Gastronomia chinesa no World’s 50 Best Restaurants 2015

Anualmente a revista britânica Restaurant divulga sua prestigiada lista “World’s 50 Best Restaurants”, que curiosamente possui 100 restaurantes em 2015. Os restaurantes são escolhidos pela The Diners Club World’s 50 Best Restaurants Academy, uma organização com mais de 900 especialistas na indústria. A gastronomia chinesa está presente com dois restaurantes entre os 50 melhores.

A Academia tenta ser o mais representativa possível a nível global, para que isso ocorra o Mundo é dividido em 27 regiões geográficas. Cada região geográfica possui um presidente eleito e reconhecido pelo seu conhecimento gastronômico na região em questão. Cada presidente deve montar um painel com 36 nomes, incluindo ele mesmo, garantindo uma seleção equilibrada de chefs, jornalistas e críticos.  Para que a lista seja elaborada da forma mais transparente possível, pelo menos 10 membros de cada painel trocam de região anualmente.

 

Os restaurantes escolhidos

Dois restaurantes chineses figuraram entre os 50 melhores, o Ultraviolet e o Amber.

gastronomia chinesa

Na 24° posição está o Ultraviolet, um restaurante enigmático e que promete uma experiência surreal e multissensorial dentro da gastronomia chinesa. Localizado em Shanghai, o restaurante do chef Paul Pairet possui sua localização mantida em sigilo, os convidados pegam um mini ônibus no centro de Shanghai e são levados até a entrada, através  uma elevador gaiola. Os convidados são então levados para uma área totalmente branca destinada a 10 convidados. Os convidados são então acomodados em uma única mesa branca e são avisados de que a experiência vai começar. Cada prato possui uma trilha sonora própria. Enquanto os convidados degustam seus pratos, aromas são liberados e uma série de imagens é projetada nas paredes.

O chef promete que quem conhecer o Ultraviolet desfrutará de uma experiência inspiradora e incrivelmente divertida.

gastronomia chinesa

Figurando na 38°, o Amber se destaca através de pratos que combinam perfeitamente as técnicas francesas com frutos do mar do pacífico e as melhores carnes do mundo todo.  Os peixes chegam diariamente dos mercados de Fukuoka ou de Hokkaido, enquanto a lista de vinhos conta com mais de 1000 títulos, que variam dos melhores vinhos franceses, para garrafas de saquê que combinam perfeitamente com os pratos, todos escolhidos pelo premiado sommelier John Chan. Recentemente o Amber ganhou também o Chefs’ Choice Award for Asia, prêmio onde os próprios chefs asiáticos escolhem os melhores restaurantes, provando que o Ambar não é aclamado apenas entre os moradores e turistas, mas também possui o respeito e a admiração entre os restaurantes da região.

 

A típica gastronomia Chinesa 

A gastronomia chinesa é uma das mais ricas e variadas do Mundo. A cozinha chinesa está estreitamente ligada à formação histórica e cultural da própria China. Com mais de 4000 anos e mais de 5000 pratos típicos, a culinária chinesa é explorada não somente com intuito de alimentação, mas também na medicina, em manifestações religiosas, poéticas e também políticas.

Como sabemos a China é um dos maiores países em extensão do planeta, possui uma população numerosa, diferentes costumes e clima variado, portanto, não é de se estranhar que dentro da gastronomia chinesa existam diversos estilos culinários, cada um deles com suas próprias peculiaridades.

O princípio do yin e yang se aplica também à culinária. Um prato tipicamente chinês deve sempre buscar um equilíbrio entre sabor, aroma, textura, temperatura. Uma refeição completa deve conter um prato quente e um frio, um doce e um salgado, um macio e um crocante. Dessa forma os chineses acreditam conseguir, além de uma boa refeição, uma vida mais saudável.

gastronomia chinesa

A base da culinária chinesa é o arroz, embora o macarrão ocupe uma posição de destaque. Embora muitos acreditem que o macarrão tenha sido inventado na Itália, o que realmente ocorreu é que o macarrão foi inventado na China e levado para a Itália  somente no século XIII por Marco Polo. A soja, devido a sua versatilidade, também é bastante utilizada. Entre os condimentos, os mais utilizados são gengibre, cogumelos A cozinha chinesa também utiliza uma mistura de condimentos chamada de “as cinco especiarias chinesas”, composta por anis estrelado, funcho, cássia, cravo-da-índia e pimenta de Sichuan, em uma variedade de pratos.

Os chineses também consomem muita carne vermelha, peixes e aves, todos devidamente condimentados de acordo com as especificidades da região.

Fonte: Restaurant

Por Gustavo Massi Soares, diretamente de São Paulo, SP, Brasil

Gostou desse artigo? Então veja muito mais em nossa página do Facebook


Veja Também


Deixe seu comentário