para caminhada se estendem sobre a rocha calcificada e circundam a densa floresta; e o teleférico oferece uma vista privilegiada de toda a paisagem.

O melhor momento para conhecer Huanglong é de setembro a outubro, quando as piscinas coloridas e as folhas de bordo vermelho formam uma paisagem fantástica. O parque fecha no inverno, e no verão a temperatura máxima não excede 20 graus, ótima opção para quem quer fugir do calor das cidades. O acesso é feito por van ou ônibus fretado, a partir de Jiuzhaigou. O condado de Songpan é onde, normalmente, os turistas ficam hospedados e encontram maior infraestrutura próxima ao parque. O custo total, incluindo transportes de ida e volta de Chengdu para Jiuzhaigou e bate volta para Huanglong, hospedagem e a entrada nos dois parques fica em torno de 150 dólares.

Fique ligado que logo mais teremos a segunda parte deste artigo, na qual você poderá conhecer mais sobre o Parque Geológico Nacional de Zhangye Danxia e o Parque Nacional Chinês de Zhangjiajie.

Quer saber mais sobre a China e outros lugares para visitar? Continue ligado no blog!

 

Por Jéssica Mensalieri Amaral, diretamente de Marília, SP, Brasil

Fontes: O Eco; Quanto Custa Viajar; Volando Voy; Viaje de China; Wikipedia; PANROTAS; Cuore Curioso; O Baú do Viajante; Tá Por Onde; UAI; Blog Rastreado; G1; Viajali; Mila Pelo Mundo; Mochilaremos

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +