Guilin: onde Natureza e a Arte se Encontram

Considerada como um dos principais destinos buscados pelos chineses e turistas estrangeiros, a cidade de Guilin, localizada na região sul da China, é dona de uma paisagem deslumbrante e bucólica que tem servido, há séculos, como fonte de inspiração para a criação de diversos filmes e obras, de Kung Fu Panda a Dragon Ball Z, e de pintores clássicos a poetas e filósofos.

 

Guilin
Pintura a óleo do Rio Li, na cidade de Guilin

 

Guilin ( 桂林) significa “floresta de osmanthus”, nome dado devido à abundância em que é possível encontrar a flor de osmanthus na região.

Por ser extremamente arborizada e florida, a área urbana da cidade é uma das menos poluídas quando comparada às médias e grandes cidades chinesas. Ela conta com aproximadamente um milhão de habitantes e oferece várias atrações, como museus, hotéis e centros de compras.

Mas é na área rural de Guilin, onde estão as pequenas vilas, os picos rochosos cobertos de densa vegetação e o famoso Rio Li, onde é possível viver a experiência que chamam de “Ásia profunda”.

 

As principais atrações de Guilin

 

Palácio do Príncipe de Jinjiang

Um dos lugares mais visitados da cidade é o Palácio do Príncipe de Jinjiang, cercado por uma muralha e construído nos moldes da Cidade Proibida, em Pequim. Na área do palácio, o pico Duxiu Feng possui mais de 200 metros de altura, proporcionando ao turista uma belíssima vista panorâmica da cidade de Guilin.

 

Palácio do Príncipe de JinJiang, em Guilin
Palácio do Príncipe de JinJiang, em Guilin

 

Os lagos Shan e Rong, construídos para servir de fosso em torno da muralha, são outro ponto turístico da área urbana de Guilin que vale a pena ver.

 

Gruta “Flauta de Bambu”

Já na área rural, a geologia foi capaz de criar diversas atrações que costumam ser as mais procuradas pelos turistas, como, por exemplo, a gruta “Flauta de Bambu” ou “Ludi Yan”, situada a pouca distância do centro da cidade. Dentro dessa gruta é possível encontrar belas e inusitadas formações rochosas iluminadas por exóticas lâmpadas coloridas. A grande caverna possui 240 metros e parece com uma terra encantada, com direito a lago em seu interior, cascatas de pedra, estalactites, pássaros e plantas de diferentes formas e cores.

 

Guilin
A Gruta “Flauta de Bambu” está localizada a noroeste da cidade de Guilin

 

“Longji Rice Terrace”

Os campos de arroz em degraus, Longji Rice Terrace, construídos cerca de 650 anos atrás, é outra atração que deve ser incluída no roteiro de quem viaja para Guilin. A área é conhecida pela produção de quatro famosos produtos conhecidos como “Quatro Tesouros de Longji”: chá, arroz glutinoso, pimenta e álcool.

A subida do terraço é íngreme, mas a vista do topo é fascinante.

 

Guilin
Os terraços de arroz, em Guilin, foram construídos cerca de 650 anos atrás

 

Rio Li

A travessia do Rio Li, entre Guilin e o povoado de Yangshuo, é a atração principal da região. Quase todos os hotéis oferecem pacotes turísticos que incluem o passeio. O rio é calmo e possui águas limpas, uma vez que toda a região faz parte da área de preservação natural e histórica protegida pelo governo. A paisagem em suas margens é deslumbrante, marcada por uma sequência quase infinita de picos cobertos de vegetação e por pequenos e antigos povoados típicos das áreas rurais do sul asiático.

Famílias de agricultores colhendo arroz; pescadores locais em suas pequenas jangadas fisgando peixes utilizando aves como iscas, numa técnica milenar; vastidões de bambuzais. Tudo isso se configura em uma verdadeira festa para fotógrafos e artistas, não sendo à toa que a paisagem do Rio Li ilustra as cédulas de 20 yuans.

 

Guilin
O Rio Li é a atração principal para quem visita Guilin

 

O Rio Li é também palco de um espetáculo noturno que leva chineses de todo o país e pessoas de todo o mundo a visitar a região. “Impression Sanjie Liu” é uma superprodução elaborada pelo cineasta Zhang Yimou (“Lanternas Vermelhas”, de 1991, e “O Clã das Adagas Voadoras”, de 2003). No show, o diretor que comandou a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, coloca cerca de 600 atores em ação, tendo o rio como palco, numa verdadeira ópera moderna flutuante ao ar livre.

As regiões sul e sudeste da Ásia são marcadas por climas quentes que tendem à umidade e, por isso, a presença de chuvas em abundância é frequente. Quem pretende visitar a cidade deve se preparar para encontrar um tempo nublado, quente e chuvoso. E, se estiver buscando viajar com o tempo um pouco mais aprazível, a melhor época para turismo em Guilin vai de maio a outubro.

Lys Brittes, diretamente de Marília, SP, Brasil

Fonte: O Globo, Viagem e Turismo, China Minha Vida

Gostou desse artigo? Então veja muito mais em nossa página do Facebook, em nosso blog e em nosso site


Veja Também


Deixe seu comentário