Medicina Tradicional Chinesa: Princípios, Diagnósticos e Tratamentos

Datada de cerca de 5 mil anos atrás, a Medicina Tradicional Chinesa (Traditional Chinese Medicine – TCM) tem ganhado notoriedade no mundo todo devido a seus poderosos efeitos de cura. Comparada à medicina ocidental, a medicina chinesa adota uma abordagem bastante diferente, desde suas teorias básicas aos métodos de diagnóstico e tratamento. Definida como “um completo sistema medicinal que possui um entendimento profundo das leis e padrões na natureza e o aplica no corpo humano”, ela pretende identificar a causa das doenças e como diagnosticá-las e preveni-las mantendo o corpo sadio.

 

Princípios básicos da Medicina Tradicional Chinesa

 

medicina tradicional chinesa
A harmonia do Yin-Yang no corpo humano é o princípio básico da TCM

 

 

O equilíbrio do Yin-Yang: A base principal da medicina tradicional chinesa diz respeito ao equilíbrio do yin-yang (阴阳, yīnyáng) no corpo e seus órgãos. A maior parte dos médicos chineses acredita na existência de vários tipos de qi 气 (qì), e os mais básicos seria o yin qi 阴气 e o yang qi 阳气. O qi é a energia vital, e o seu fluxo no corpo depende do ambiente e do que acontece com esse corpo: lesões, sofrimento físico e má-alimentação provocam uma deficiência de qi. Cada pessoa e órgão possui um ponto ideal de equilíbrio de yin e yang para ser saudável, e a ideia geral da medicina chinesa é que podemos alcançá-lo através de técnicas medicinais específicas e restaurar nosso equilíbrio e saúde.

O princípio do yin-yang não diz respeito somente à medicina. Os chineses acreditam que tudo no universo é um equilíbrio de yin e yang. A forma circular em seu símbolo representa a perfeição do universo, e as duas cores mostram a harmonia dos opostos (bem e mal, dia e noite, claro e escuro, verão e inverno) e o círculo menor é o “abraço” trocado entre eles, já que um precisa do outro para existir.

Os cinco elementos: Segundo a astrologia chinesa, o universo é basicamente formado por cinco elementos: água, terra, metal, fogo e madeira. Estes se alinham em forma de círculo e formam uma estrela que define as relações entre eles: afinidade e repúdio. Cada um desses cinco elementos também apresenta características como cor e estação do ano, por exemplo.

 

Sistema de meridianos: Jing Luo

 

medicina tradicional chinesa
O sistema de meridianos é o princípio básico da acupuntura chinesa

 

Descoberto há 7 mil anos, Jing Luo consiste num sistema de meridianos responsáveis pela comunicação e distribuição de energia pelo corpo humano. Os canais carregam e distribuem o Xue (sangue) e o Qi (energia). O Jing funciona como uma linha vertical, indo da cabeça até os pés; enquanto o Luo trabalha no meridiano do corpo, na horizontal.

Segundo este princípio, se estimularmos determinados pontos do meridiano, é possível reequilibrar as energias do corpo e de órgãos. Por isso, é o princípio básico da acupuntura e de outros métodos terapêuticos da medicina tradicional chinesa.

 

Métodos de diagnóstico

 

medicina tradicional chinesa
A medição da pulsação é o único método de diagnóstico da TCM que requer o toque no paciente

 

Observação: Neste método, o médico apenas observa diretamente a aparência externa para identificar o problema de um paciente. Como há uma relação imediata entre o exterior e o interior, se há algum problema com os órgãos internos este se refletirá na pele pálida, na língua, nos órgãos sensoriais faciais e nos excrementos.

Odor e som: Outra referencia para o diagnóstico, aqui os médicos coletam indícios do problema através de sons e odores emitidos pelo paciente.

Questionamento: Consiste no questionamento do paciente e de seus parentes a fim de conhecer os sintomas, evolução da doença e tratamentos prévios.

Toque: O médico mede a pulsação do paciente na artéria radial para verificar se a frequência e intensidade estão estáveis. Se estiverem variantes, há algum problema com a função orgânica.

Geralmente, o diagnóstico de doenças é realizado apenas através desses quatro métodos, combinando todas as informações coletadas e identificando a fonte do problema. Na medicina tradicional chinesa, as drogas também são diferentes das ocidentais,  já que os médicos chineses descobriram os efeitos medicinais de milhares de ervas durante um longo período de tempo. Antes de tomar o medicamento, o paciente precisará fervê-lo. Depois, há um método específico de preparação, e geralmente seu uso é associado a sessões de acupuntura e massagem.

 

Principais tratamentos

Acupuntura: Um dos tratamentos terapêuticos chineses mais famosos, consiste em inserir agulhas em pontos do corpo correspondentes ao órgão que se deseja tratar com base no Jing Luo.

Fitoterapia : Tratamento que utiliza chás, compressas de ervas naturais ou combinadas entre si. É o tratamento mais comum, e assemelha-se bastante à fitoterapia ocidental, exceto pelo foco no reequilíbrio do yin-yang.

medicina tradicional chinesa
Muito vista nas últimas Olimpíadas, a ventosaterapia é uma tradição da medicina tradicional chinesa

 

Ventosaterapia: Técnica que consiste em colocar copos, geralmente nas costas, que sugam as toxinas do corpo. A prática não é somente uma tradição chinesa, mas tem sido praticada por centenas e milhares de anos em toda a Eurásia e África do Norte. O estilo chinês utiliza os meridianos da acupuntura e é usado para remover o yang do corpo. É indicada para tratar problemas como bronquite, insolação e condições relacionadas ao clima quente.

Massagem: Massagens utilizando técnicas de fricção, amassamento e pressionamento. Podem ser feitas apenas nos pés (que carregam terminações para cada parte e órgão do nosso corpo) ou no corpo todo. Há salões de massagem em todos os lugares da China, com diferentes funções medicinais, algumas mais apreciadas pelos chineses do que pelos estrangeiros.

 

medicina tradicional chinesa
Exercícios como o Qigong e o Tai Chi são considerados terapias preventivas

 

Qigong: A meditação e exercícios específicos, como o Qigong e o Tai Chi, também colaboram para promover a circulação do Qi de maneira harmoniosa pelo corpo.

Cozinha medicinal: Método tradicional de preparação das refeiçoes, receitas especiais e maneiras corretas de se comer a fim de promover o equilíbrio do yin-yang.

 

Hoje em dia, muitos chineses adotaram a medicina ocidental e as medicações alopatas, por isso, o que encontramos hoje na China é uma mistura de práticas medicinais tradicionais e modernas. Em alguns casos, porém, os chineses se mantêm firmes aos ensinamentos milenares, como sobre o que comer no inverno ou no verão, como cuidar de uma mulher durante a gravidez e pós-parto, os tipos de chá para se tomar durante o dia e à noite, entre outros. Uma mescla bem curiosa, não é?

 

E você, já conhecia a medicina tradicional chinesa? Já experimentou algum desses tratamentos ou tem vontade?
Conte para nós nos comentários!

 

 

Por Laís Barbosa, diretamente de Marília, SP, Brasil

Fontes: China Highlights, China na Minha Vida, Travel China Guide

 

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | TwitterGoogle +


Veja Também


Deixe seu comentário