Pandas Gigantes: salvos da extinção?

Os pandas gigantes são provavelmente o mais conhecido representante da fauna chinesa, sendo uma das espécies mais adoradas ao redor do mundo. Entretanto, esses simpáticos ursos foram também, há décadas, conhecidos como símbolo dos animais em perigo de extinção, e que, portanto, necessitariam urgentemente de cuidados especiais para sua preservação. Recentemente, uma organização chamou a atenção ao afirmar que eles já não correm mais tanto perigo. Mas será mesmo que os pandas gigantes estão salvos da extinção?

pandas gigantes
Pandas Gigantes: “vulneráveis” na escala que aponta a ameaça das espécies

 

Pandas Gigantes: “Vulneráveis”

Ícone nacional, os pandas gigantes são nativos da porção sul e leste da China. Com baixa taxa de natalidade, alto índice de mortalidade infantil e destruição de seu habitat natural, a espécie não tardou para se tornar preocupação de ambientalistas interessados em sua proteção.
No início de setembro (4), durante o Congresso Mundial da Natureza, ocorrido no Havaí, a organização União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), apresentou o novo “status” dos pandas gigantes na escala que aponta o grau de ameaça das espécies: eles agora seriam considerados sob a classificação de “vulnerável”. Seria a melhor avaliação dos pandas gigantes desde o início da avaliação da IUCN sobre a espécie, em 1965.

pandas gigantes
A IUCN aponta uma escala composta por nove níveis de perigo

 

Nove Níveis de Perigo

A IUCN realiza suas classificações de acordo com nove níveis, que vão em grau crescente de gravidade:

1- Não Avaliada
2-Deficiência de Dados
3-Mínima Preocupação
4-Quase Ameaçada
5-Vulnerável
6-Ameaçada de Extinção
7-Criticamente Ameaçada
8-Extinta na Natureza
9-Extinta

 

Os pandas gigantes, agora classificados sob o nível 5, subiram uma posição de acordo com a última avaliação, quando ocupavam o “status” 6, desde 1990.
Essa mudança de nível é resultante do crescimento do número de pandas gigantes registrados atualmente na China. Estima-se que existam 2.060 pandas no país, dentre os quais, 1864 estão na fase adulta. Uma quantia acima da apontada no início do século, quando eram registrados 1596 pandas adultos.

pandas gigantes
As florestas de bambu são o habitat natural dos pandas


Bambu: o caminho para salvar os pandas gigantes

A China vem há anos tentando aumentar o número da população de pandas gigantes do país, mas esse objetivo só foi alcançado de maneira mais relevante agora. O caminho para isso está no sucesso dos esforços chineses para recriar as florestas de bambu.

O bambu é responsável por 99% da alimentação dos pandas, e sua escassez é fundamental para que esses animais não consigam encontrar comida suficiente e acabem morrendo de fome. Os pandas necessitam, por dia, de 12 a 38 quilos de bambu para que seu corpo siga funcionando.

pandas gigantes
O bambu consiste em 99% da alimentação de um panda

Com o desenvolvimento urbano chinês, as florestas de bambu no país diminuíram sua extensão, levando os pandas gigantes a ficarem limitados a pequenas e poucas áreas na busca por comida. A diminuição massiva do habitat desses ursos se tornou um marco inicial durante a década de 80, quando a destruição das florestas de bambu fez com que o número de pandas gigantes adultos fosse estimado em apenas 1.200 naquele período.

A insuficiente quantidade de alimentos, assim, foi a grande responsável pela diminuição da população da espécie desde então, transformando-a em um dos grandes símbolos do perigo da extinção de animais no mundo.

Não foi à toa que o governo chinês deu início a investimentos para a expansão de novas reservas no país, influenciando ativamente o compromisso com a conservação dos pandas gigantes.

pandas gigantes
Bebê de panda gigante nascido em cativeiro

 

Pandas gigantes em cativeiro

Outro fator utilizado nas tentativas de  salvar a espécie é o investimento na reprodução em cativeiro, técnica utilizada em muitos zoológicos e unidades de conservação, e que chega a envolver até mesmo métodos de inseminação artificial.

Mesmo assim, o objetivo desse tipo de programa não é o de manter os animais em cativeiro por toda a vida, mas levá-los à natureza. Entretanto, o problema com a adaptação não é nada simples, e, em alguns casos, é impossível. Em 2007, por exemplo, o primeiro panda nascido em cativeiro, chamado de Xiang Xiang, foi entregue à vida selvagem, mas acabou morrendo após ser espancado por pandas selvagens.

pandas gigantes
A figura dos pandas fazem sucesso não somente na China, mas também no resto do mundo


Pandas gigantes: um símbolo

Os pandas gigantes não foram os únicos animais a melhorarem sua classificação na lista produzida pela IUCN. O antílope tibetano, por exemplo, também foi outra espécie que teve aumento significativo de sua população, graças aos esforços ambientalistas.

Mesmo assim, a maior atenção dada aos resultados dos pandas gigantes é justificada pelo grande símbolo que esses animais representam quando o assunto é a conservação. As características físicas da espécie seriam a grande causa que transforma os pandas gigantes em um sucesso no mundo todo, sendo sempre associados como animais carismáticos e “fofos”.

pandas gigantes
Pandas “brincam” com cuidador chinês


As Críticas do Governo Chinês

Engana-se quem considera que a recente avaliação da IUCN, que coloca os pandas gigantes sob uma categoria menos ameaçada de extinção, foi vista com bons olhos pelo governo chinês. Em um comunicado, a Administração Florestal Estadual afirmou que “ainda é muito cedo para dizer que o panda já não está mais em perigo” e que, ainda, a decisão da IUCN poderia até mesmo prejudicar os avanços consideráveis notados na preservação da espécie nas duas últimas décadas.

Estudiosos chineses ainda afirmam que a organização não levou em consideração a situação das comunidades isoladas de pandas gigantes, principalmente em regiões montanhosas no centro do país. De acordo com eles, das 33 dessas comunidades, 24 são formadas por apenas 30 animais, o que simbolizaria um perigo iminente de desaparecimento, enquanto 18 delas apresentam menos de 10 pandas, o que significaria possibilidade de extinção.

pandas gigantes
O aquecimento global será um grande problema para a proteção dos pandas

Sucesso com Fim Iminente?

Mesmo com o considerado sucesso das medidas de ambientalistas e dos investimentos de conservação do governo chinês, que tornaram possível o aumento da população de pandas gigantes no país, especialistas são pessimistas acerca da continuidade dos resultados positivos das práticas já instauradas. Isso porque, mesmo com os investimentos sobre a expansão de florestas de bambu, o habitat natural dos pandas gigantes estaria fortemente ameaçado nas próximas décadas.

Estimativas apontam que nos próximos 80 anos, mais de um terço das florestas de bambu da China acabarão, um resultado do aquecimento global. Segundo as mudanças climáticas previstas, o aumento da temperatura impedirá o crescimento do bambu. E sem o bambu, o futuro não parece ser nada promissor para os pandas gigantes chineses. Ainda há muitos desafios e esforços para serem realizados nos próximos anos para se salvar um dos animais mais adorados do mundo.

Por Camila Sakamoto, diretamente de São Paulo, SP, Brasil

Fontes: BBC,IUCN Red List, G1

Gostou desse artigo? Então veja muito mais em nossa página do Facebook, em nosso blog e em nosso site


Veja Também


Deixe seu comentário