Comex com a China: É possível importar veículos e implementos agrícolas?

A fama que ronda o gigante asiático é inegável e faz parte da vida dos brasileiros que já estão acostumados com os famosos produtos “made in China”, pois a importação de tal país é comum e vantajosa em quase todos setores e produtos, como brinquedos, bijuterias, roupas, bolsas, eletrônicos e alimentos.

Contudo, fazendo comércio exterior com a China, é possível importar veículos e implementos agrícolas?A resposta dessa e outras dúvidas relacionadas ao tema, você encontra no neste artigo. Vamos lá?

Antes de começar a ler o artigo, nós da China Link Trading te aconselhamos a assistir esse vídeo. Confira:

 

importar
Fonte: Viva Street

A resposta para essa pergunta não é tão fácil. Apesar de as operações de Comércio Exterior (Comex) com a China serem muito conhecidas, encorajadas e vantajosas, ao se tratar de produtos como veículos e implementos agrícolas podem aparecer algumas complicações para o importador que vise a distribuição interna. Entre tais complicações que podem aparecer estão as taxas de importação para esses bens no Brasil, apesar das variedades e vantagens comparativas dos produtos chineses.

 

Comex com a China: Tarifas brasileiras

Quando pensamos nas tarifas brasileiras de importação, devemos lembrar que elas não existem somente no comércio exterior com a China, nem em todos os setores, com as mesmas proporções. Ademais, apesar de a primeira vista parecer que tais tarifas vão somente complicar os negócios dos empresários brasileiros e que servem para o governo arrecadar mais dinheiro, devemos lembrar que as mesmas dizem respeito muitas vezes a um projeto de desenvolvimento e apoio à indústria local.

Nesse sentido, na área veículos e implementos agrícolas é possível observar que o Brasil mantém um considerável nível de taxas tarifárias no Comex com a China e com todos os outros países. 

Principalmente ao se considerar que existe a produção local de muitos itens que faz parte desse setor, e que os produtores locais poderiam não ser capazes de competir com os baixos preços oferecidos nos produtos internacionais, podendo gerar problemas para sustentar a produção interna com perigo de extinguir a mesma e também os empregos do setor.

Ademais, as tarifas de importação  são utilizadas de várias formas nos mais diversos países e, no caso específico do Brasil, podemos ver que elas existem não somente para proteger a indústria local na competição com produtos externos, mas também para que os produtores brasileiros consigam oferecer seus produtos com preços competitivos, pois toda a burocracia e custos que envolvem produzir no Brasil fazem com que o preço dos produtos fiquem maiores.

Porém, isso não quer dizer que o Comex com a China nesse setor seja impossível ou que os preços chineses não sejam atrativos, mas em muitos casos o mesmo não é vantajoso para o importador brasileiro. Entretanto, tal cenário não está petrificado e, principalmente com as mudanças de governo e equipe econômica, as coisas podem se alterar bastante.

 

importar

As tarifas brasileiras para a importação são consideráveis. Fonte: Comex do Brasil

Importância do setor internacionalmente e na China

A área de veículos e implementos agrícolas gera interesses em todo o mundo e está em constante inovação, tornando o mercado ainda mais competitivo e importante em todo o mundo. No que diz respeito somente aos veículos, como carros, vemos que o setor está em constante movimento, seguindo novas tendências como as alemãs, que buscam outras fontes combustível com carros elétricos, por exemplo.

Ademais, no quesito dos implementos agrícolas, no mundo todo há a produção em constante mudança, que atende às diversas exigências do setor agrícola que sempre passar por mudanças na produção. 

Em ambos os pontos, o gigante asiático está se destacando e produzindo carros com crescentes melhorias na qualidade e na estética, além de apresentarem todas as modernidades do mercado. Já no setor agrícola, há uma grande variedade de produtos chineses, atendendo todas expectativas de qualidade e com baixos preços. Fatores que fazem o Comex com a China se destacar como um bom negócio para os empresários de todo o mundo.

 

importar
A China oferece produtos de grande qualidade. Fonte: Blog Aero

Importância do setor no Brasil

O setor de veículos e implementos agrícolas no Brasil ganha cada vez mais importância devido a diversos fatores, mas os negócios, tanto dos veículos de transporte como dos agrícolas, são motivados pelo aumento da população urbana e diminuição da rural. Além de outros fatores no caso de transportes urbanos, se destacam pontos como a qualidade ruim dos transportes públicos, o crescimento desproporcional das cidades e a facilitação de compra e parcelamento.

Já no caso do campo e dos veículos e implementos agrícolas, se destaca a importância do mercado, principalmente devido à grande produção nacional de produtos agrícolas, influenciada diretamente pelo clima e condições favoráveis do solo. Ademais, o pequeno número da população rural e da grande produção agrícola, cresce a necessidade dos mais variados tipos de maquinários e produtos no setor.

Para ficar mais por dentro do assunto, é só se ligar nos vídeos do canal como esse de importação de veículos e implementos agrícolas:

 

Mercado futuro: Melhor Comex com a China?

Apesar das questões tarifárias citadas anteriormente, há uma facilidade para importação desse tipo de produto no Brasil, gerada pela suspensão de tarifas de importação para produtos que não são fabricados no Brasil.

Com a atual mudança de governo e equipe econômica, a situação pode se alterar  devido à declarações de que aberturas podem ser realizadas no país e as tarifas bruscamente diminuídas. Fator que pode levar a felicidades para alguns, mas que já trouxe preocupação para muitos produtores que desejam uma abertura compassada e acompanhada de alterações nas condições internas.

Portanto, o mercado de veículos e implementos agrícolas é considerável em todo o mundo, mas no caso do Brasil, apesar de grandes oportunidades, o Comex com a China e com qualquer outro país deve ser pensado com cuidado, avaliando o mercado que sempre está sujeito a mudanças.

 

Por Pedro Mochiatti Guijo, diretamente de Marília, SP – Brasil

Fontes: China Link Trading, Abimaq.org, G1, Celeres, Revista Autoline

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário