Importar móveis da China: Lucro à vista?

A China está em constante crescimento e o país, que antes era visto como comunista e pobre, está no topo da economia mundial, dominando a maior parte das negociações do comércio internacional. Devido à esse contexto, estamos cada vez mais acostumados com a presença chinesa em nosso dia a dia, por meio de notícias e através de seus produtos, que chegam ao país em um processo que teve início com objetos mais simples (como bijuterias) e foi abrangendo cada vez mais produtos.

A importação de produtos da China pode tornar o seu negócio mais competitivo no mercado do seu setor, permitindo custos menores de produção e uma maior gama de variedade. E você, já pensou em importar móveis da China?

importar
Fonte: Infobrindes

Primeiramente, ainda mais quando estamos pensando na mobília que buscamos uma maior qualidade, devemos perder aquela ideia de que os produtos chineses são de má qualidade, pois o país está focando cada vez mais nesse quesito, de modo que importar móveis da China é um negócio que vale a pena! Além disso, os produtos chineses vêm sempre acompanhados de preços baixos e uma grande variedade.

 

Importar móveis da China: variedade do setor

Quando pensamos no setor de móveis não devemos ter em mente somente a sala das nossas casas, tal setor envolve uma gama de ambientes, como cozinhas, consultórios, escritórios, lojas, bibliotecas e vários outros lugares que sempre são completados por móveis.

Em meio a tal setor tão variado, a China também está se destacando com uma alta produção em escala mundial, investindo em qualidade, design, variedade e buscando sempre a combinação irresistível de preços baixos, que faz com que importar móveis da China seja um negócio muito bom.

Além da variedade de ambientes em que os móveis estão presentes, os produtores também precisam pensar nos diferentes designs de acordo com os ambientes e mudanças estéticas, nos tamanhos de acordo com dinâmicas de espaço, que sempre se alteram nas cidades ao redor do mundo, e na questão dos materiais utilizados, cujas possibilidades aumentam cada vez mais com o passar do tempo. Dos quais podem se destacar: a tradicional madeira, o metal, o plástico e até materiais sintéticos e biodegradáveis.

 

importar

A variedade de ambientes e móveis existentes. Fonte: Terra

Importar móveis da China: Pontos importantes

Os móveis são produtos que sempre são necessários nas mais diversas situações e ambientes, sendo uma garantia de venda. É tentadora a busca de lucros procurando por bens mais baratos de outros países, como importar móveis da China. Mas, apesar de ser um bom negócio, o processo de importação pode ser um pouco complicado a princípio e alguns passos devem ser seguidos para que não haja arrependimentos.

Logo, antes de importar é preciso fazer uma boa pesquisa de mercado interno, para compreender bem a demanda e o público alvo, que entre outras coisas como orçamento e tamanho de negócio, irão definir a quantidade de bens que devem ser importados, assim como seus modelos e tamanhos.

Devem ser compreendidas também as taxas de importação e de câmbio que envolvem o processo, considerando o modo de importação e a quantidade, podendo ocorrer por meio de sites da internet ou do contato direto com o fornecedor.

Porém, de qualquer maneira é importante encontrar fornecedores de confiança, para que os riscos do processo sejam diminuídos ao máximo, os objetivos e expectativas alcançados e que uma relação de confiança possa ser estabelecida com o fornecedor e se torne mais fácil importar móveis da China.

 

Importar móveis da China por sites

Como podemos ver, há várias formas de conseguir um fornecedor chinês e, entre elas, pode se destacar para aqueles que desejam importar móveis da China em pequena quantidade ou mesmo para uso pessoal, os sites da internet onde todo o pedido e determinação de cronograma, preços e entrega pode ser feito online.

No entanto, apesar da facilidade que esse recurso oferece, é importante agir com cautela para que o seu investimento não seja perdido ou que suas expectativas sejam frustradas. Para isso, na hora de realizar o pedido é necessário se atentar a todas as descrições do produto, como medidas, cor, material, preço e outros detalhes na hora do requerimento como data de entrega e modo de envio. Além disso, é importante voltar ao ponto de conhecer bem os fornecedores, que no caso de sites pode ser feito pesquisando o histórico de satisfação dos clientes já atendidos além de comentários nos sites envolvidos.

 

importar

Importar móveis da China por sites pode ser uma boa opção. Imagem de Rockcontent.com

Contato com os fornecedores chineses

Além da compra de produtos diretamente de sites da internet, o importador pode buscar o contato diretamente com os fornecedores chineses, principalmente quando é necessária uma grande quantidade e pedidos constantes. Tal modo de importar pode ser muitas vezes mais seguro para importar móveis da China, pois pode ser pesquisada o histórico de clientes e também conversar diretamente, podendo criar uma relação de confiança.

Ainda nesse quesito, para conhecer melhor o fornecedor chinês é possível conseguir o contato e realizar a comunicação pela internet ou telefone, ir para feiras de exposição de produtos que acontecem no Brasil, na China ou visitar as fábricas diretamente na fonte, onde é possível conhecer pessoalmente os fornecedores, ver a produção e os produtos. Ademais, em meio a esse processo que pode ser complexo, os importadores podem contar com o acompanhamento de uma Trading que deixa tudo mais fácil e seguro.

 

importar

Fábrica de móveis na China. Fonte: O Globo

As Trading e a China Link Trading

As trading podem ser muito úteis na hora de importar móveis da China ou qualquer outro produto, pois elas guiam as empresas em todo o processo. Entre as que existem no mercado, se destaca a China Link Trading, que presta um serviço de excelência feito sobre medida para a empresa que solicita, independentemente do tamanho e localidade.

A China Link Trading facilita o contato com o fornecedor, selecionando os mais seguros e adequados, além de mostrar o mercado chinês, acompanhar todo o processo até a chegada do produto no Brasil, pessoal trilíngue especializado e vários outros benefícios. Assim, importar móveis da China com a China Link Trading é um processo muito mais simples e seguro e, também há a possibilidade de uma gama de produtos que a empresa também ajuda no importação.

Por falar sobre a China Link Trading, fiquem ligados nesse vídeo da empresa sobre importadores:

 

Feiras internacionais para importar móveis da China

Como já foi citado, há várias maneiras de encontrar bons fornecedores chineses e entre elas podemos destacar as Feiras internacionais, que são ambientes perfeitos para o conhecimento do mercado, produtores e produtos à disposição. Nelas é possível ver o lançamentos nas mais diversas áreas além de formar uma lista grande de contatos que podem ajudar em futuros negócios, podendo também se fazer conhecido. No quesito de como importar móveis da China, existem feiras muito importantes no gigante asiático.

Entre tais feiras, podemos destacar a “Feira internacional de Móveis da China”,que é realizada duas vezes por ano desde 1998, uma vez em Guangzhou em março e a outra em Shanghai durante o mês de setembro, os centros comerciais mais dinâmicos da China.Ademais, também há a famosa Feira de Cantão, que entre suas enormes exposições, os produtores de móveis que sempre apresentam novidades de mercado.

Para saber as feiras que vão ocorrer no mês de setembro/2019, clique aqui.

 

importar

Feira internacional de Móveis da China.

Mercado brasileiro: Importar móveis da China

Como já foi citado ao longo do artigo, importar móveis da China pode ser muito vantajoso para os importadores brasileiros, que podem tirar proveito ao superar todo o processo de importação, de preços baixos que geram lucro, variedades de materiais, modelos e design inovadores que não existem no mercado nacional. Nesse contexto, deve ser considerado que a China é um grande produtor mundial do setor e exporta uma grande quantidade de móveis para o mundo.

 

importar

O grande mercado de móveis na China e no Brasil.

 

Em meio a tal mercado o Brasil já está se destacando em importar móveis da China, com uma grande demanda interna em um mercado que está em expansão, pois a demanda continua e o Brasil ainda pode importar muito mais do que é oferecido pelo gigante asiático. Portanto, ao considerar todos os passos para o processo de importação, o mesmo pode ser realizado sem grandes dificuldades para o importador brasileiro, que pode contar sempre com o auxílio de empresas como a China Link Trading e se organizar bem atingindo seus objetivos e obtendo lucros. 

 

Por Pedro Mochiatti Guijo, diretamente de Marília, SP – Brasil

Fontes: Como importar da China, Destino China, Coletiva Trading, China Link Trading, Jornal GGN

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário